AINDA SOBRE A CASTRAÇÃO DE RAMIRO E A JUSTIÇA QUE NÃO AGE.

 

image

Hoje quando ouvia a Rádio Rio Una FM um comentário de Ciro Pimentel com referência à prisão de um cidadão em Salvador flagrado vendendo uma fogueira me chamou a atenção, eu também vi essa reportagem na TV Bahia ontem à noite, e a minha opinião é igual à de Ciro quando pergunta: “E o que fazer com os prefeitos que de forma irresponsável derrubam árvores seculares?”

Ando de saco cheio de tanto denunciar coisas erradas e não ver resultados. Um vereador aqui de Valença desistiu de se candidatar a reeleição porque se cansou de tanto denunciar o ex-prefeito Cláudio Queiroz ao Ministério Público e não vê-lo sequer ser advertido.

O prefeito Ramiro deve ter sido advertido pelo IBAMA, porque eu não acredito que um crime daquele foi dado como banal pelo órgão, mas eu acredito que ele deve estar andando para a advertência do IBAMA que com certeza vai deixar de lado tudo isso. Acho tudo isso culpa da mídia que acompanham os fiscais do IBAMA pra registrar prisões de pessoas humildes que extraem um pouco de madeira pra sobreviver, e o exemplo sirva de alerta para os outros, mas não têm coragem de denunciar prefeitos que cometem crimes ambientais, porque são seus anunciantes, e não querem deixar seus clientes em maus lençóis.

Um elefante obedece ao seu domador porque desconhece a sua força, no dia que o povo descobrir a sua, nenhum anarquista ficará em pé.

12 thoughts on “AINDA SOBRE A CASTRAÇÃO DE RAMIRO E A JUSTIÇA QUE NÃO AGE.

  • junho 23, 2009 em 1:57 pm
    Permalink

    Pelegrini, isso é mesmo vergonhoso… Mas se Ramiro e seu grupo derrubam governo com a conivÊncia/MANIPULAÇÃO da Justiça, o que vc queria?! Se Claudio roba e rouba e ao final, rouba mais e PEGA UMA LANCHA DE 400 MIL e nada lhe acontece, que podemos pensar?! Se Ramiro consegue se candidatar tendo impedimento legal de domínio público e a JUSTIÇA deixa meu amigo, TUDO PODE! O Imperador Nazista Ramiro dá uma banana ao MP, junto com o IBAMA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    QUANTO A ESSE VEREADOR QUE DESITIU DE SE CANDIDATAR NOVAMENTE PQ O MP NÃO APURAVA SUAS DENÚNCIAS, SÓ MESMO RINDO DAS SUAS DESCULÁS, QUE SÃO PATÉTICAS! Recomendo que ele leia a história recente do Brasil e veja como era o dia a dia do legislador em época de ditatura… Seria interessante ele rever seus conceitos, pois o que se diz agora, será lembrado pelo povo…

    POBRE VALENÇA!

  • junho 23, 2009 em 11:01 pm
    Permalink

    Pretty nice post. I just came by your site and wanted to say
    that I’ve really liked browsing your posts. Any way
    I’ll be subscribing to your blog and I hope you write again soon!

  • junho 25, 2009 em 9:35 am
    Permalink

    Sra. Estrangeira, Ramiro tem costas largas e quentes, tem o apoio da Justiça no mais alto escalão, assim como o apoio dos políticos mais corruptos, inclusive de muitas autoridades que conjugam em uma única pessoa seu cargo na Justiça com atos vis e sórdidos na política. Ficarei quieto e não direi mais nada, pois a senhora é estrangeira e eu valenciano, com filhos para criar e ter a Polícia Federal no meu encalço está longe de ser meu sonho.

  • junho 25, 2009 em 11:17 am
    Permalink

    Albuquerque, sei do que está falando, pois o pai de Luca, um amigo nosso recebeu esse relato e eu li. É barbarizante “as armações”… Ramiro e Cláudio, além das outras “AUTORIDADES”, deviam ser banadas da face da terra… Quem sabe não é esse o motivo que Ramiro está construindo o aeroporto INTERGALÁCTICO? Risos!

    Se vc não puder destruí-lo, denúncie e deboche… Inclusive acredito no deboche como uma ferramenta de denúncia muito importante! Muitas vezes é na sátira que as pessoas prestam a atenção e a CENSURA deixa escapar, não é mesmo?

  • junho 26, 2009 em 3:02 pm
    Permalink

    Senhores,

    Se tem um órgão que apura irregularidades não só em Valença como em qualquer canto do país é o MP, seja ele Estadual ou Federal. Agora, se as ações com denúncia encaminhadas ao Judiciário são engavetadas, esquecidas ou, em alguns casos, até perdidas, evaporadas, isto é uma outra coisa.
    Infelizmente temos a cultura de não levar as questões adiante. Imagine que em sua cidade há um Promotor ou delegado de Polícia que apura e encaminha as demandas da sua alçada à justiça. No entanto, no momento em que elas voltarem à tona ele (ou ela)não mais estará na cidade, geralmente o julgamneto só ocorre anos depois – quando acontece.
    Em uma outra situação imagine que um membro do MP apure e encaminhe uma denúncia ao Judiciário e que, simplesmente este membro seja acusado de “perseguir” homens de bem, como nos casos do prefeito de Eunápolis ou das operações “Nêmesis” – que apura uma possível máfia no alto escalão da PM – ou da “Janus” que já caiu no esquecimento, e que apura o provável envolvimento de famosos e “ilibados” advogados e servidores públicos em tráfico de influência e venda de sentenças, quando um magistrado chegou a chamar um promotor de justiça de moleque, por conta da sua investigação. Sem o MP nada disso seria do nosso conhecimento.
    Temos que tomar o cuidado de não misturar atribuições da justiça – ato de julgar – com as atribuições de órgãos que tão-somente podem apurar as denúncias encaminhadas pela sociedade civil.
    Uma solução é começar a pensar em escolher deputados com o compromisso e a capacidade de mudar a legislação que protege criminosos endinheirados e ampliar as competências do MP ao invés de restringí-los, como já se fez em outros Estados. Com certeza o MP incomoda a muitos poderosos.
    Até lá, não confundamos alhos com bugalhos.

  • junho 26, 2009 em 4:32 pm
    Permalink

    Em tempos de muitas MPs, de muitos atos e contas secretas e de perseguições e vinganças dos DEUSES DA JUSTIÇA, que não são nem um pouco secretas, é mesmo pra se ter medo… Os milindres do “DEUS” foram ao extremo e em vez da Polícia Federal gastar seu tempo e e nosso dinheiro fazendo seu trabalho, foi investigar a trilha de quem produziu aquele documento(documento sim, pois tinha aassinatura de Cláudio, o prefeito inconstitucional).

    Albuquerque, todos nós (ao todo 9 amigos) lemos e como futuro jornalista, não há como negar, foi muito bem feito… E COMO SE DIZ NA JUSTIÇA, CONTRA PROVAS, NÃO HÁ ARGUMENTOS!

    Constatamos que tanto o “DEUS” como seus descendentes são intocáveis, não? HAJA GRATIDÃO!

  • junho 26, 2009 em 8:01 pm
    Permalink

    Fabio, gostei da sua colocação, o que nós precisamos é disso, de pessoas que usem o debate no bom tom de quem conhece.

    Abraço,

    Pelegrini.

  • junho 27, 2009 em 8:20 am
    Permalink

    Fábio, você deveria fazer parte do Departamento Jurídico do Blog e se juntar ao Kadu, que ultimamente snda sumido.

    Quanto aos “ILIBADOS” advogados e servidores públicos envolvidos na JANUS, seria interessante também dizer que temos juizes envolvidos, não?

    SUGIRO que semanalmente vc nos dê sua valorosa contribuição no blog distinguindo alhos de bugalhos e pra terminar, vc tem namorada? Por favor não se ofenda com a pergunta, é que aqui temos o correio sentimental, quando Serrinha (censura ou SUPEREGO) permite, o correio acontece, nós poderemos mandar mensagens. Talvez vc queira legalizar “esse despositivo” no blog! Risos!

    Bjs, ou seria melhor “SAUDAÇÕES”?

    Lina

  • junho 29, 2009 em 9:33 am
    Permalink

    Olá Lina,

    Com certeza o blog do Pelegrini é um ótimo espaço para colocar nossas posições naõ só com relação a Valença como a toda a conjuntura nacional da qual somos diretamente afetados. Quanto ao correio sentimental, meu coração é totalmente ocupado por IVANA, minha esposa, sobrinha de Pelegrini e Marivan, tudo em casa.
    Desejo-lhe boa sorte na busca do namorado.

  • junho 29, 2009 em 10:53 am
    Permalink

    Tá vendo ai Lina, parece que todo Pitanga tem sua Tâmara… risos.

  • junho 30, 2009 em 1:46 pm
    Permalink

    Iniciamente quero parabenizar Pelegrini pelo tão bem elaborado Blog.
    Essa estória de que o diretor das emissoras rádio clube e Valença fm, direciona sua programação jornalista, para denunciar as mazelas do prefeito é conversa fiada. Pois, na hora que Ramiro abrir a boca do cofre e soltar o din… din…, ela passará a ser enaltecido pelas respectivas emissoras como um “Semi-deus”. Será que, a sociedade valenciana está esquecida do arranca rabo do diretor e o ex-prefeito Cláudio Queiroz. Bastou o ex-prefeito abrir o cofre, com um contrato milionário e nomear o filho do diretor com secretário de planejamento e a coisa mudou. Afinal são coisa dos hipocritas.
    Abraços, J. Junior – Editor do Jornal Tribuna Regional.

  • junho 30, 2009 em 2:15 pm
    Permalink

    Obrigado J. Junior,
    Seus comentários só enriquecem nossos conhecimentos.

    Abraço,

    Pelegrini.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *