Rogério Andrade será operado e não corre risco de morrer, diz advogado

 

Filho de Rogério, Diogo, de 17 anos, morreu.
Mulher, que estava com eles, e segurança do contraventor estão feridos.

O contraventor Rogério Andrade, alvo de um atentado na tarde desta quinta-feira (8), está ferido, mas não corre risco de morrer, segundo informou o advogado dele. Acusado de mandar matar o primo Paulinho Andrade, herdeiro e filho do bicheiro Castor de Andrade, Rogério está internado num hospital da Zona Oeste do Rio e sofrerá uma cirurgia no nariz.

O filho dele Diogo, de 17 anos, morreu no ataque. O carro em que o pai e o filho estavam trafegava na Avenida das Américas quando, segundo testemunhas, foi atacado por um motoqueiro, que teria atirado três granadas, atingindo ainda outro veículo.

O advogado Luiz Carlos da Silva Neto informou ainda que uma mulher que acompanhava Diogo e Rogério, que não é a esposa do contraventor, também foi internada com ferimentos, mas não corre risco de morrer.

O terceiro ferido no atentado é um segurança do contraventor, mas o advogado não soube informar onde ele está internado e nem qual é o seu estado de saúde.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *