AO RADIALISTA ARNALDO SANTANA

 

Caro amigo Arnaldo Santana,

É com muito respeito e carinho que nos dirigimos a você através do nosso blog, para que possamos esclarecer algo que deixa a nossa sociedade apreensiva e aterrorizada. Sobre um e-mail que andam divulgando para todos os internautas no Brasil. Não sou um defensor do governo Lula, mas não posso deixar que os maus entendidos tirem a nossa tranqüilidade. Sou um assíduo ouvinte do seu programa na Rádio Valença FM e ontem por volta das 13:00 horas ouvi quando o nosso querido amigo, Zé de Buca, também apresentador desse programa, levantou sobre o assunto de um e-mail que anda circulando na internet: onde chama a atenção das pessoas sobre o “auxilio-reclusão” que o governo supostamente distribui entre filhos e familiares de detentos.

O vereador Jorge Góes já levou essa informação à Câmara de Vereadores, alertando a todos do risco de aumentar a criminalidade por causa desse auxílio reclusão. Devo informar, amigo Arnaldo, que esse e-mail não é verídico, e quando um programa de tamanha audiência como o seu, divulga uma notícia desse cunho, onde pessoas das mais diversas classes sociais assistem, torna-se perigoso a difusão dessa notícia. Já pensou se isso fosse verdade, quantos não estariam por aí aprontando agora?

Eu também recebi esse e-mail e fiz questão de analisar se havia fundos de verdade, e descobri que quem fez essa propaganda deve ser pessoas sem escrúpulos, que, no desejo de danificar a imagem do governo Lula e prejudicar pessoas, lançou esse e-mail. No site da Previdência Social diz que: “O auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto”. Observe que no site eles falam de “segurado”, ou seja: à pessoa que é contribuinte da Previdência Social. Isto quer dizer que não é qualquer um que vá preso que tenha direito ao auxílio-reclusão. Por outro lado, lá no mesmo site tem uma tabela em que diz que o valor de R$ 798,30 refere-se: “Ao valor do auxílio-reclusão correspondente ao equivalente a 100% do salário-de-benefício”, ou seja: esse valor é para toda a família e não para cada um membro da família do detento.

Portanto meu amigo Arnaldo Santana, não me tome como crítico, e nem pense que eu queira interferir no seu trabalho, que por sinal você sabe fazer bem feito, mas fiz isso com o intuito de ajudar ao amigo radialista que conheço como um homem ilibado que é.

Saudações,

Pelegrini

8 thoughts on “AO RADIALISTA ARNALDO SANTANA

  • maio 7, 2010 em 8:23 am
    Permalink

    07 de Maio de 2010TJ-BA PERDE A SOBERANIA

    ——————————————————————————–

    08:07:28

    Sede do Tribunal de Justiça da Bahia

    Se na gestão do desembargador Carlos Alberto Dutra Cintra à frente da Presidência do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) o Judiciário recuperou a sua soberania e independência, sobretudo independência política, agora, ao que tudo indica, perdeu a sua soberania, na medida em que ficou refém financeiramente do Poder Executivo. No ano passado, foram encaminhados à Assembleia Legislativa, em torno de três projetos, um dos quais a mando do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) colocava um ponto final na existência do Instituto Pedro Ribeiro de Admnistração Judiciária (Ipraj). Também no ano passado, não se sabe por que cargas d’água, o Judiciário baiano foi submetido à Procuradoria Geral do Estado (PGE-BA). Nada fazia sem a aprovação da procuradoria. Agora, no pacote de votação dos três projetos presumidamente do interesse do TJ, que determina demissões e nomeações, foi incluída uma emenda, aprovada com muito prazer pelos parlamentares, determinando que toda a arrecadação com as taxas cartorárias vá diretamente para os cofres do Estado. Desta forma, sem dinheiro, inclusive as custas judiciais para investimentos, o TJ terá que correr à cuia e contar com a boa vontade do Executivo. Temos na Bahia, assim, um poder que recuperou em 2002 a sua independência dita política, mas perdeu agora a sua independência econômica. Perde, consequentemente, a soberania que os poderes da República dispõem, de acordo com a Constituição do país. Agora não adianta nem choro nem vela, muito menos uma fita amarela. Uma fita negra fica mais compatível.

    (Samuel Celestino

  • maio 7, 2010 em 8:25 am
    Permalink

    Correio.

    CONQUISTA: PROMOTORA SOFRE ATENTADO

    ——————————————————————————–

    07:10:42

    Ao se dirigir para casa, a promotora de Justiça Genísia Oliveira, de Vitória da Conquista, foi surpreendida com um disparo de pistola ponto 40, arma de calibre de uso exclusivo de policiais, que atingiu sua caminhonete importada de cor prata alvejada na noite da última terça-feira (4). O atentado ocorreu no dia em que foram cumpridos dez mandados de prisão de policiais militares do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Vitória da Conquista, acusados da participação em 11 homicídios e desaparecimento de três adolescentes na madrugada do dia 29 de fevereiro deste ano, no Alto da Conquista. Ao chegar em sua residência, Genísia recebeu ameaça de morte, por meio de um telefonema anônimo a seu telefone celular. A promotora é a a responsável pelas investigações sobre o caso e a suposta existência de um grupo de extermínio na cidade e integra a força tarefa de promotores que representaram na Justiça contra 35 PMs acusados de participação nos assassinatos no Alta da Conquista.O juiz da 2ª Vara Crime de Vitória da Conquista, Reno Soares, acatou o pedido de prisão temporária e pediu aprofundamento das investigações. A promotora ameaçou abandonar a investigação caso não fossem enviados policiais de Salvador para sua segurança. O Ministério Público (MP-BA) designou o ajudante de ordens do órgão, capitão Mascarenhas, e mais dois soldados para garantir a segurança da promotora. Informações do A Tarde

  • maio 7, 2010 em 8:30 am
    Permalink

    todas as notícias de POLÍTICA 06/05/2010 às 20:03 | COMENTÁRIO (0)
    Serra e Dilma são vaiados na chegada de debate em MG
    Agência Estado

    O ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) chegou ao primeiro debate entre os pré- candidatos à Presidência sob protesto e vaias dos professores da rede estadual de Minas Gerais, que estão em greve e cobram melhora no piso da categoria. Para os manifestantes, cerca de 150, “Serra, Aécio e Anastasia” são a mesma coisa, numa referência também ao ex-governador de Minas e o atual, Aécio Neves e Antônio Anastasia, respectivamente. Mas foi a ex-ministra Dilma Rousseff quem realmente enfrentou vaias da plateia do congresso mineiro de municípios.

    Serra precisou ser escoltado por policiais militares e seguranças particulares para chegar ao palco auditório do congresso de municípios mineiros, que reuniu cerca de 400 autoridades. Boatos de que ele chegou a ser agredido por um professor circulou pelo auditório. Mas o candidato negou que o fato tenha ocorrido.

    Descontraído e conciliador, o tucano disse que, embora possa soar como “heresia”, se for eleito presidente, vai querer o PT e o PV fazendo parte de seu governo. Ele até conseguiu tirar de Dilma sua única brincadeira da tarde. Quando Serra disse que o evento não era um “Fla x Flu” ou um “Atlético x Cruzeiro”, Dilma foi obrigada a confessar que é atleticana. Mas não foi a vaia dos cruzeirenses que marcou sua participação.

    A ex-ministra foi vaiada quando disse que o governo Luiz Inácio Lula da Silva evitou que os municípios brasileiros fossem arrasados pela crise financeira mundial porque concedeu benefícios tributários para salvar a atividade econômica. Os prefeitos, prejudicados pela queda na arrecadação, não perdoaram. Não adiantou a ex-ministra dizer, depois, que o governo compensou as perdas com repasse de R$ 2 bilhões.

