A mudança que a nossa terra necessita somente virá por meio do debate das ideias

Independente da composição qualitativa e quantitativa do citado movimento “Renova Valença” e dos interesses que o grupo possua, a sua existência é positiva. A mudança que a nossa terra necessita somente virá por meio do debate das ideias. Defendo a existência do movimento pois penso que os bons projetos e as boas ideias não são monopólios de determinados indivíduos, partidos ou grupos. Todos nós agimos por interesses, sejam eles pessoais, materiais ou coletivos. O que é inaceitável é permitir que ao suprir nossos interesses ocorra o prejuízo de direitos dos outros.

É isso.
Romualdo Anselmo

8 thoughts on “A mudança que a nossa terra necessita somente virá por meio do debate das ideias

  • maio 28, 2011 em 11:54 am
    Permalink

    Solicito trambém a transcrição do texto do Sr. Irineu como post principal.

    Pelegrini, vc sabe que a mulherada do grupo é toda temperamental, neh? Abraços!

  • maio 28, 2011 em 11:19 pm
    Permalink

    LIINDA!!!!

    Menina, menina, menina…

    Sem ciúme a gente não sai do lugar.

    Apelo perfeito, sentimento imorredor.

  • maio 29, 2011 em 8:21 am
    Permalink

    Raílton, vou usar as palavras de Mille em respostas lá naquele primeiro texto de oportunistas, depois daquela sua resposta a Mille Way: ” Raílton, é muita sedução… Você é lindo, inteligente e sedutor… Com todo respeito, é muita antropofagia para meu ser!”

    – Não tenho vocabulário próprio para retribuir seus minos e gentilezas, tenho que recorrer a Mille que mandou-lhe um recado: Passará a manhã toda pesquisando uma música para oferecer-lhe ainda hoje uma página musical.

  • maio 29, 2011 em 12:15 pm
    Permalink

    Só dá Railton nesse blog!

  • maio 29, 2011 em 1:22 pm
    Permalink

    Pelegrini,

    Enquanto isso, veja onde uma gestão irresponsável como a do gestor de Valença pode levar…

    Fonte: Bahia Notícias

    MUNICíPIOS BAIANOS NãO PODEM RECEBER RECURSOS

    ——————————————————————————–

    10:45:15

    Sete municípios baianos, pelo menos, estão impedidos de receber transferências voluntárias de recursos da União e do Estado. O motivo: não implantaram portais de transparência na internet dentro do prazo estipulado por lei. Os prefeitos desses municípios estão sujeitos inclusive a perder a função pública e ter os direitos políticos suspensos por até cinco anos. O prazo para que os municípios com população entre 50 mil e 100 mil habitantes implantassem o portal de transparência encerrou na última sexta-feira passada (27). Dos 27 municípios baianos nessa faixa populacional, sete não implantaram o portal de transparência, de acordo com levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios: Campo Formoso, Casa Nova, Dias D’Ávila, Euclides da Cunha, Itaberaba, Tucano e Valença. Outros dois não prestaram informações à entidade: Monte Santo e Santo Amaro. O portal de transparência permite que órgãos de fiscalização e controle, ou qualquer cidadão, possam acompanhar, em tempo real, a movimentação de receitas e despesas da prefeitura, bem como o andamento de obras públicas municipais.

  • maio 29, 2011 em 1:23 pm
    Permalink

    Nana, vc é impagável… Só dá Raílton e o “fabinho” acha que o ti ti ti é por conta do RENOVA, tadinho!

  • maio 29, 2011 em 7:40 pm
    Permalink

    olha o fabinho ai genteeeeeeeeeeeeeeeeeeeee! Kakakakakaka!

  • maio 31, 2011 em 5:49 am
    Permalink

    Railton, já chegou a hora do RENOVA VALENÇA colocar a cara na tela, essa coisa de ficar fazendo suspense e tentando passar para as pessoas uma falsa idéia de que vocês tem o antídoto e que estão preocupados com a situação que se encontra nossa Valença só com blá,blá,blá, e enchendo linguiça, disso o povo está cansado. Quem são as lideranças, os cabeças desse terreiro. “Diga com quem tu andas que te direi quem tu es”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *