“ALENCAR DAS COBRAS” PODE NÃO TER FORMAÇÃO TAMPOUCO AUTORIZAÇÃO DO IBAMA PARA RESGATE DE ANIMAIS SILVESTRES

Um assunto está dando o que falar na página do Instragram da Prefeitura de Valença. Depois de divulgar um card sobre um suposto resgatador de animais silvestres, denominado como “Alencar das Cobras”, internautas questionaram sobre a formação profissional do cidadão.

Alegando que, pessoas para fazer esse serviço tem que ser veterinário ou biólogo, possuir um curso de herpetologia, além de ser autorizado pelo IBAMA, disse uma veterinária denominada Nathalie.

Os internautas questionaram à prefeitura sobre a formação do profissional, porém até o momento do fechamento dessa matéria não haviam respondido. Após o descaso da prefeitura, outras pessoas passaram a pedir resposta imediatas ao dono da página.

Essa pode ser mais uma das atrapalhadas do Secretário de Meio Ambiente Marcelo Borges. Da última vez denunciamos aqui que eles estavam transportando um sopão para dar nas comunidades pobres no fundo da carroceria de uma picape que pertence à Secretaria de Meio Ambiente e que também carrega lixo e animais peçonhentos.

Tudo naquela Secretaria é feito dessa forma, eles não fazem nada da forma correta e lícita, estão sempre querendo armengar pra mostrar serviço. Na certa não têm orçamento e passam a imitar pra ganhar destaque, no fim, fica pior.

9 Respostas para “ALENCAR DAS COBRAS” PODE NÃO TER FORMAÇÃO TAMPOUCO AUTORIZAÇÃO DO IBAMA PARA RESGATE DE ANIMAIS SILVESTRES

  1. Sapo setembro 17, 2021 às 6:22 am #

    Vai você blogueiro pegar as cobras!!!

  2. marcio vieira setembro 18, 2021 às 6:56 am #

    Conheçi Alencar fiquei impressionado com sua simplicidade e Educação, um rapaz incrível , o seu trabalho é de um notório saber e curiosidade pelo tema. O homem prova que pode viver com os animais ,ele presta um grande serviço a Secretaria de meio ambiente e a natureza. Aqui em Vença conheci pessoas que trata de abelhas, monta em boi , resgata animais silvestres , eles são essenciais.
    Nas aldeias , quilombos , África, tem os cientistas e pesquisadores que não pisam na floresta sem a sabedoria dessas pessoas .
    Vamos respeitar o trabalho de Alencar , de tantos guias , pescadores e defensores das matas , rios, manguezais .
    Essa biolaga deve pedir desculpas por essa agressão e o blog deve fazer uma matéria Sobre o contraditório.

  3. Bem setembro 19, 2021 às 8:35 am #

    Creio que a prefeitura deveria investir no licenciamento deste profissional. Ele presta um serviço importantíssimo para a cidade, na prevenção, conscientização e ambiental, além de ser uma pessoa do bem e um excelente profissional.

  4. pelegrini setembro 19, 2021 às 5:56 pm #

    Professor Márcio, ninguém aqui está sendo contra as habilidades do Alencar, a veterinária só está protegendo a sua profissão e pra isso está mostrando que o erro que a prefeitura comete destrói os cursos das universidades, senão, poderíamos aínda dar oportunidades aos rábulas, aos protéticose até mesmo aos professores leigos, que existem muitos aí e dão de pau nesses que se formaram nas academias. Mas não é assim, tem que respeitar a hierarquia educacional.

    Aprefeitura só está se aproveitando da habilidade do moço para economizar em sua folha de pagamento.

    Não vamos fazer o contraditório porque não existe contraditório para erros, mas o espaço está franqueado para quem quiser fazer seus comentários.

  5. marcio vieira setembro 19, 2021 às 10:48 pm #

    Obrigado Pelegrini por se pronunciar, mas não sou contra que rabulas , protéticos e professores leigos exerça o direito de atuar e serem reconhecido . Vou lhe dar um exemplo meu pai foi defendido num tribunal por um tabula e ganhou a ação invadiram a rocinha dele, o rábula era pai do prof e Deputado Federal Vardenor , eu fiz meu tratamento dentário com Sr Sisinio Viana que foi por 65 dentista, fui aprender na escola com uma professora leiga essa semana ela completou 10O anos , D Maroca , e nosso Doutorado da UNEB pós crítica tem dois alunos por notório saber . O mundo tem que mudar . Abraços Pelé

  6. pelegrini setembro 20, 2021 às 2:34 pm #

    Entendi professor, só reforcei o saber dos práticos quando admiti que, os rábulas, os protéticos e até mesmo os professores leigos, que existem muitos aí, dão de pau nesses que se formaram nas academias, não os critiquei. O assunto na página da prefeitura é só um alerta aos problemas que acontecem por aí. Pior, eles nem deram importância aos questionamentos dos leitores, por isso eu peguei e publiquei no blog pra dar uma mmaior dimensão ao asunto. Lembrando que, essa é a minha participação nesse assunto.

  7. Francisco setembro 21, 2021 às 8:05 am #

    Excelente intervenção prof. Márcio. Infelizmente os Saberes populares em nossa região estão sendo, cada vez, mais deixados de lado, tais como apanhadores de cobras, capturadores de enxames, rezadores, advinhadores de chuva, etc. Precisamos valorizar isso! Alencar das cobras faz um trabalho belíssimo, e já o fazia, de graça, agora está tendo uma oportunidade de ser remunerado e ter seu saber reconhecido e divulgado, uma valorização necessária a um trabalho tão perigoso. Essa veterinária que expôs sua opinião, deve ser recém formada e não conhece a atividade, que em muitos locais é exercida pelo corpo de bombeiros, que também não tem a formação descrita (se é que se faz necessário), inclusive o instituto Butantã, autoridade na coisa, recebe doação de animais capturados por populares, caso fosse ilegal, eles não receberiam não é mesmo…

  8. Gilmar setembro 22, 2021 às 7:44 pm #

    É incrível, só em Valença mesmo, professor defendendo a falta de estudo, funcionário público cometendo crime ambiental e sendo colocado como vítima. Estudei biologia para nada.

  9. Valenciano setembro 26, 2021 às 4:43 pm #

    Vá você capturar os animais. Bom pegar qualquer cobra ou aranha pra você ver como é simples.

    Se seu problema é criticar a Prefeitura, veja quem você critica.

    Marcelo Borges é um Secretário que trabalha arduamente e Alencar é um anjo na vida de qualquer ser humano. Esse Blog já está ultrapassado por esses tipos de matérias.

    Vergonhoso

Deixe uma resposta