VALENCIANA FOI MORTA DENTRO DE APART HOTEL EM ONDINA, NA CAPITAL BAIANA

Na madrugada de hoje o corpo da valenciana Maria Helena Mazzei Pereira, de 67 anos, viúva do juiz valenciano Ruiz Vinhas Pereira, foi encontrado no quarto do apartamento onde ela morava, em Ondina na capital.

O corpo de Maria Helena tinha lesões no rosto e na perna esquerda, embora ainda não esteja claro como elas foram causadas.

Equipes do núcleo de capturas e da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico) prenderam na manhã desta quinta-feira (30), no bairro da Liberdade, em Salvador, o homem suspeito de matar a valenciana.

O suspeito confessou o crime e informou que escondeu, em uma caixa de energia na Liberdade, um celular subtraído na ação criminosa. 

Segundo a Polícia Civil, o acusado é contratado de uma imobiliária e tinha acesso ao imóvel há cerca de uma semana, pois dois apartamentos do prédio estavam sendo reformados – inclusive o que foi alvo da ação criminosa. Ele está sendo ouvido no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Sem comentários.

Deixe uma resposta