MARCELO BORGES, O HOMEM DE 63 VOTOS QUE GANHOU CARGO DE SECRETÁRIO

Jairo quebrou uma regra do que teria me dito antes e pós-eleição: ‘que não repetiria ex-secretário de Ricardo Moura em seu governo’.

O prefeito eleito havia me dito isso quando comentou sobre a oferta do deputado Claudio Cajado em 10 milhões de emenda e eu disse que seria em troca de um cargo pra Paulo e Jairo me disse que não colocaria nenhum secretário de Ricardo para não induzir no erro, acabou colocando Marcelo Borges.

E o que eu fico pensando é o seguinte: como devem ficar os candidatos a vereador que apoiaram Jairo e tiveram mais que 63 votos? Assim como os casos de Betão com 785 votos, Pó da Pesca com 688 e Walter Correria com 481, dentre outros, com mais de 63 votos.

É dificil ter que engolir esse tipo de coisa. Não sei se o partido de Marcelo Borges (REDE Sustentabilidade) somando os votos de todos os candidatos teve mais que os 785 votos de Betão e 688 de Pó da Pesca.

No mínimo o grupo de Jairo deveria reconhecer os dois principais apoiadores dele, Betão e pó da Pesca, que foram contra suas majoritárias para ajudá-lo a se eleger.

Aquela coisa de Joailton dizer que ‘os secretários não estão alí por apoio político’ é uma inverdade, pois todos sabem que a maioria apoiou Jairo, assim como o próprio Marcelo Borges. E quem não apoiou é indicado por um apoiador.

4 thoughts on “MARCELO BORGES, O HOMEM DE 63 VOTOS QUE GANHOU CARGO DE SECRETÁRIO

  • dezembro 30, 2020 em 4:05 pm
    Permalink

    Duas belas opções de Pelegrini: Betão e Pó da Pesca, parece piada.

  • dezembro 30, 2020 em 7:13 pm
    Permalink

    Parabens ao secretario e sucesso na sua trajetoria.Afinal,aguas passadas nao movem moinhos.
    Ei Pele ,cade o plinio que nunca mais deu as caras aqui.Gosto dos bordoes que ele usa.

  • dezembro 30, 2020 em 7:16 pm
    Permalink

    Quem sabe!?

  • janeiro 1, 2021 em 10:47 am
    Permalink

    Esse problema que parece ser pessoal seu com ele já está chato …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *