O QUINTO PODER ESTÁ PRÓXIMO

 image

No “Programa Mesa Redonda” deste sábado, apresentado por Dorgival Lemos, que tratou do assunto sobre violência. Estavam lá políticos e também o Tenente Coronel Uzeda, que foi cobrado por uma ouvinte dizendo que o Coronel deveria deixar o gabinete e ir às ruas, agir mais. No momento oportuno ele replicou dizendo o seguinte: “Você não deve me conhecer ou então tem raiva de mim”.

Acho o programa de Dorgival muito bom, porém não concordo que um assunto de extrema delicadeza que afeta toda a população, que é a violência, tenha que ser debatido em aberto. Acho que soluções para esse tipo de situação e com essas pessoas devem ser tomadas a portas fechadas com o intuito de decidir o que fazer. Não devemos alertar os bandidos das soluções que tomaremos. Agora, se convidassem pessoas comuns para debater sobre o que está acontecendo em relação à violência seria diferente, o Coronel poderia ter ficado sem a cobrança da ouvinte, que com certeza não deve ter raiva dele, mas deve ser uma das muitas pessoas que andam revoltadas com o problema de segurança da nossa cidade.

O que vi foi cada um querendo fazer a sua política, dizendo o que fez de bom e o que está errado. Agora é fácil apontar, estando de fora.

Ganhamos esta herança maldita do presídio através de Agenildo Ramalho e do deputado Heraldo Rocha, que logo em seguida Valença passou a ser alvo dos grandes bandidos. Vamos aprender a conviver com a violência ou então partir para longe, porque o que nós sentimos é um verdadeiro fracasso das autoridades de nossa cidade. Se Deus não tiver pena do povo de Valença, vão acabar instalando o 5° poder por aqui.

14 Respostas para O QUINTO PODER ESTÁ PRÓXIMO

  1. maria de fatima fevereiro 28, 2010 às 8:08 am #

    A MENINA QUE FALOU NO RADIO TBÉM ESTA MUITO CERTA, A CIDADE ESTA JOGADA AOS LIXOS,OLHA PELO NUMEROS DE POLICIAS QUE TEM NESTA CIDADE NÃO ERA PARA ACONTECER O QUE ESTA ACONTECENDO, DEVE ESTA ERRADO ALGO NO COMANDO,MEU VOTO É QUE MUDE,O COMANDO É IGUAL A TIME DE FUTEBOL, SE MUDA O TECNICO QUANDO O TIME NÃO RENDE, COLOQUE JOTA ALMEIDA EM SEU LUGAR.

    O POVO DA ZONA RURAL SENTE SAUDADE DE JOTA ALMEIDA,POLICIA TEM QUE TER FIRMEZA, MAIS VEJO ALGUNS POLICIAIS DE VALENÇA SEM FORÇA,SEM VONTADE DE TRABALHAR,APENAS RECEBENDO SEUS SALÁRIOS E ESPERANDO SUA APOSENTADORIA CHEGAR.

  2. DADO DA GRAÇA fevereiro 28, 2010 às 8:17 am #

    porque será que o capitão Uzêda não traz mais a policia valente e retada do sertão,ou dizendo a policia do CACAU,os catingueiros chamados,foi acordos, ou vc queria resolver o poblema de valença sozinho,vc cel.Uzêda anda com 2 policiais te escoltando, mais o povo sofre sem nenhum nos bairros,se a cota de gasolina esta ruim, vamos fazer um bingo,vamos fazer uma vaquinha, vá ao radio e peça a população, vamos todos de valença contribuir,vc vai ter melhorias em seu trabalho e a população de valença mais tranquilas e os bandidos presos.

    DIGA NA FM QUE O DINHEIRO QUE O COMANDO DE VALENÇA ESTA RECEBENDO NÃO DAR, AÍ VAMOS TE AJUDAR E O PREFEITO DEMAGOGO DE VALENÇA ,QUE PODIA TE AJUDAR TOMAR VERGONHA NA CARA JUNTO COM GOVERNADOR VAGAREZA

  3. VISAO POLITICA fevereiro 28, 2010 às 9:34 am #

    E

    Heraldo Rocha diz que venderam um produto que não iam dar

    sexta-feira, 26 fevereiro, 2010 às 17:00 em Entrevista.

