UMA CIDADE ABANDONADA…

Em outrora era mais fácil iluminar o velho prédio da Câmara de Vereadores, que enchia nossos olhos de brilho

Há muito tempo que não tínhamos uma Natal tão pobre em nossa cidade, com tanta omissão, principalmente em relação às decorações das praças e ruas, onde nossas crianças esperam com tanta expectativa para se deliciarem com o colorido das luzes.

Gosto sempre de lembrar uma história em que ouvi do deputado federal Raimundo Costa à época que ele era vereador, Raimundo me disse que alguns alunos de uma escola o procuraram para assinar um tal livro de ouro e ele imaginava que os jovens queriam uma fábula dele.

Raimundo então perguntou quanto eles queriam que ele desse, e os jovens disseram: “qualquer coisa”, mesmo assim ele insistiu na pergunta e os estudantes então resolveram estipular em R$ 20,00.

Raimundo falou que achou o valor tão baixo que deu o equivalente a dez vezes mais a eles, e comentou: “Rapaz, o nosso povo precisa e pede tão pouco e ainda são negados a isso.”

A iluminação da Praça da República cria uma expectativa nas crianças que já se acostumaram a vê-la bonita no Natal

O povo de Valença não quer muito, o povo só quer o que lhe é de direito, estamos há quase um ano de um governo medíocre, debochado, sem reação aos serviços públicos. E ainda estamos calados,

O povo de Valença precisa reagir, não é justo ficar calado e assisitir essa sessão de horrores da adminsitração pública todos os dias, sem ao menos ouvir um “aguarde um momento”.

Quero ver até onde vamos…

Sem comentários.

Deixe um comentário