VEREADOR REGINALDO ARAUJO TENTOU REMEDIAR CASO DOS LIVROS DE R$ 3 MILHÕES, MAS A EMENDA SAIU PIOR DO QUE O SONETO

Vereador Reginaldo Araújo disse que os livros que chegaram à prefeitura não foram adquiridos no período da gestão da professora Albete, “a professora Albete não comprou nenhum livro, não solicitou nenhum livro”, disse.

O vereador também falou que é preciso averiguar isto porque não são livros didáticos e sim paradidáticos, “os livros didáticos são oferecidos pelo governo, e a professora Albete fez correto em não aceitar os livros”, afirmou.

Nós é que precisamos entender essa embolada, se não foi a professora Albete que fez o pedido, então foi a ex-Secretária Lorena Mercês, mas o vereador Cristiano disse que os livros chegaram no dia 22/06 e a emprersa ganhou a licitação no dia 28/06, quando a ex-Secretária já não estava há mais de 4 meses.

Outro detalhe: porque a Secretária Albete não aceitou os livros que já foram pagos, será que vai jogar fora? Afinal de contas foram quase R$ 3 milhões de reais.

O argumento do líder do governo, Reginaldo Araújo, não convence, essa foi a pior forma de subestimar a nós que assisitmos essas Sessões da Câmara. A emenda saiu pior do que o soneto.

Arranja outra, vereador Reginaldo, porque essa não colou.

3 Respostas para VEREADOR REGINALDO ARAUJO TENTOU REMEDIAR CASO DOS LIVROS DE R$ 3 MILHÕES, MAS A EMENDA SAIU PIOR DO QUE O SONETO

  1. Reginaldo Araújo agosto 2, 2022 às 6:59 pm #

    Amigo Pelegrini
    Não houve pagamento dos referidos livros.
    Abraços
    Reginaldo Araújo

  2. Leandro agosto 3, 2022 às 11:14 am #

    A solicitação é feita antes da licitação. Quando a empresa ganhou, o pedido de compra já estava pendente, aguardando a licitação. O processo foi iniciado por Lorena

  3. pelegrini agosto 3, 2022 às 12:31 pm #

    Ah, bom, está faltando são essas informações.

    Obrigado, abraços!

Deixe um comentário