Archive | Política RSS feed for this section

PREFEITO ARMENGUEIRO E O ESQUEMA TÁTICO

 

image Enquanto isso a violência segue aumentando.

Comentários { 12 }

“FECHAMOS, FOMOS EMBORA PARA AJUDAR A FALIR OS BANDIDOS”

image

Depois que fomos assaltados, nem precisei procurar uma empresa de segurança, estiveram aqui em minha porta três delas, acredito que devem existir muito mais por aqui. Imagina! Como pode uma cidade como essa, ter tantas empresas de segurança? Justifica. Todo o comércio é ameaçado diariamente por bandidos. O segurança na verdade não dá tranqüilidade nenhuma, ele não tem porte de arma, não são treinados. A única coisa que tem de bom, é que compartilha com você o sofrimento.

Contratei um segurança, primeiro dia ele não veio disse que iria ao enterro do primo, segundo dia faltou, terceiro dia disse que viria porém só ficou meia hora e depois foi embora. Graças a Deus não tivemos necessidade dele.

A nossa rua é uma via de principal acesso aos Bairros do Tento, Mangue Seco e Bolívia. Dois desses bairros são os chamados focos de traficantes. Incrível o número de desocupados que passam por aqui. Antes não notávamos essas presenças, depois dos assaltos é que fomos notar. A insegurança e o medo ocupou nossas cabeças, todos parecem bandidos para nós. Não consigo olhar o monitor das câmeras sem sentir que é mais um deles, depois que saem ainda vou lá fora olhar, para ver de quem se trata.

Ontem um amigo meu, comerciante também, não foi assaltado por que tinha outras pessoas dentro de sua loja. Assim que os bandidos saíram ele fechou seu estabelecimento e disse-me que vai embora para sua terra. Garanto que se ele fosse assaltado como nós fomos já estaria se comunicando de lá, da sua terra. Ele já tem até uma faixa com os dizeres: “Fechamos, fomos embora para ajudar a falir os bandidos”.

Já saíram da cidade muitas pessoas, com destino a outros lugares menos violento. Estamos nos preparando também para isso. Acredito que no próximo assalto arrumaremos nossas malas, acho que até Salvador é menos violento que aqui.

Comentários { 12 }

Traficantes levam pânico a Valença

 

Cristina Santos Pita l A TARDE

André Azevedo/Agência A TARDE

image

Ruas vazias no bairro Bolívia, um reduto das gangues de traficantes

Os moradores do município de Valença (a 262 km de Salvador), no baixo sul do Estado, estão assustados com as cenas de violência na cidade geradas pela briga entre quatro gangues rivais pelo controle do tráfico de drogas no município. Tiroteios têm culminado na morte de moradores. Em cinco dias, aconteceram oito homicídios: um no último domingo, quatro na terça-feira, 7, e três na noite de quarta, 8.

“Mais de um homicídio por dia. Um número alto e todos relacionados com o tráfico de drogas”, afirmou a delegada titular Sílvia Albuquerque. De janeiro até hoje, foram 32 homicídios. O tráfico de drogas em Valença se intensificou no final de 2008, quando começou a guerra entre as facções. “Existem duas facções maiores e duas que estão crescendo. A intenção dos líderes é se espalhar para outras áreas da cidade”, garantiu a delegada.

Após a onda de violência esta semana, os pais, com medo, não deixaram os filhos irem à escola. Na quinta, 10, as instituições não funcionaram, e na sexta, 11, algumas voltaram às atividades.

Na madrugada de quinta, uma operação das polícias Civil e Militar, com o apoio da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe), Cacaueira, Tático Operacional da Polícia Rodoviária e do Departamento de Polícia do Interior (Depin),  foi realizada para capturar chefes do tráfico. Durante a operação, 12 pessoas foram conduzidas à delegacia, sete foram presas em flagrante com armas e drogas e cinco adolescentes, entre 13 e 17 anos, foram conduzidos e liberados.

Mais de 300 pedras de crack e 180 pacotes de maconha, várias armas e munições foram apreendidos. Segundo a  coordenadora regional da Polícia Civil, Argimária Soares, os boatos espalham o pânico. A operação aconteceu nos bairros da Bolívia e do Jambeiro, que, segundo a polícia, são a base das gangues. Os dois bairros da periferia concentram um grande contingente populacional. Só no Bolívia, são 22 mil habitantes, e no Jambeiro, 14 mil.

“Eles se refugiam nos mangues e dificultam a ação da polícia pelo acesso. Quem conhece a área de mangue tem facilidade de fuga. Diferente do policial equipado”, lamentou o coronel Paulo Uzeda, comandante da 33ª Companhia Independente da Polícia Militar.

Nos bairros da Bolívia e Jambeiro, silêncio e medo. “Anteontem (quinta-feira), executaram dois irmãos adolescentes. Quinze homens invadiram a casa deles de madrugada. A família, com medo, se mudou e ninguém sabe para onde foram. A população está apavorada”, contou uma moradora do Bolívia, que pediu para não ser identificada. “Dezessete horas e todo mundo se tranca em casa. Os traficantes fazem terror e estamos desprotegidos”, desabafou uma moradora.

No bairro do Jambeiro, das três escolas, duas estão fechadas desde quarta-feira.  A Escola Linaldo Ferreira Alves, na invasão Santa Luzia, onde ocorreram duas mortes, só vai reabrir na segunda-feira.

Fonte: A Tarde on line

Comentários { 11 }

VIVA SÃO JOÃO, OSNI E FRANCK!

ornamentação do calçadão pela cdl 004

Quem passa pelo Calçadão Governador Gonçalves, nota logo a diferença que a nova diretoria da CDL está fazendo. Uma verdadeira transformação. Osni Bulcão e Franck Roseira, são esses dois que tentam mudar a cara da CDL e da cidade de Valença. Ornamentaram o calçadão e vão fazer um grandioso São João antecipado na cidade. As atrações principais são: Cheiro de Amor, Rala Fivela, Os Tião, colher de Pau e muitos outros.

imageAs ruas estão ganhando um clima de festa. Só espero que a nossa polícia consiga manter a tranqüilidade no período da festa. Por falar em polícia, quando passava no calçadão vi lá a nossa única viatura cedida pelo governo do estado para uma cidade com população de 100.000 mil habitantes, paradona, descansando em cima do calçadão. Também bebe 1 litro por quilômetro, e o prefeito não tem coragem de dá nem um litro.

 ornamentação do calçadão pela cdl 008 De qualquer forma vamos dar vivas para São João! Vivas para Osni! E vivas para Franck! Afinal, vamos ter uma festa digna para o povo de Valença com o apoio da nova CDL.

Comentários { 11 }

TRÂNSITO DE VALENÇA, DE QUEM É A CULPA?

trânsito na ponte nova 003

A situação do trânsito em Valença é caótica, principalmente ali na ponte nova, não tem guardas de trânsito, todos tentam entrar e sair ao mesmo tempo. Caminhões, automóveis, motocicletas, bicicletas. Enfim, uma verdadeira embolação. Nem a prefeitura nem a Ciretran tomam providências. Já fiquei parado ali quase 15 minutos sem poder sair do lugar.

trânsito na ponte nova 002

Se continuar do jeito que vai, logo, logo, os veículos que entram na cidade vão começar a desviar daqui e sair lá por Santo Antônio de Jesus.

Comentários { 5 }

POBRES CRIANÇAS, POBRE PAÍS!

image

Depois de ter sofrido dois assaltos seguidos, a gente sempre se preocupa em redobrar a segurança, contratei uma pessoa para fazer o serviço para nós, mas infelizmente ela não pode trabalhar no primeiro dia por motivos familiares. Sendo assim fiz a nossa própria segurança, sentei-me na porta com Marivan e fomos trabalhar. Entrou uma criança com a farda da escola, tinha aproximadamente uns dez anos, para comprar sorvetes. De repente ela fez um comentário: “Poxa, estou triste hoje!”, a afirmação da criança nos surpreendeu e forçou nos a perguntar porque ela estava triste, ela respondeu: “É que a polícia chegou lá em casa e levou minha mãe e o marido dela”. Curioso! Mas não quis saber porque. afinal tratava-se de uma criança que poderia nem ter dez anos de idade e seria muito difícil para ser explicado. Mas ela mesma disse depois, sem ser questionada, que não sabia porque a polícia tinha feito aquilo. Com os olhos cheios de lágrimas ela saiu e disse: “Daqui a pouco ela vai estar em casa, não é moço?”. Confortei-a, dizendo: Claro, não se preocupe, ela voltará. Imagina como fica nosso coração!

Tirei minhas conclusões dessa história devido a ação da polícia ontem aqui em Valença, onde prenderam muitas pessoas, armas e drogas.

Quantas outras crianças estão vivendo o mesmo drama dessa? Quantas não já sabem porque seus pais foram presos ou mortos? É esse o país que está dando certo? Que tem um presidente popular? Que deixa nossas crianças vivenciarem as mais cruéis das experiências? A polícia não tem culpa de nada. As nossas leis são absurdas. Claro! Porque todos estão enveredando para o mundo do crime? Prende hoje e solta amanhã! E a vida continua. Ou o crime continua.

As vezes a pessoa pensa em ter vida digna. Como pode pensar em vida digna se o meio que mora é o submundo?

Comentários { 9 }

A BRUXA PLANA SOBRE VALENÇA

image

Mais três mortes em Valença. As Polícias Civil e militar estão desde ontem apurando os crimes que já chegam a oito no período de quatro dias. Lamentável o que está acontecendo com nossa Valença. A intranqüilidade tomou conta do nosso povo. O nervosismo de pessoas, crianças passando às pressas para as escolas, escolas suspendendo aulas no período da noite, comerciantes fechando cedo, todos com medo de assaltos, balas perdidas etc.

Sinto que será um problema sem retorno, daqui para frente as coisas tendem a piorar, a justiça protege os bandidos de serem liquidados, os policiais evitam entrar em confronto com os bandidos para não mata-los, haja  vista o que aconteceu em Vitória da Conquista. Só temos uma solução, aceitar tudo e calar. Espero que em nosso país apareçam homens de pulso e mudem todo esse sistema.

Bandido tem mais privilégio que homens de bem. Eles matam e depois são soltos, voltam a matar e tudo bem. Um homem de bem, se cometer qualquer besteira perante a justiça mofa e apodrece atrás das grades. Vá lá, entender tudo isso!

Comentários { 8 }

RESPONDO AO LEITOR WELLINGTON

 

Deixei para responder ao leitor que se intitulou “Wellington (Assessor de Ramiro)”, na postagem principal, porque talvez ele queira um destaque maior, pelo fato de ter sido irônico quanto ao ataque que sofremos dos assaltantes, ontem 09.06, (quarta-feira).

Senhor Wellington, quero pensar que o senhor não seja realmente o que diz ser: “assessor de Ramiro”, que imagino ser o prefeito de Valença, por estarmos próximos dessa realidade. Por outro lado devo imaginar que o senhor pode ter usado uma maquina em que já havia um comentário dessa pessoa e por um esquecimento passou o nome sem que o senhor percebesse.

Senti uma grande decepção quando o senhor escreveu: “Sei que não vais divulgar este meu comentário, mas talvez eles tenham gostado do picolé.(kakakakaka).Voltem meninos voltem”. Porém, gostaria de relatar ao senhor qual é a sensação de quem por cinco vezes teve uma arma mirada em sua direção, que foi o nosso caso. Há momentos em que você pensa que será aquele o seu dia, você nunca imagina se o bandido é um louco ou não, você só acha que ele vai te matar, a tristeza toma conta do seu corpo em questão de segundos, a vontade que dá é de chorar, humilhar-se mais do que já está sendo, pedir clemência ao profissional. Engraçado! Falo com minha filha todos os dias, mas nesse instante a imagem dela vinha em minha mente como se fixasse, minha mulher e meu filho estavam do meu lado mas era como se estivessem distante, porque você se sente só, impotente. Deve ter sido a mesma sensação para eles dois, sabe que não pode fazer nada, não imagina que tudo aquilo está acontecendo com todos, mas você tem uma sensação de que está sozinho, pensa que o problema é só com você. Quando os bandidos partem você não consegue andar, fica pensando que eles ainda podem estar por perto, só depois que aparece alguém é que você descobre que eles se foram, aí você toma fôlego!

Decididamente meu amigo Wellington, não é uma boa sensação, jamais gostaria que você ou qualquer outra pessoa passe por essa situação. Vou perdoa-lo por sua ignorância ou falta de experiência. Quero dizer-lhe que sempre desejei um mundo feliz para todos. Tenha certeza que as vezes os bandidos ferem menos, e pessoas inescrupulosas são piores que bandidos. Fazem muito mais mal.

O mal que te desejo é o mesmo que desejo aos meus filhos. Deus dê felicidades a sua família!  

Comentários { 23 }