    Pura Política – O senhor tem alguma crítica a fazer em relação a meningite meningocócica, sobre porque a vacina não está sendo disponibilizada para a população?

    Heraldo Rocha – Em primeiro lugar quero dizer que sou médico pediatra formado pela Universidade Federal da Bahia em 1968 e me preocupa muito essa grave situação em que o Estado se encontra. A política de saúde do governo do Sr. Jaques Wagner, governo que o povo elegeu no primeiro turno, é uma política que não tem início, nem meio e muito menos fim. A vacina só chegou aqui depois de um clamor de segmentos da sociedade e da imprensa. Mas a coisa ainda está muito séria, porque morre uma criança por dia em decorrência da meningite meningocócica tipo C, que é um tipo de doença muito grave. Se ela for detectada no início pode ser curada, mas infelizmente, muitas vezes, esse diagnóstico é feito tardiamente.

    Pura Política – Qual a sua opinião em relação à distribuição da vacina?

    Heraldo Rocha – É natural que se esteja vacinando as crianças até 5 anos, mas porque não foi feito uma política de prevenção, porque o governo não fez uma trabalho educativo? Foi assim com a dengue, na qual nós somos campeões, coma a leptospirose e agora com a meningite, então ela deixou de ser sazonal, ou seja, ela não é um quadro só dessa época, pois está com índice de mortalidade muito alto, e isso é devido à falta de preparo de uma política pública de prevenção do estado. Inclusive, eu fiquei sabendo através da imprensa que está faltando vacina em alguns postos e isso não é bom, porque quem adquiriu a vacina foi o estado e está sendo aplicada pela prefeitura de Salvador. Eu acho que a situação é muito grave, isso me preocupa como cidadão, como médico e, sobretudo, como representante do povo baiano.

    Pura Política – Eleições 2010: nos bastidores comenta-se a possibilidade de uma possível coligação do ministro Geddel com a chapa do DEM, como estão essas negociações?

    Heraldo Rocha – Essa pergunta só quem pode responder é o ministro Geddel, eu respondo pelo meu grupo político, cujo presidente do meu partido, o Democratas, é um pré-candidato ao governo do estado, que é o Dr. Paulo Souto. Na verdade, a campanha política começou muito cedo, o presidente Lula logo que se reelegeu apresentou sua candidata, a ministra Dilma Roussef. O governador Jaques Wagner nunca desceu do palanque, desde que ele venceu a eleição tem feito composições políticas. O governo dele virou um balcão de negócios, no qual cada partido político tem sua fatia. Eu ouvi um cientista político falar uma vez que quando você vende uma fazenda à porteira está fechada. Então no governo dele, na hora que ele dá a secretaria “A”, ele dá de porteira fechada e isso não é bom para o estado. É por esse motivo que o desempenho das secretarias o ano passado foi péssimo, com exceção da Secretaria de Transportes, as demais não atingiram em 30% sua execução orçamentária.

    Pura Política – E sobre a segurança pública, quais são suas considerações?

    Heraldo Rocha – Na área de segurança pública, estamos vivendo um dos piores momentos que a Bahia já viveu, não adianta o governo colocar as viaturas na Paralela que foram alugadas, terceirizadas cada uma por R$111 mil. Esse governo que tanto criticou a terceirização e a privatização, hoje faz isso também com a segurança. A campanha está ainda por deslanchar, as composições estão sendo feitas e depois da Copa a gente vai ver o Brasil ganhando ou perdendo, vamos ter que disputar essa eleição pela Bahia a fora.

    Pura Política – Como vocês do DEM vêem a possibilidade de um ex-carlista, o senador César Borges, ingressar a disputar na chapa do PT?

    Heraldo Rocha – Olha eu fui Secretário de Estado da Justiça e Direitos Humanos do senador César Borges e sou seu amigo pessoal, mas essa decisão é muito particular. Eu não posso e não tenho o direito de interferir na decisão do senador César Borges. Espero que ele ao tome uma decisão que atenda as suas reivindicações.

    Pura Política – Essa possível ida de César Borges pode dificultar um pouco, já que o PR poderia sinalizar uma coligação com o DEM?

    Heraldo Rocha – Isso nos vamos ver na prática, no desenrolar da campanha. A nossa população vai analisar, se ela quiser repetir o governo que aí está. Eu deixo uma pergunta no ar: a segurança vai bem? 13 mil homicídios em três anos. A saúde: Meningite, leptospirose, dengue, pacientes morrendo nas portas dos hospitais, está bem? E a Educação? Eu há pouco li em um blog da cidade que 600 colégios não foram preparados para o inicio das aulas, e o secretário ainda diz que a matrícula vai até 31 de março. 31 de março e os alunos já entraram em aulas? Veja que incoerência!

    Pura Política – Por favor, deixe uma mensagem para nossos internautas…

    Heraldo Rocha – A população tem que analisar e refletir, pois quando derrotou Paulo Souto nós fomos derrotados. O povo não foi traído, foi enganado, porque venderam um produto que não iam dar. Apresentaram boletos dos policiais militares, diziam que iam dar aumento aos professores, aos policiais civis e outras coisas mais.

    Agora será a hora. Quando começar a campanha de TV, rádio, a campanha oficial, as coisas vão se aclarar. Eu acho que Paulo Souto passa o que o povo quer: ética e credibilidade.

  4. VISAO POLITICA fevereiro 28, 2010 às 9:39 am #

    17 de fevereiro] [Denúncia] Secretaria de Saúde do estado da Bahia é um mar de lamas, Jorge Solla pode estar sendo engolido por ela e se respingar em Wagner já era 2010!

    quinta-feira, 18 fevereiro, 2010 às 13:01 em Denúncia, Destaques.
    O deputado Carlos Gaban (DEM) denunciou que a secretaria de Saúde do Estado (SESAB) está envolvida em contratos sem processos licitatórios no valor de R$ 66,2 milhões e que em sua maioria foram lançados no Diário Oficial do Estado (DOE) durante o periodo do carnaval. “O secretário Jorge Solla não tem o mínimo respeito com o dinheiro público nem com as leis. Porque ele respeitaria a determinação do MP?”, disse Gaban.
    Segundo o parlamentar, contratos na Secretaria de Saúde de Prestação de Serviços “emergenciais”, que são continuação de outros já existentes e duram mais de três anos. “Que urgência é essa? Seria esse o conceito de urgência dele? Se for, talvez explique o porquê de tantos baianos morrerem à espera de atendimento médico, depois que Solla virou secretário de Saúde”, conclui o parlamentar.
    A situação parece gravíssima na Secretaria da Saúde do Estado, então está faltando o que para apurar? O secretário Solla parece não estar nem aí, nem chegando… Pois bem, será que a oposição está fazendo uma tempestade em um copo d’ água?O MP tem que apurar, cair para dentro!

    http://www.purapolitica.com.br eveja mais noticias importantes dos PTCC e demo pfl do pt

  5. VISAO POLITICA fevereiro 28, 2010 às 9:44 am #

    DENÚNCIA: Irmão do Deputado Luiz Argolo é acionado por improbidade administrativa

    sexta-feira, 29 janeiro, 2010 às 14:58 em Denúncia, Destaques, Política.
    “O Ministério Público Federal na Bahia (MPF-BA) propôs ação por improbidade administrativa contra o ex-prefeito do município de Cardeal da Silva, Manoelito Argolo dos Santos Júnior, por má administração de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), entre os anos de 2001 e 2002. Também são acusados o chefe de gabinete do ex-gestor, Hermano de Oliveira Silva, a tesoureira Welane Correia Argolo Luz Pato, a empresa Sebastião de Barros Correia (SBC) e seu sócio Sebastião de Barros Correia.

    As irregularidades foram detectadas por meio de auditorias realizadas pela Controladoria Geral da União (CGU) no município. De acordo com o relatório da auditoria, houve diversas irregularidades na contratação da empresa SBC, pertencente ao tio do ex-prefeito. A empresa foi vencedora em todos os processos licitatórios na modalidade de convites realizados para prestação de serviços de transporte escolar e de locação de veículos. A CGU constatou favorecimento da empresa, fracionamento indevido de despesas e o consequente enquadramento em modalidade licitatória inadequada.

    Os fiscais do órgão detectaram, ainda, que uma parte da verba do Fundef foi transferida irregularmente para a conta bancária destinada ao recebimento de recursos do Fundo de Participação do Município, o que não é permitido. É exigência do Fundef que os valores repassados sejam mantidos em contas bancárias específicas.

    Foram identificados desembolsos irregulares no valor de R$ 91,6 mil. E mais: a prefeitura pagou R$ 11,4 mil a mais na contratação de serviços de locação de cinco veículos destinados ao atendimento das necessidades da Secretaria Municipal de Educação e ao transporte de alunos do ensino municipal. O valor devido era de R$ 9,2 mil, mas a prefeitura pagou R$ 20.6 mil.

    Na ação, o MPF pede a condenação dos envolvidos nas sanções previstas na Lei de improbidade administrativa, que incluem a suspensão dos direitos políticos, o ressarcimento do dano, o pagamento de multa civil e a proibição de contratar com o poder público.

    (Denúncia feita por leitor do Pura Política)

    Imprimir está matéria .|. Enviar para um amigo:

    este cara é irmão do deputado do prefeito de valença, o mais conhecido ramiro armengueiro.

  6. VISAO POLITICA fevereiro 28, 2010 às 7:04 pm #

    se em março a camara de vereadores de valença esquentar!!! sobre os gastos da camara e dos vereadores, venha na SORVETERIA DO PELEGRINE E SE DELICIE DO MAIS GOSTOSO PICOLÉ DE MARACUJÁ, LÁ VC TEM PICOLÉ DE QUALIDADES,SEM MAIS, NEM MENOS DE ECONOMIA, A DOSE CERTA, ALÉM DE VC FICAR DE CABEÇA FRIA, SUA CABEÇA VAI PENSAR MELHOR ANTES DE GASTAR MAL,ANTES DE DORMIR, CHUPE UM DE CREME DE AVEIA E DURMA TRANQUILINHO TRANQUILINHA.

    obs. ESTA DO PTCC não sabia, será que marcelos borges ja se encontra com esta cartilha.

  7. ANTONIO BISPO fevereiro 28, 2010 às 7:14 pm #

    O PREFEITO QUE GOSTA DE TOMAR TUDO E ADMINISTRA MAL, RAMIRO QUEIROZ, NA AUDIENCIA PUBLICA TAVA NUMA BOA, MAIS QUANDO O PRESIDENTE DA FEMAVA E DA ASTRAN, ROMILSON MUNIZ CHEGOU NA CAMARA O TIO RAMIRO LAMBEU OS BERÇOS,FECHOU OS OLHOS E DIZIA ESSE VAI ME PAGAR,COISA FOI QUANDO JAIRO BATISTA ANUNCIOU QUE AS SOMAS ESTAVA ERRADAS,ESTAVA EM INGLES, A MOÇA QUE FAZ PARTE DO POVO DO MINISTRO PRESIDIO, AQUELE QUE CONTROLA TUDO NA PREFEITURA DE VALENÇA, COLOCARAM A MOÇA NUMA ENRRASCADA,PORQUE O TAL PRESIDIO NÃO FOI ANUNCIAR, ESTE CARA SE ESCONDE, É O ARMADOR DE TUDO,GANHA TODAS LICITAÇÕES NA PREFEITURA, CUIDADO ENGENHEIRO DUDUZÃO, E VC MESTRE DE OBRA JADILSON BRAGA.

  8. Marcelo Queiroz Jr. março 1, 2010 às 10:49 am #

    Estimado Pelegrini, hoje acordei e enquanto degustava o meu café, uma manchete no Jornal A Tarde despertou os meus olhos, ainda sonolentos: http://www.atarde.com.br/politica/noticia.jsf?id=1401467 (Governador do DF vai à missa pedir estabilidade). Os santos precisam intecerder no cotidiano político diante de tantos pedidos realizados pela miséria e pela desigualdade social? E os fenômenos naturais, onde todos clamam pela misericordia divina.

    Recordam quando o Presidente Lula disse que descarta cobrar menos impostos e defende carga tributária alta? (http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u669907.shtml) Então, quantos pais de família clamaram pela misericordia divina levando as mãos na cabeça?

    Os Santos pelegrini estão ocupados demais, não concorda?

    Abraços Fraternos e boa semana!

  9. pelegrini março 1, 2010 às 2:04 pm #

    Verdade Marcelo, os santos tem coisas mais importantes para se preocupar que os descaramentos dos políticos. Uma pena que foi Zilda Arns que estava naquela igreja no Haiti quando desabou por conta de um terremoto, nem para ser o Arruda implorando aos seus santos. (Risos).

    Abraço amigo,

    Pelegrini

  10. manoel vitor março 1, 2010 às 3:33 pm #

    Assessoria de Comunicação Social Classificação da Notícia: Criminal

    24/02/2010 18:04:24 Redatora: Maria Alcina Pipolo (MTb / BA 915)

    Audiência pública discute
    problemas do trânsito em Jequié

    A Promotoria de Justiça Regional de Jequié promoveu uma audiência pública para discutir os problemas do trânsito no município (localizado a 358 km de Salvador), em razão do elevado número de acidentes e do descumprimento das normas de trânsito sem que as infrações sejam devidamente coibidas pelos órgãos de fiscalização. A audiência foi realizada na Associação Comercial e Industrial de Jequié na última segunda-feira, dia 22, com a participação de várias autoridades, dentre os quais o controlador-geral do Município, Luciano Sepúlveda, que representou o prefeito Luiz Amaral, vereadores e representantes da Secretaria da Saúde, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, dentre outros órgãos e setores da comunidade. No final da reunião, foi estabelecido um prazo de 15 dias para que o Município apresente ao Ministério Público estadual um cronograma para implementação de medidas ainda no primeiro quadrimestre deste ano, tais como implantação de sinalizações vertical e horizontal nas principais vias da cidade; pintura das faixas de sinalização; instalação e substituição de placas de sinalização vertical; construção de lombadas e de rotatória na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb); implantação de estacionamento exclusivo para mototáxis, informou a coordenadora da Promotoria Regional de Jequié, promotora de Justiça Gilmara Espírito Santo Carvalho Barreto.

    Conforme destacou Gilmara Barreto durante a audiência, apesar de a gestão do trânsito em Jequié encontrar-se municipalizada, a Superintendência Municipal de Trânsito (Sumtran) não dispõe de agentes de trânsito em seu quadro para realizarem a necessária fiscalização. Ela acrescentou que outros fatores que agravam a situação são a deficiência do transporte coletivo, o elevado número de mototaxistas em situação irregular, ausência ou deficiência de sinalizações verticais e horizontais nas principais vias.

    A representante do MP chamou atenção para o elevado e crescente número de acidentes registrados nos últimos anos no município. Segundo dados apresentados pelo diretor do Hospital Geral Prado Valadares, Gilmar Vasconcelos, no ano de 2009, 475 pessoas foram atendidas no hospital em decorrência de acidentes com carros e 1838 em virtude de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas, das quais nove faleceram. Somente em janeiro deste ano, o hospital já atendeu 65 vítimas de acidentes envolvendo carros e 175 de acidentes com motos, dos quais dez faleceram.

    Durante a audiência houve a participação de diversos setores da comunidade que lançaram suas críticas e sugestões. O Município, por meio do superintendente da Sumtran, Edmar Mendes, fez a apresentação do recém-elaborado “Plano Diretor do Trânsito em Jequié” e do plano de medidas que deverão ser adotadas no primeiro quadrimestre.

    ASCOM/MP – Telefones: (71) 3103-6505/ 6502

    PORQUE EM VALENÇA COM 2 MINISTERIO PUBLICO E NADA FUNCIONA, SERÁ QUE VAI DEIXAR UMA PESSOA DE GRANDE INFLUENCIA EM VALENÇA MORRER PARA RESOLVER O POBLEMNA DO TRANSITO DE VALENÇA,NEM A POLICIA MILITAR, NEM O DETRAN E NEM A TAL GUARDA MUNICIPAL QUE um vereador GABA TANTO SE VER AJUDANDO OS VEICULOS, MOTOS E BICICLETAS NA CIDADE MAIS ENCHARCADA E APERTADA DA BAHIA, NEM O ARMENGUEIRO PREFEITO FALA NADA, TBÉM O PREFEITO MORA NA ROÇA.

  11. manoel vitor março 1, 2010 às 3:38 pm #

    Você está aqui: Página Inicial → MPF Notícias → MPF/BA: bancos deverão cumprir Lei dos 15 minutos
    Conheça o MPF Sobre a instituição
    Procurador-Chefe
    Procuradores da República
    Procuradorias da República nos Municípios
    Procuradoria Geral Eleitoral
    Para o Cidadão Transparência
    Concursos
    Sala de Imprensa
    Convênios
    Denuncie
    Doação
    Setores Biblioteca
    Plan-Assiste
    Info
    MPF/BA: bancos deverão cumprir Lei dos 15 minutos
    Os atendimentos deverão ocorrer no máximo em 15 minutos e em até 30 minutos em dia anterior ou posterior a feriados.

    A Justiça Federal acolheu parcialmente ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) e determinou que os bancos localizados na Seção Judiciária da Bahia devem respeitar o prazo máximo de 15 minutos para atendimento dos clientes nos caixas das agências, exceto em dia anterior ou imediatamente posterior a feriados, quando o prazo pode chegar a 30 minutos, sob pena de multa de cinco mil reais em cada ocorrência de descumprimento.

    A Justiça determinou, ainda, que os bancos implantem um sistema de controle por meio de senhas, contendo data e hora da chegada e do início do atendimento, a serem entregues aos usuários em todas as agências bancárias; que afixem pelo menos três cartazes em cada agência ou posto de atendimento explicando a obrigação determinada por lei, sob pena de multa diária de 30 mil reais; e, por fim, que destinem caixa de atendimento preferencial a idosos, gestantes, pessoa acompanhada de criança de colo da família ou pessoa com deficiência, sob pena de multa diária de 20 mil reais.

    A ação foi deferida parcialmente, pois a 10ª Vara da Justiça Federal arbitrou multa diferente do valor sugerido pelo MPF e não acatou o pedido de condenação dos bancos ao pagamento de danos morais difusos. Em 2005, a Justiça já havia concedido tutela antecipada determinando que as instituições financeiras da cidade de Salvador deveriam cumprir imediatamente o disposto na Lei Municipal 5.978/2001 e garantir o limite de espera de 15 minutos em dias normais e de 25 minutos em vésperas e após feriados prolongados. Desta vez, a sentença se estende a todos os bancos situados nos municípios que compõem a Seção Judiciária da Bahia.

    De acordo com a ação do MPF, assinada pelos procuradores da República Sidney Madruga e Cláudio Gusmão, a demora das filas provoca prejuízos físicos, financeiros e emocionais aos consumidores: “o desgaste é ainda maior para gestantes, idosos e pessoas com deficiência, que muitas vezes são submetidos a permanecer fora das agências por impossibilidade física de acomodação”.

    A sentença, publicada em dezembro último, deve ser cumprida pelos seguintes bancos: Banco Central do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil S.A., Banco do Bradesco S.A., Banco Itaú S.A., HSBC S.A., Unibanco S.A., Banco ABN AMRO Real S.A., Banco Alfa de Investimento S.A., Banco Banorte S.A., Banco Cidade S.A., Banco Citibank S.A., Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A., Banco do Nordeste do Brasil S.A., Banco Mercantil do Brasil S.A., Banco Safra S.A., Banco Santader S.A., Banco Sudameris do Brasil S.A., Bankboston Banco Múltiplo S.A.

    Relação de Municípios que compõem a Seção Judiciária da Bahia:Acajutiba, Alagoinhas, Aporá, Araçás, Aramari, Aratuípe, Cachoeira, Camaçari, Candeias, Cardeal da Silva, Catu, Conde, Cruz das Almas, Dias D’Avila, Dom Macedo Costa, Entre Rios, Esplanada, Itanagra, Itaparica, Jaquaripe, Jandaíra, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Muniz Ferreira, Muritiba, Nazaré, Pojuca, Rio Real, Salinas da Margarida, Salvador, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, São Felipe, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passe, Saubara, Simóes Fílho, Vera Cruz.

    Número da ação para consulta processual: 20053300008140-0.

    A CIDADE DE VALENÇA FICANDO SEMPRE ATRAZ, NÃO FOI INCLUIDA NESSA AÇÃO, COISA DOS COMERCIANTES QUE REPRESENTA A CDL E ACV VALENÇA ESTA JOGADA AS TRAÇAS.

  12. manoel vitor março 1, 2010 às 3:44 pm #

    Ex-prefeito responde por prejuízo de mais de R$ 2 mi a ações de Saúde e Educação em Itaberaba (BA)
    Ex-gestor é acusado de malversação de mais de 1,7 milhão de reais de recursos repassados pelo MS e de 322 mil reais pelo MEC.

    O Ministério Público Federal (MPF) em Feira de Santana (BA) ajuizou duas ações por improbidade administrativa contra o ex-prefeito do município de Itaberaba, a 267 quilômetros de Salvador, Jadiel Almeida Mascarenhas, por malversação de mais de 1,7 milhão de reais repassado pelo Ministério da Saúde (MS) e de 322 mil reais pelo Ministério da Educação (Mec) na gestão 2001-2004. Em uma das ações, além do ex-gestor, são acusados também o ex-secretário de Saúde, José Humberto Fernandes Júnior, e as ex-presidentes da Comissão de Licitação, Roseni Ferreira da Silva e Rosy Mayre Mota Silva. Nas ações, ajuizadas em dezembro último, o MPF pediu liminarmente a indisponibilidade dos bens de Mascarenhas, cujo pedido já foi acolhido pela Justiça Federal de Feira de Santana.

    Na Saúde foram prejudicados os Programa Saúde da Família (PSF); de Agentes Comunitários de Saúde (Pacs) e de Assistência Básica (PAB-Fixo). O MPF aponta pagamentos indevidos a servidores que não atuavam em nenhum dos programas e para funcionários fantasmas; fraude em diversos processos licitatórios; utilização de notas fiscais frias e clonadas e não comprovação de despesas executadas com as verbas dos programas. Autora da ação, a procuradora da República Vanessa Gomes Previtera afirma que existiam apenas cinco equipes de PSF completas das 16 fraudulentamente informadas pelo município de Itaberaba no Sistema de Informação de Atenção Básica (Siab/MS) – que abriga, entre outras informações, a composição das equipes de saúde. Nessa ação, além de Mascarenhas, são réus o ex-secretário de Saúde e ex-integrantes da Comissão de Licitações de Itaberaba.

    Fiscalização realizada pela Controladoria Geral da União (CGU), cuja relatório baseia a outra ação contra o ex-gestor, comprovou diversas irregularidades na utilização do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef). Dentre elas, estão o pagamento de servidores não relacionados com a atividade do ensino fundamental, o de docentes que não ministraram aula alguma e desvio de recursos no pagamento de transporte escolar. E mais: no exercício de 2003, o então prefeito autorizou a locação de uma moto CG Titan para servir como meio de transporte escolar e a aquisição de três relógios de ponto digitais, tudo às custas dos recursos do Fundef.

    No entendimento da procuradora, o sentimento de impunidade foi tão disseminado na administração do ex-prefeito, que ele se sentiu livre para fazer o que bem entendesse com os recursos públicos que lhe foram confiados, “pois não é crível imaginar que uma moto possa servir ao transporte de alunos, ainda mais em se tratando de estudantes do ensino

    a cidade de valença se fazer uma vasculha com a policia federal pode dar muito mais,só depende de o vereador jairo e barreto notificar a CGU e a policia federal, ministerio publico federal,ministerio da educação, ministerio da saúde, acho que pode ir a mais de 10.0000.000 é só discar 0800616161 é gratis

  13. observador março 2, 2010 às 2:54 pm #

    Eu nunca vi Coronel comandar companhia, se com uma patente inferior não deu certo (foi um pessimo comandante) ainda mais agora.

  14. tiago setembro 17, 2010 às 8:11 am #

    esse UZEDA é um porcaria… quem está próximo dele sabe que isso aí num vale o pão que come… édifícil combater a criminalidade quendo a polícia tem um cara desses no alto escalão… esse delinquente devia tá era preso…

Deixe uma resposta