VALENÇA DE POETAS

image

Dando um passeio pelos blogs de amigos, deparei-me com essa poesia do nosso ex-vereador Zé da Hora, e sem sua autorização ousei-me a publicar em nosso blog:

VALENÇA DE SOL, DE RIO, DE CÉU, DE MAR…

Natureza, gente bonita, alegria!

A Valença é isso:

Tem alma de artista,

Sonho de carnaval,

Garra de futebol. Tem

Cor, tem raça, tem valor.

Tem felicidade.

Felicidade nos calçadões

Da Rua Governador Gonçalves

E da Orla do Rio Una,

No balanço da morena

Valenciana, nos braços

Do Sagrado Coração de Jesus, e no olhar da Sra. do Amparo,

Tem artista do Centro de Cultura e da rua, tem poeta,

Tem música. Tem bares,

Geladinhas, batidas e claro, boemia

No final da tarde tem o Bar do Renato,

A noite tem a sorveteria do Pelegrini.

No trabalho, tem Renato caixa do Banco do Brasil,

a cada cliente que atende e a cada papel que processa,

vai sabendo de tudo que rola na Cidade.

Mesmo assim, é impossível esquecer

O futebol do bairro do Jacaré, o mocotó da Jandira,

O acarajé da Marinalva, a água de coco das esquinas, o suor,

o calor, o verão. Verão sim, por que isso não é só

uma estação. Na Valença, cidade desejo de todos os meses,

verão é um estado de espírito, por que aqui é também terra de todo o mundo.     

Tudo isso, você vai ver reunido em um só lugar; Praia do Guaibim

Fonte: http://www.zedahora.com/blog/?p=214#more-214

6 thoughts on “VALENÇA DE POETAS

  • agosto 28, 2009 em 6:54 pm
    Permalink

    Poesia da Hora.

    Ae poeta mostre tua beleza,
    Não escondas teu encanto jamais,
    Viva a tua pureza,
    Porque tu és um bom rapaz.

    Quando estavas la na câmara,
    Lutavas por todo esse povo,
    Agora voce está fora,
    Mas não demores, volta de novo.

    de um amigo.

  • agosto 31, 2009 em 12:48 am
    Permalink

    Caro amigo,

    Se melhorarmos a auto-estima de cada individuo na Terra, o munddo todo melhora. Este é o caminho.
    Obrigado pela generosidade das suas palavras que, de logo, se transformaram em um belo poema.

    Obrigado amigo.
    José da Hora

  • junho 1, 2010 em 9:18 am
    Permalink

    vocês tambem poderiam colocar
    nas paginas da web poemas sobre o Rio Una que é um tema muito discutido principalmnete em salas de aula e´ao mesmo tempo é um assunto pouco abordado na net.

  • junho 1, 2010 em 9:54 am
    Permalink

    Ok Késsia, pode enviar alguns que colocamos.

  • janeiro 7, 2019 em 12:48 pm
    Permalink

    Eu conhecí os Pellegrines de Salvador.
    Do Jossí ao Germinio e suas descendencias. Mas não conhecí o Pelegrini de Valença aquele que inventou o Picolé de capim santo.
    Aliás uma boa idéia, bem melhor do que a 51 de Piracicaba.
    Algum dia voltarei a Valença e quem sabe terei o prazer de conhece-lo pessoalmente.
    Aí deixei alguns amigos e até parentes da familia dos Goes.
    Abraços,
    F. Silveira

  • janeiro 7, 2019 em 5:33 pm
    Permalink

    Ok, grande Fernando!

    Venha conhecer nossos sorvetes feitos com muito esmero, tenho certeza que vc vai gostar.

    Grande abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *