27 thoughts on “SALVE CAMPEÃO!

  • junho 9, 2011 em 7:38 am
    Permalink

    Que jogo tenso, viu? Mas, o importante foi a nossa VIÓRIA!!!

  • junho 9, 2011 em 9:23 am
    Permalink

    Pelegrine, não acredito que vc tb é Vascão!!!!!!!

    Vascão e Bahia!!

    Vitorinha rumo a série D sem passar pela série C. Pra que? pra mais vergonha? Vai direto pra 4ª divisão!!

    Flamengo com Ronaldo, Luxemburgo e tudo rumo a série B!!!!!

  • junho 9, 2011 em 10:03 am
    Permalink

    Edson, esse é verdadeiramente o meu time do coração. Sou de uma região da Bahia onde só tínhamos contato com a imprensa (emissoras de rádio, TV, etc…) do rio de Janeiro e aprendemos a gostar só de times cariocas. Eu em particular comecei a gostar do Vasco por intermédio de um tio meu que é apaixonado também pelo Vasco.

    Tem flamenguista por aí meio mordido, fazendo piadas e tudo mais com o Vasco, só posso dizer uma coisa pra eles: sou o melhor da Copa do Brasil.

    E que venha a Libertadores!

    Abraço,

    Pelegrini

  • junho 9, 2011 em 10:41 am
    Permalink

    Quem será esse flamenguista? huahuahua Eu conheço? rsrsr
    Valeu pelo título, Pelé. Apesar de alguns erros da arbitragem, mas faz parte do futebol (pênalti claro, aquele do segundo tempo. Meu Deus!) heheh.
    Gostei por dois motivos. Primeiro, Ricardo Gomes é um sério e merecia. Segundo, o futebol carioca comanda o país desde 2009 com o FLAMENGO, 2010 com o time de três cores e agora vocês. Mesmo sem a tal estrutura, salários atrasados (no Flamengo não existe, diga-se de passagem) e a tal da noitada.

  • junho 9, 2011 em 1:01 pm
    Permalink

    Viva o Vasco da Gama!!!!!!
    Melhor Time da Copa do Brasil!!!!!!!!!!!!!!!!

  • junho 9, 2011 em 2:08 pm
    Permalink

    Wendel, eu não consegui ver pênalti nenhum, passei um sufoco dos diabos, só me lembro que quando faltavam 30 segundos para terminar o jogo, o juiz pediu a bola e terminou a partida para não transformar aqueles 30 segundos nos piores 30 segundos da vida dos vascaínos.

    Mas o que eu lamento mesmo, é por o vasco não ter jogado um bom futebol, isso eu lamento, porque assim muitos vascaínos não teriam que ir até a emergência de muitos prontos socorros do país.

    Mas tá de bom tamanho, ser campeão é bom demais!

  • junho 9, 2011 em 2:10 pm
    Permalink

    Isso aí, Daniel!!!!!!

  • junho 9, 2011 em 2:34 pm
    Permalink

    O que não aceito, são certas pessoas afirmarem que o ponto corrido é melhor… O jogo de ontem mostrou o quanto é gostoso o mata-mata. Tudo bem que essa fórmula premia o melhor, mas o mata-mata mexe com a emoção do torcedor, da imprensa, da zorra toda… rsrs E dá renda! (já tinha esquecido disso)
    O país só não parou, em função de ter sido Vasco e Coritiba (não é gozação, é sério!)

  • junho 9, 2011 em 2:52 pm
    Permalink

    Pouco importa ser pequeno, o que importa é ser campeão, há! isso importa.

  • junho 9, 2011 em 6:35 pm
    Permalink

    Se houve erro de arbitragem foi nas inúmeras faltas não marcadas em Eder Luis, principalmente no primeiro tempo e na não expulsão de Bil.
    O VASCÃO, contra tudo e contra todos (Mídia, arbitragem, comentaristas) é campeão no Bola e no Coração.

  • junho 9, 2011 em 6:39 pm
    Permalink

    Vc deve ter escutado muito a Rádio Globo do Rio AM 1220.

  • junho 9, 2011 em 6:44 pm
    Permalink

    Até hoje o Progama Panorama Esportivo no ar das 22:00 a 00:00 tem a participação por carta (hoje email) de muitos baianos de cidades que eu nunca ouvi falar do interior da Bahia.

  • junho 9, 2011 em 7:11 pm
    Permalink

    MESMO VC SENDO VASCO AINDA GOSTO DE VC MEU AMIGO
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    ME DESCULPE PELÉ , MAS EU ODEIO ESSE TIME , MAS
    FICO CONTENTE PELO PRESIDENTE ROBERTO DINAMITE ESSE MAS DO
    TODOS MERECIA ISSO,COISA QUE PODERIA SER NO FLAMENGO SE O
    GALINHO FOSSE PRESIDENTE , MAS AQUELA DIRETORIA MARGINAL NUNCA VAI DEIXA.

    SAUDAÇÕES TRICOLORES DE PRIMEIRA.

  • junho 9, 2011 em 11:30 pm
    Permalink

    Sim, Edson, a Super Rádio Tupi, Rádio Nacional do rio de Janeiro e também ouvíamos músicas na Rádio Mundial e o DJ da época era o Big Boy, já ouviu falar?

  • junho 9, 2011 em 11:35 pm
    Permalink

    Meu caro Pablo, minha escolha em torcer para o Bahia foi justamente por causa das cores da camisa do Flamengo que o infeliz time do Vitória tem, Deus que me livre de torcer pra um Rubro-Negro!

  • junho 10, 2011 em 9:52 am
    Permalink

    “Futebol é Nacional, futebol é Nacional!”
    “1130 futebol Nacional.”
    Peguei a Nacional com José Carlos Araújo (o Garotinho), Deni Menezes e Washington Rodrigues “o Apolinho” (83-84). Demais! Esses caras tem quase 50 anos de rádio e futebol. Hoje o José Carlos Araújo tá na Globo, Washinton Rodrigues “o Apolinho” na Tupi. Deni se aposentou, mas de vez ou outra aparece em algum programa. O Doalcei Camargo da Super Rádio Tupi (vc deve ter ouvido muito) morreu ano passado.
    Helo crazy peolple! Big Boy, não foi do meu tempo, mas eu já ouvi entrevistas sobre ele.

    205-5544 Mundifone! A rádio Mundial AM virou evangélica. Acho que está com a igreja do Apóstolo Waldemiro Santiago a Igreja Mundial do Poder de Deus.

    E hoje, sinceramente, não dá pra ouvir pela TV . Só imagem mesmo. Boto o som do televisor no mínimo e ouço pelo rádio o jogo. Futebol com Luiz Roberto na TV Globo e Nivaldo Prieto na Band não dá mesmo!

  • junho 10, 2011 em 9:54 am
    Permalink

    Poxa Pelé, agora você pegou pesado. Comparar as nossas cores com esse timeco do VICEtória? Agora fiquei “arretado”.
    Nós somos rubro-negros, autênticos, esse outro que você citou é time de duas cores. huahuahua
    Já era hora do Pablo (se for o do celular) fazer uma boa escolha. Parabéns, meu velho! rsrs
    Fui contra a eleição da Patrícia, mas passei a gostar da forma que ela administra. Quanto ao Galinho (sou suspeito em falar), mas o jogo de interesse por parte de outros setores da Gávea, o barraram. Coisas que acontecem e só tomamos conhecimento, de fato (pois todos são sabedores), após a diplomação da nossa Embaixada, lá no Rio (não devo dizer aqui, até porque, não teremos força para resolver e como provar. E acredito que ninguém, infelizmente).
    Marcelo, concordo com a expulsão do Bil. O cara me lembrou Wanderley do Flamengo, todo atrapalhado….
    Edson F. Deixei de acompanhar o Panorama Esportivo, depois que abriram para São Paulo, Minas… O Programa era mais gostoso quando era feito para os clubes cariocas.
    Já participei muito, enviando e-mails e até por mesmo por telefone.

  • junho 10, 2011 em 11:30 am
    Permalink

    Edson, você me fez voltar no tempo. Esses nomes todos que você citou eu acompanhei todos, mas admirava mesmo era o Jorge Cury gostava de ver aquela voz rasgada narrando um gol, “Gooooooolaaaaaçooooooo!!!”, apesa de saber que ele era torcedor do Flamengo, confere? Outro que eu gostava também e já se foi, era o da Rádio Bandeirantes de São Paulo, Fiori Gigliotti, “Abrem-se as cortinas e começa o espetácula, torcida brasileira! Bola que sobe e desce e quando desce, cai na cabeça de Rivelino”. Demais viu meu amigo, dá até vontade de chorar quando lembro daquela época.

    Abraço,

    Pelegrini

  • junho 10, 2011 em 11:32 am
    Permalink

    Não tem jeito Wendel, as cores são iguais, vermelho encardido e preto bufa… rsrsrs!

  • junho 10, 2011 em 1:45 pm
    Permalink

    Poxa, locutor de futebol como aqui no RJ é difícil… que escola esses caras fizeram.

    Esse eu ainda peguei “Waldiiiir Amaral” É gooooolll tem peixe na rede do mengo choveu na horta do Vascão! “Dinamite camisa 10 , indivíduo competente” Estão desfraldadas as bandeiras do Vasco. “O rrrrrelógio marrrrca” “44 do segundo tempo A última volta do ponteiro”

    Jorge Curi goalçoaçoaço pena que era flamenguista.

    Doalcei Camargo, Cesar Rizzo e o comentarista

    “Mario Vianna”?? “com 2 n. Goooooollll leeeegalllll!

    “La mano! Cade o Eco?? La mano!” (mão na bola)
    “Banheiiira!!!!” (impedido)
    “Errrrrrooooo!” Quando o juiz errava.
    “soprador de apito”!Árbitro ruim.
    Quanto locutor bão!!!! E na Bahia? Quem fez escola e quem é o Curi daí?

    Pra lembrar um pouco Waldir e Cury

    http://www.4shared.com/audio/u1skvJCX/waldir_amaral_01_-_030670_-__B.htm

  • junho 12, 2011 em 10:50 pm
    Permalink

    Depois de ficar 11 anos no “quase”, sempre sendo vice, o Vasco finalmente conquistou um título, o de campeão da Copa do Brasil 2011.
    Com essa conquista inédita, o Vascão se juntou à um seleto grupo de clubes “gigantes”.
    Achou grande coisa gan…har uma Copa do Brasil? Criciúma, Juventude, Santo André e Paulista de Jundiaí já tinham essa título há muito tempo!
    Parece que os vascaindos esqueceram que perderam o segundo jogo da final contra o Coritiba, tomando três gols. O Vascú vai pra Libertadores de 2012 só pra dar vexame pro Brasil…
    aff aff aff…peloamordelDEUS! ninguém merece…

  • junho 13, 2011 em 8:22 am
    Permalink

    Carol, você quer dizer vexame como o do Flamengo na copa do Brasil? Aí fica muito difícil mesmo. Tomara que não.

  • junho 13, 2011 em 8:48 am
    Permalink

    Lobão meu caro…

    você aparenta não saber as origens do seu time,o FLAMÍDIA, ou FLAGLOBO se preferir.
    As primeiras cores do time mais ajudado do mundo foram azul e amarela. Lembra muito o uniforme do Tabajara…
    O E C Vitória já nasceu rubro negro, e assim permanece até hoje. O FLAROUBO só mudou as cores porque as que ele possuia desbotavam muito facilmente e eles tiveram que apelar para cores mais duradouras…

    P.S. Não tenho nada contra o Flamengo. Mas não gosto de ver um baiano depreciando um time da Bahia em favorecimento a um time do eixo privilegiado do futebol, o S/SE.

    NORDESTINO DE CORAÇÃO TORCE PARA TIMES DA SUA REGIÃO…

  • junho 13, 2011 em 9:04 am
    Permalink

    Vixe Maron! Boa cacetada você deu nesse flamenguista do Wendel. Mas quero justificar porque torço para um time do Rio de Janeiro, que é o Vasco. Como já falei aqui, anteriormente: nossa região só tinha acesso às emissoras de rádio do Sul do Brasil e pouco ouvíamos falar dos times baianos. Mas aprendi a gostar do Bahia por rejeição às cores do Vitória que são iguais a do Flamengo. Mas pra mim, time baiano na final com qualquer outro, é claro que eu torço a favor, só não com o meu Vasco.

  • junho 13, 2011 em 9:42 am
    Permalink

    Pelé, Não sei onde, mas tenho um LP do Flamengo campeão Brasileiro de 80, com toda a campanha, narrada por Valdir Amaral, Mario Viana e Jorge Cury. Vou procurar.
    André Marron, não torço pro times do nordeste (não só Bahia e Vitória), porque não fazem por onde. Não sou Flamengo pela Mídia, como vocês dizem.
    Quem faz torcida é título (isso é fato!). Um caso ou outro que desperta uma paixão sem explicação. Se os daqui na não ganham NADA, como querem ter torcida? A culpa não é minha. O livre arbítrio é isso, cada qual segue o achar interessante, seja com time de futebol, política, sexo… Sou Flamengo, não pela Globo (é só quem leva a fama).
    Na minha infância o Flamengo levou três brasileiros, uma libertadores e um mundial (sem falar nos torneios internacionais e carioca). Em momento algum de sua existência, o Flamengo ganhou tanto torcedor como naquele momento. O mesmo com o São Paulo, naquela sequência de títulos mundiais e de libertadores (início dos anos 90).
    Aqui na Bahia, por exemplo, só a torcida do Vitória que cresce. É porque o Vitória é bom? (Pode até ser a nível de Estado.) É também em função dos 10 anos do bahia não ganhar nada, ou estou mentindo? Como o Bahia de antigamente onde “não existia” o Vitória (cacete todo ano com ajuda de apito ou não. É o que falam)
    Ah! Conheço e muito a história do meu clube.
    Continuo dizendo: Um cai e outro não sobe!

  • junho 13, 2011 em 4:22 pm
    Permalink

    Lobão, considero que você está equivocado.
    O Sport se mostra competitivo há vários anos, o Vitória idem, o próprio Bahia nas boas épocas de Maracajá, etc…
    Ocorre que a mídia bairrista só valoriza o futebol do Sudeste, dando aos clubes maior visibilidade, o que atrai maiores patrocinadores. Daí sim vem os títulos e conquistas.
    Concordo que cada um torce para o time que quer, afinal vivemos numa sociedade democrática. Eu escolhi o Vitória mesmo tendo um pai flamenguista, uma mãe pó de arroz (que já se debandou para o lado rubro negro da força) e uma família inteira de mineiros.
    Mas a mídia influenciou sim as pessoas. Veja o que diz Pele. É vascaíno por só ouvir falar dos times do RJ/SP. E olha que o Vasco nem tinha tantas conquistas assim naquela época.

  • junho 13, 2011 em 4:30 pm
    Permalink

    E não concordo quando você fala em relação aos times baianos nesse brasileiro.
    O Vitória sobe pois é o time de melhor estrutura na competição e os demais times são ridículos (tirando Góias, Sport e Náutico). Além do mais a competição é longa, o que requer um melhor planejamento.
    Já o Bahia para mim, no momento, é sério candidato ao rebaixamento. Não entendo o que essa diretoria está fazendo. Contratações de risco, jogadores com históricos de indisciplina, inchaço na folha que poderá acarretar atrasos de salário, etc…
    Jobson irá pegar um gancho de no mínimo 6 meses na próxima segunda feira. A tese da defesa é frágil e ele não escapará. Carlos Alberto passa mais tempo na orla de SSA do que no Fazendão. Souza é um cone no ataque.
    O time tem até bons nomes. Mas o ambiente irá atrapalhar…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *