VEREADORES FAZEM DE CONTA QUE PAGAM A ASSESSORES QUE FAZEM DE CONTA QUE TRABALHAM

image

Tem uma cidade do Baixo-Sul que os vereadores que tem dois assessores fazem um trambique danado. Em alguns gabinetes nem lá o assessor vai, só passa uma vez por mês para assinar o recibo e receber a tetéiazinha que o vereador lhe paga, come uma pontinha e o restasnte o vereador embolsa. Nessa cidade do Baixo-Sul, isso é uma prática corriqueira, sem contar que os vereadores nem devolvem o que sobra do orçamento que lhe repassa a câmara. Interessante como eles conseguem gastar tudo! nem um centavinho volta. Outra coisa nessa cidade tem alguns vereadores que são honestos e não usam dessa prática. Ainda bem que tem honestos.

Bando de ladrões!

12 thoughts on “VEREADORES FAZEM DE CONTA QUE PAGAM A ASSESSORES QUE FAZEM DE CONTA QUE TRABALHAM

  • dezembro 2, 2009 em 4:46 pm
    Permalink

    Eu soube que Ismário é tem dá acessoria aos vereadores, afinal ele tem experiência no assunto… Ganhou o PRÊMIO INTERNACIONAL DE MELHOR ACESSOR DA HISTÓRIA RECENTE…

  • dezembro 2, 2009 em 4:47 pm
    Permalink

    Ai Ismário, fez escola, hem?

  • dezembro 2, 2009 em 7:25 pm
    Permalink

    Fábio, eu já estava sentindo sua falta, mas já vi que você está ligado no blog… rsrsr.

    Abraço e muito obrigado,

    Pelegrini

  • dezembro 2, 2009 em 9:15 pm
    Permalink

    Mansalão do DEM chega a S.Paulo: Kassab pagou R$ 106,9 mi a empresas de esquema do Arruda

    Duas empresas do escândalo do “mensalão do DEM” – a Uni Repro Serviços Tecnológicos Ltda. e a Call Tecnologia – receberam da Prefeitura de São Paulo desde 2006, quando o prefeito Gilberto Kassab (DEM) assumiu o cargo, R$ 106,9 milhões por serviços prestados.

    As companhias são suspeitas de ter alimentado oesquema de propina no governo José Roberto Arruda (DEM), investigado pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora.

    Tanto a Uni Repro como a Call Tecnologia são usadas por integrantes do PPS – que fez parte do governo do Distrito Federal e integra a gestão Kassab – para levantar fundos para o esquema.

    A Call Tecnologia chegou a ser investigada pela CPI do IPTU, na Câmara Municipal de São Paulo. O relator da comissão, Antonio Donato (PT), afirma que, além ouvir um representante da empresa, dois parlamentares da CPI fizeram diligências na sede da empresa por suspeitas de fraude.Leia a matéria completa aqui

    Contrato com governo de SP

    Os governos de São Paulo e Minas Gerais, ambos nas mãos do PSDB, também assinaram contratos com uma das empresas do escândalo. A InfoEducacional tem contratos de R$ 12,8 milhões em São Paulo (2004, 2005 e 2006) e de R$ 6,7 milhões em Minas (2008).

  • dezembro 3, 2009 em 1:41 am
    Permalink

    Dá-lhe Luquinhas com seu CTRL C CTRL V… Alguém lê o que ele recorta e posta?

  • dezembro 4, 2009 em 12:26 pm
    Permalink

    Ismário, assessor???
    Só se for aCessor como escreveram acima. Não encontrei no dicionário Aurélio a palavra ACESSOR (?). O que poderia ser isso?
    Será que é aquele que dá acesso a alguma coisa para alguém?
    Ismarinho, você está com a palavra.
    O que é ACESSOR????????????????

  • dezembro 4, 2009 em 3:16 pm
    Permalink

    Furão, Ismário mandou lhe dizer que acessor é quem acessa a ORTAM e o Garoto Guloso, é quem passei na lancha dele e é também aquele que é elogiado pelo Rorô de Canô!

  • dezembro 4, 2009 em 3:18 pm
    Permalink

    Acessor é quem ganha o PRÊMIO INTERNACIONAL DE MELHOR ACESSOR DA HISTÓRIA RECENTE… Ele, o mega, o hiper, o melhor de todos… Ismário!

  • dezembro 4, 2009 em 5:23 pm
    Permalink

    SERÁ QUE DÁ EM ALGUMA COISA?
    4/dez/2009 . 10:50 | Autor: Davidson
    Repercutiu de maneira contundente na Prefeitura de Itabuna a denúncia feita neste blog, ontem, pelo chefe do Centro de Controle de Zoonoses, Nailton Almeida. Ele, que pediu exoneração do cargo, revelou que havia caixas de paracetamol e mais de meia tonelada de outros medicamentos escondidos no CCZ, com o prazo de validade vencido.

    Nailton Disse ainda que havia recomendação expressa do secretário municipal de Saúde, Antônio Vieira, de que ninguém poderia ver os medicamentos.

    Agora pela manhã, o prefeito José Nilton Azevedo determinou que a Corregedoria do Município, órgão vinculado à Procuradoria, apure responsabilidades pela estocagem indevida do paracetamol.

    A expectativa é de que alguma providência seja tomada, até porque a população já está se cansando da leniência e tolerância do prefeito com os mais diversos absurdos cometidos em sua administração. Aos poucos, Azevedo vai passando a impressão de ser um gestor que não decide, não apita nada no governo.

    Bom lembrar que ser democrático é bem diferente de ser negligente e omisso.

    Postado em Pimenta na Muqueca | Tags: Azevedo, Itabuna, saúde | 17 comentários »

    ENQUANTO EM VALENÇA O VEREADOR JAIRO BATISTA DONO DA DENUNCIA NÃO COLOCOU NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO,ITABUNA COLOCOU EM TODAS INCLUSIVE EM RADIOS E TV,ATÉ AGORA NEM PREFEITO NEM SECRETÁRIO FOI RESPONSABILIZADO,TODOS RINDO DA CARA DO VEREADOR, AINDA DAR TEMPO JAIRO, TODOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO QUER UMA DENUNCIA DESSA, A POLITICA ESTA PERTO, VAMOS COM MAIS URGENCIA, O POVO PAGA E QUER RESULTADO.

  • Pingback: CADÊ OS VINTE E DOIS ASSESSORES?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *