PROTESTANDO SEM RAZÃO

PROMEDICO O compromisso dos médicos brasileiros com a população é tão grande que se dão ao luxo de irem às ruas fazer manifestação, enquanto os seus consultórios estão cheios de enfermos

Ontem, conversando com alguns amigos sobre o boicote que os jalecos brancos (médicos) estão fazendo à vinda de médicos estrangeiros, foi que atentamos para um detalhe importante; um dos meus amigos falou que os médicos não querem a vinda desses estrangeiros, não porque eles estão fazendo o trabalho e os estrangeiros podem tirar-lhes os empregos, mas pelo fato da saúde pública estar mal, porque os médicos não querem enfrentar os postos de saúde (alegando salários baixos e falta de equipamentos) e com isso força o povo a ir às clínicas pagar as caras consultas. Quem ganha com isso são os médicos que recebem o valor dessas consultas, ganhando muito mais do que ser um médico de órgão público.

Está esclarecido o porquê desses burgueses, que foram formados pelas faculdades públicas, estarem insatisfeitos com a vinda dos médicos. Porque com certeza boa parte das pessoas que estavam pagando as consultas caras, irá para os postos de saúde para serem atendidos lá. E com isso, quem perde são eles, os médicos que já estavam acostumados a receber o nosso sacrificado dinheirinho, suado, que deveria estar sendo usado para outros objetivos.

Eu acho isso uma desumanidade o que os médicos fazem com a população, pagamos suas faculdades (pior, que na maioria quem se formou em escola pública foram os filhos de barão) sem necessidade e depois não somos reconhecidos. Até barrar a entrada de médicos que provavelmente irão dar melhores condições de saúde ao povo, eles querem.

Para com isso, senhores médicos, pensem um pouco no povo. Em todo país do mundo a saúde é uma prioridade porque os profissionais da saúde se formam sem pensarem em ser reconhecidos pelo status, mas sim, pelo profissionalismo. Só aqui no Brasil que médico, juiz e políticos querem se sentir semideuses.

Quando falo dos jalecos brancos, falo com algumas exceções, pois sei que tem muitos médicos que fazem além do que devem, temos verdadeiros humanistas que nunca se preocuparam em estar de carro bonito, do ano e mansão ou apartamentos chiques para desfilar na passarela do bisturi que só funciona para os ricos.

4 Respostas para PROTESTANDO SEM RAZÃO

  1. Vixe julho 31, 2013 às 7:41 pm #

    Você, fez um resumo perfeito do que penso e compartilho, médico neste país se sente um “astro de cinema”, como se fossem os profissionais mais importantes da sociedade. A festa tinha ou terá que acabar. Queria saber dos médicos de plantão, qual o padrão e seus gastos com funcionários e outros gastos para manter uma clínica para cobrarem uma consulta tão cara, pois conversando com um colega , o mesmo me relatou que uma dermatologista em Jequié cobra R§ 300,00 por uma simples consulta. ” a farra vai acabar, sanguessugas do povo”.

  2. José agosto 2, 2013 às 4:48 pm #

    Pelegrini,

    Só umas perguntas:
    Pois é, os médicos não são sacerdotes, e por isso a culpa da saúde pública não é deles. Por acaso você já precisou de atendimento médico e foi a uma Unidade Básica de Saúde (famoso posto de saúde) ser atendido e ao chegar lá precisou pegar um remédio de hipertensão que não tinha? Já precisou nessa unidade de um exame de sangue que você fez e chegou um mês depois? Sua família provavelmente é adscrita na Unidade de Saúde do Centro mas você já foi até lá se consultar? Muito provavelmente não e por quê, se lá tem médico?
    Mais perguntas: você já trabalhou em um hospital onde não tinha dipirona para você fazer intramuscular? onde não tinha adrenalina para usar nos pacientes durante a ressuscitação por parada cardíaca? onde não tinha gaze para drenar um abscesso?
    Pois é, falta estrutura sim, o Brasil é o segundo país no mundo com mais escolas de medicina e o problema é estrutura para fixar esses profissionais no interior, e lhes dar condições de exercer a medicina plenamente.
    Para concluir só uma analogia: quando você faz picolés para vender, no preço que pratica, no mínimo você tem que ter uma “fábrica” limpa, com higiene, bons materiais e equipamentos, freezers etc não é? Pois é, com a medicina é assim também, os médicos são profissionais que precisam de condições, de gaze, de exames laboratoriais (muitos exames atualmente são pedidos desnecessariamente porém até os exames de protocolos do ministério da saúde não são feitos em prazo suficiente por causa da falta de, adivinhe, ESTRUTURA), consultórios limpos e agradáveis para trabalhar e receber seus pacientes…
    Resumindo, é isso, se não sabe do que fala fique fazendo seus picolés…

  3. pelegrini agosto 2, 2013 às 6:50 pm #

    José, seu argumento é muito pobre, se for por isso que o sistema de saúde não funciona é muito pouco. E se você por acaso for um médico não vai convencer com esses argumentos. Sobre medicina eu não entendo muito não, graças a Deus tenho saúde e não preciso ficar procurando médicos para me cuidar, mas se for preciso temos nossas reservas para isso, porque sei que o que muitos médicos gostam é de dinheiro, da competência deles só Deus sabe. Pra discutir e debater sobre problemas do Brasil, ninguém precisa ser especialista na área, senão não teríamos médicos políticos empresários e outras coisas mais que se metem.

  4. José agosto 3, 2013 às 1:05 pm #

    Concordo que para discutir e debater sobre problemas do Brasil ninguém precisa ser especialista na área não, PORÉM, deve se informar e saber sobre o que está falando sim. Avaliando riqueza ou pobreza de argumentos, por favor só reflita e releia o seu argumento: falar que médico gosta é de dinheiro e questionar a competência com que embasamento? Nas fofocas cria ou que você ouve? Realmente isso para mim é argumento rico. (Não sei se você consegue entender mas me retiro daqui te ironizando)

Deixe um comentário