O CONSELHO DE CULTURA  PRORROGOU O MANDATO DO COLEGIADO EM FUNÇÃO DA PARALISAÇÃO DA CULTURA PELA COVID-19

O Conselho de Políticas Públicas e Culturais do Município de Valença em reunião do colegiado decidiu prorrogar o mandato por 1,5 (um ano e meio)  por conta do período de paralisação da cultura em função da pandemia. O colegiado na oportunidade, nomeou a Conselheira Irene Dóres como vice-presidente.

A Assembleia resolveu prolongar o mandato, com base nas decisões tomadas em todo Brasil e em todos os conselhos que tiveram suas atuações paralisadas em função dos vários decretos de distanciamento e com amparo na lei que rege o sistema de cultura de Valença, Lei 2.318/2016.

O Conselho de Cultura se encontra com vários projetos culturais não desenvolvidos, por não poder  promover aglomeração, e até porque a prefeitura não conseguiu disponibilizar o dinheiro do fundo de cultura justamente por conta do vírus.

O colegiado atual do Conselho de Cultura tem desenvolvido um trabalho importante na cultura, como revitalização do Teatro Municipal, observação da restauração da Igreja Matriz e da Câmara Municipal,  e proteção da Cadeia Pública para sua  preservação.

Na fiscalização da cultura o Conselho tem atuado junto ao executivo para que se cumpra contratações de artistas locais nos festejos do município e o pagamento dos cachês aos grupos culturais.

Sem comentários.

Deixe um comentário