    Serra afirmou que as perdas dos municípios com a desoneração tributária foi de R$ 3,5 bilhões e a compensação muito menor. Dilma, que disputará sua primeira eleição, aproveitou todas as oportunidades que teve para fazer propaganda do governo, com citações sobretudo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    Marina

    Ao contrário da petista, Serra e a ex-ministra Marina Silva (PV) pareciam bastante relaxados. Falando com dificuldade por causa de uma gripe, a ex-ministra do Meio Ambiente foi a mais aplaudida. Seu estilo calmo, mas franco, agradou aos prefeitos. Parecia ter aliados tanto na claque de Serra quanto na de Dilma.

    Mais uma vez, Marina defendeu a união das pessoas de bem independente de partido. Ela lembrou que o PSDB ficou refém do DEM quando tentou governador sem o PT. E que o PT, seu partido de origem, ficou refém da “pior parte do PMDB” quando tentou governador sem o PSDB

  • maio 7, 2010 em 8:41 am
    Permalink

    Seria muito bom se um vereador de valença montasse num JEGUE e viesse até a bolivia retirar os bois e cavalos que fica acabando com as ruas e deixando carrapatos e outras doenças,parece que é o prefeito que manda as pessoas colocarem este animais dentro da cidade,ou o prefeito pode ser o dono desses animais,ja que ele tem uma frota de bizoros rodando na cidade e nenhuma policia prende, ou ja pode estes tipos de tratores andar na cidade,ou o DETRAN e a PM SÓ FISCALIZA AS MOTOS.

  • maio 7, 2010 em 9:59 am
    Permalink

    Pelegrini,

    Sou morador das proximidades da rua Antonio Luiz dos Santos, que dá acesso ao Jardim Emarc, acontece o seguinte, nesta rua, dia e noite tratores da Prefeitura tem despejado lixo em um terreno baldio, pertencente a Gilson do gás, vale salientar que aquele local não é deposito de lixo, já que esse fato coloca a população à mercê de pragas como: ratos, insetos, urubus e outros animais.
    Ao invés da Prefeitura combater esta pratica, ela mesma causa um problema de saúde pública, só para beneficiar um mão de vaca que não tem coragem de comprar aterro e o faz com detritos recolhido na cidade.
    Quem quiser vê, é só ir lá, isso acontece a 100 metros do NERC.

  • maio 7, 2010 em 11:44 am
    Permalink

    boa tarde querido Arnaldo santana, viemos atraves deste imforma que o carro do transporte escolar nao estao em perfeito estado ,pois estao deixando faltar oleo nos onibus e o motorista nao tem tem a chave do tanque,hoje pela manha nos estudantes perdemos aula e alguns prova por causa dessa falta de vergonha para uma empresa que tem muitos carros,nos somos do entroncamento as combis trasem os alunos e o onibus nao leva , essa e a terceira vez que acontece .
    desde ja obrigado

  • maio 9, 2010 em 1:34 pm
    Permalink

    Acontece que o Arnaldo diz que tem credebilidade nas suas imformações e só dá ratada .outro ele anulou o concurso publico de Cairu trazendo uma tremenda dor de cabeca para o municipio. está na hora deste pessoal e aponsentar ele Zé de Buca Dorgival Lemos Roberto Melo este programa de Arnaldo é ruim que doi .

  • maio 9, 2010 em 9:11 pm
    Permalink

    O sr. Antonio Carlos. esta certo deixei de ouvir este programa de Arnaldo Santana, pois as coisas serias ele comenta dando risada a direção,radio deveria trazer um nome de peso para fazer estes programas este Arnaldo não tem pinta de comandar um programa deste estilo,ele tem tanta credebilidade não ele comenta muita coisas sem saber da verdade. ainda bem que este blog , para a gente denunciar mander varis denuncias para outro jornal deste locutor para ele melhorar nunca botaram nada querendo o melhor já que a radio esta mudando tudo mude estes rapazes utrapassdos obrigado,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *