O LIXO NA PORTA DA SORVETERIA É COLOCADO POR INIMIGOS DA LIMPEZA, PORCOS E PREGUIÇOSOS

Pra muita gente é fácil fazer uma foto dessa e ir para as redes sociais falar que a cidade está jogada às traças, criticar a empresa de lixo e chamar o gestor de porco. Difícil são eles evitarem essa situação.

Ninguém se submete a chamar a atenção de um vizinho e dizer: isso está errado, sábado a noite e domingo não são dias de se colocar lixo na porta, pois não existe serviço de coleta nesse dia, é constrangedor.

Para o vizinho que não suporta ver uma sacola de lixo no seu pátio ou até mesmo as vísceras de peixe e camarão dentro do seu congelador aguardando até a segunda-feira para descartar, é mais prático colocar na porta e culpar à administração.

Se me disserem que isso é falta de educação eu digo que não é, se disserem que faz parte da cultura nossa, valenciana, eu aceito com mais boa vontade, generalizo, mas sei que em toda regra existe a exceção.

Este lixo está aqui na porta da nossa sorveteria, na Rua da Taboca, centro da cidade, desde sábado a tarde. Pra mim é uma coisa abominável, pois eu vendo sorvetes e picolés e tenho que ficar dizendo às pessoas que aquilo não nos pertence

Aqui os vizinhos mais próximos largam seus lixos e os oportunistas mais distantes aproveitam e trazem os seus também. Sujeira na porta deles, nunca, na porta dos outros é mais fácil.

Para os porcos deve ser cruel acordar as sete da manhã para colocar o lixo que irá passar às 7:30h.

Será que além de porcos, têm que serem preguiçosos, também? É uma mesquinhez sem tamanho.

Uma resposta para O LIXO NA PORTA DA SORVETERIA É COLOCADO POR INIMIGOS DA LIMPEZA, PORCOS E PREGUIÇOSOS

  1. Marcel Sant' Ana da Fonseca agosto 9, 2021 às 6:55 am #

    O problema do lixo inicia pelo cidadão, terminando no Prefeito.

    Assim é em Valença e em todo o Brasil.

    Depois do lixo descartado de maneira irregular as Prefeituras enviam o lixo para os lixões ou para os famosos aterros controlados, quê de controlado não tem nada.

    Como já disse antes, é crime ambiental para todo lado.

Deixe um comentário