A CÉSAR, O QUE É DE CÉSAR. TAMBÉM SOMOS RESPONSÁVEIS PELA SEGURANÇA.

imageTenho notado uma pequena diminuição da violência em Valença, ou será que estou desinformado? Antigamente chegavam todos os dias notícias de assaltos, arrombamentos, pessoas chorando por que tinham sido assaltadas, traficantes dando toques de recolher, uma serie de coisas. Ultimamente não tenho ouvido falar muito nessas coisas, será que está melhorando tudo por aqui? Ou será que o frio e a chuva contêm os bandidos?

Continuo com medo de sair às ruas à noite, tenho motivos para tudo isso, já fui vítima da violência por três vezes em situações que não se esperava que pudesse acontecer. Como todas as vezes em que fomos assaltados estávamos do lado de dentro, resolvemos ficar na porta quando não tiver clientes.

Por outro lado, quero opinar que na maioria das vezes facilitamos as ações dos bandidos, e por isso eles agem diante de nossa fragilidade. Outro dia, por exemplo, um senhor da zona rural veio sacar o dinheiro da sua aposentadoria e na saída do banco foi abordado por dois homens que levaram o seu dinheiro. Será que esse senhor não tem em casa uma pessoa que possa acompanhá-lo, e evitar assim a ação do bandido? Claro que sim, mesmo que não seja um parente, mas pode ser um vizinho.

Guardo meu carro a 100 metros de casa, quando passa das 23:00 horas que vou colocar o carro na garagem pego sempre um moto táxi para retornar. São esses cuidados que devemos ter, anulando assim a ação dos marginais.

Sei que é obrigação do estado proteger o cidadão, mas também precisamos ajudar no combate a violência, agindo de forma preventiva. Não temos que ficar preocupados com a beleza da fachada de nossas casas, vamos colocar grades mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *