DIA DE SANTA LUZIA

Hoje comemoramos o dia de Santa Luzia, protetora dos olhos, tenho grande gratidão por esta Santa, ela já fez um milagre em nossa família.

Santa Luzia, protetora dos olhos, proteja nossas vistas, conserve a luz de nossos olhos para que possamos ver, também os de nossa alma e nossa fé. Santa Luzia nos proteja, amém!

Salve Santa Luzia!

8 Respostas para DIA DE SANTA LUZIA

  1. Mille dezembro 13, 2008 às 9:41 am #

    Salve!
    Senti falta da sua homenagem a N.S.da Conceição, no dia 8 de dezembro! A Padroeira da Bahia!

  2. pelegrini dezembro 13, 2008 às 10:02 am #

    Para: Mille

    Verdade minha amiga, que distração, imperdoavél.
    Desculpe.

  3. Lina dezembro 13, 2008 às 11:31 am #

    Enxergar é uma benção! Que possamos olhar sem vendas, sempre!

  4. Marcinha dezembro 13, 2008 às 11:34 am #

    Espero que vejamos além das aparências, com a alma e com a fé… Que lindo!

  5. Elena dezembro 13, 2008 às 11:36 am #

    Protegei a nossa visão e faça dela o mais isenta possível!

  6. Nana dezembro 13, 2008 às 11:42 am #

    Pelegrini, essa sua homenagem está parecendo a ORAÇÃO da SERENIDADE:

    “Deus, dai-me a serenidade para aceitar as coisas que eu não posso mudar, coragem para mudar as coisas que eu possa, e sabedoria para que eu saiba a diferença…”

    Sua homenagem a Santa Luzia inudou de Paz o blog… Assim como a oração da serenidade! Toda vez que eu rezo, sinto-me em harmonia!

  7. serrinha dezembro 13, 2008 às 1:44 pm #

    enxergo, então creio en santa luzia… esta é uma santinha de luz… santa luzia é meu grande amor.
    ilumina o mundo santinha.

  8. Loura dezembro 14, 2008 às 11:39 am #

    O governo de Mato Grosso Do Sul esqueceu da cota das LOURAS nos concursos públicos, somos discriminadas a décadas e nada de cotas para nós, fica dificil acabar com a ridicularização da classe. Kadu, Alex e Sombr@ vocês que são do PT mim ajudem nessa campanha de cotas para as LOURAS.

    MS é pioneiro em implantar cotas para negros em concursos públicos.

    RODRIGO VARGAS
    da Agência Folha, em Campo Grande

    O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), sancionou uma lei que estabelece cota mínima de 10% para candidatos negros em todos os concursos públicos realizados no Estado.

    A proposta, de autoria do deputado estadual Amarildo Cruz (PT), foi justificada como uma forma de promover a “igualdade de oportunidades no mercado de trabalho”.

    Segundo a Seppir (Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial), vinculada ao Palácio do Planalto e com status de ministério, não há informações sobre medidas dessa natureza em nenhum outro Estado do país. O deputado, porém, comemorou o fato de o Estado ter “saído na frente”.

    “Com essa conquista, Mato Grosso do Sul dá exemplo para o Brasil, um pontapé inicial”, disse o parlamentar.

    Para postular o benefício, o candidato precisará apenas se autodeclarar negro no momento da inscrição. Segundo o deputado, as inscrições neste critério serão, posteriormente, submetidas a comissão, que se encarregará de identificar eventuais tentativas de fraude.

    Questionado sobre como se definiria em uma situação semelhante, o deputado se declarou negro e citou características que determinam tal identificação. “É a cor da pele, o nariz chato, o cabelo. Essas são as definições. É fenótipo. Para discriminar, as pessoas sabem quando o sujeito é negro, mas quando é para beneficiar, surgem essas dificuldades.”

    Na Assembléia Legislativa, o percentual de vagas reservadas inicialmente previsto caiu de 20% para 10%.
    Também foi abolida a possibilidade de cotas nos cargos por nomeação -comissionados. No serviço público estadual, disse o deputado, o percentual de negros é de cerca de 6%.

    Em nota, a Seppir declarou apoiar “iniciativas de municípios e Estados na promoção da igualdade racial”, mas que, por enquanto, ainda não há “uma discussão madura no Governo Federal sobre a aplicação de cotas no mercado de trabalho”.

    *Notícia do jornal Folha de São Paulo, 12/12/08*
    http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u478487.shtml

Deixe um comentário