O MAIOR PROBLEMA DOS ÚLTIMOS DIAS NO BAIXO-SUL, FOI A CHUVA DE QUINTA-FEIRA (VÍDEO)

Meus amigos, dois dias sem poder publicar nada por falta de internet e nosso provedor só nos informou que não tem previsão pra quando restabelece, pois, segundo o proprietário, os trovões e relâmpagos queimaram tudo. Difícil, né?

Mas como não podemos parar, já contratei novo provedor e enquanto eles não ligam vamos usando os dados móveis com certa moderação pra não ir embora de uma vez.

Também não temos muita coisa pra mostrar dos estragos da chuva porque a pane de intenet foi geral e tudo o que as pessoas gravaram e fotografaram ainda não foi mostrado pois nem no dia seguinte as empresas de telefonia funcionavam cem por cento e os provedores, idem.

Estamos esperando as fotografias e vídeos começarem a rolar pra a gente ver o estrago que a chuva causou.

Garanto que não foi nada bom, cheguei a ver um vídeo da Rua Sete de Setembro (vídeo logo abaixo) que me impressionou, nuca vi a água subir àquele nível, com certeza as casas que ficam na parte de baixo da rua devem ter alagado todas.

Me lembro quando Jucélia era prefeita, parece que ela nunca se deu bem com São Pdro, pois sempre que chovia nessas épocas, era um desastre, chegavam a fazer força tarefa para ajudar o povo a salvar seus bens.

Jucélia acordava todos os Secretários na madrugada e mobilizava a todos, era uma luta constante. Na gestão de Ricardo Moura São Pedro foi muito gente boa, não acontecia isso que aconteceu na quinta-feira (04).

2 Respostas para O MAIOR PROBLEMA DOS ÚLTIMOS DIAS NO BAIXO-SUL, FOI A CHUVA DE QUINTA-FEIRA (VÍDEO)

  1. Sapo novembro 7, 2021 às 4:34 am #

    Moro na 7 de setembro e aconteceu a mesma coisa que acontece a mais de 10 anos o nível subiu e logo após estiar a água desceu, pois todos nós aqui sabemos que a quantidade de água em determinadas épocas do ano é superior ao que a drenagem consegue captar.

  2. Neves novembro 9, 2021 às 7:42 pm #

    Valença, A cidade mais abandonada de todo baixo sul, muito triste,kd esses governantes de merda?

Deixe um comentário