GRAÇAS A DEUS O BRASIL JÁ SE DESPEDIU DA COPA

Que bom que o Brasil saiu da Copa do Mundo, eu já não aguentava mais da angústia que me acompanhava quando o Brasil Jogava, pior, quando o Brasil ganhava eu já me lembrava como seria no próximo jogo.

Não foi fácil de ver duas seleções brasileiras em campo, a de Neymar e a de Tite, jogando contra um adversário que via a fraqueza daquela seleção cheia jogadores dançarinos querendo mostrar a nova dancinha que só conseguiram com equipes fracas.

Seleção brasileira como as do passado, cheias de craques, nunca mais, hoje, a que prevalece é a que tem um cara como Neymar como o único e principal craque do mundo. Ninguém pensa mais em ser craque, infelizmente, todos só pensam hoje em dia em ser rico.

Riqueza que domina a mente de um pobre garotinho da periferia e acaba virando “estômago fundidor”, por comer ouro com carne, porque é massa e ostenta.

Mais feliz ainda eu fico porque, não vai ter fogos para comemorar os gols, nem motos barulhentas que pertubam nossas crianças autistas e animaizinhos de estimação.

Os que sofrem com essa eliminação que compreendam, porque essa é a pior de todas as seleções brasileiras, espero que na próxima geração venham meninos de ouro e não meninos que comem ouro, que joguem um futebol bonito como o da Espanha, que foi eliminada prematuramente.

Vamos aprender um pouco mais com a seleção de Portugal que, coloca o substituto de Cristiano Ronaldo (maior craque lusitano) e faz três gols numa só partida. Depois perde, claro, ninguém é perfeito.

Aprender que, jogar futebol é ver como a seleção da Croacia e da Holanda enxergam que, o jogo só termina quando o juiz apita o final, porque mesmo faltando alguns minutinhos eles foram para buscar e tentar a vitória.

Graças a Deus só daqui a 4 anos de novo, nem sei se alguém daqui pra lá vai mais estar mais gostando de futebol, se estiverem creio que vão estar participando também de alguma escolinha de coreografia, para aprender a comemorar gol, quando tiver.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *