COSTA DO DENDÊ, BA 001 PEDE SOCORRO.

imageQuem sai de Valença com destino a Travessão passam poucas e boas. Começa pela saída de Valença com aqueles quebra-molas insuportáveis, não bastasse o grande numero de buracos.

Quando a gente chega a Taperoá “escarlate” é outro desespero, da entrada até a saída da cidade só se vê buracos, e haja paciência! Depois vem Nilo Peçanha, aquele trecho em frente à agência do Bradesco, quando vem carro grande você tem que esperar o veículo passar, balançando de um lado para o outro, numa lentidão terrível. Depois vem a cidade que gostaria de ser a “vedete da costa do dendê”, mas que continua atrasada pelos maus administradores que já passaram por lá, que é Ituberá, aquela parte da ponte até a saída é um Deus nos acuda, trânsito desordenado, pessoas andando pelo meio da rua, aquela mistura de carros e gente, horrível! Depois da ponte vem a pior parte, que é aquela da ponta do supermercado “Super Bom” até a saída, ali ninguém se entende, pessoas vindo da zona rural, crianças indo e vindo para as escolas, carros tirando fino em gente. Um terror!

Agora sério mesmo é a cidade de Camamu, pelo amor de Deus! De cara, logo na chegada tem oficinas espalhadas por todo canto, carros grandes e pequenos estacionados por toda a avenida, pois não tem galpão pra executarem os serviços, ficam pelo meio da pista. Às vezes tomando toda a rua, e ai você fica pedindo, por favor, para retirarem o veículo dali para você passar.

Quando você chega ao seu destino, ai você diz graças a Deus, terminou? Engano, não se esqueça que tem a volta.

Nessa mudança de prefeitos não vi melhora nenhuma, só garganteiros, assim como o prefeito de Ituberá, que o povo deu uma votação esmagadora, mas até agora nada fez.

Eles não fazem nada nas fachadas, piorou por trás dos cenários.

6 thoughts on “COSTA DO DENDÊ, BA 001 PEDE SOCORRO.

  • maio 14, 2009 em 10:59 am
    Permalink

    Quem sabe com a inauguração da famosa ponte ITACARE-CAMUMU, prometida para agosto, eles olhem para a estrada. Já que umas das idéias da ponte é diminuir a viagem de Ilhéus-Salvador que hoje demorar cerca de 6h pela BR-101 para 3:30h.
    http://www.pimentanamuqueca.com.br/?p=653

  • maio 15, 2009 em 4:53 am
    Permalink

    Estava pensando em fazer um tour no baixo sul, mas diante dessa realidade, acho melhor pegar o CAMINHO DAS ÍNDIAS!

  • maio 15, 2009 em 5:22 am
    Permalink

    É lastimável o estado dessas estradas… Eu vim de Saturno investigar a viabilidade do Aeroporto Intergaláctico em Valença e o meu parecer é desfavorável, pois até os ETs quando estão na Terra, precisam de boas estradas para se locomoverem… Isso é tão óbvio, mas o WAGAREZA BANANÃO, o LULLA MAROLINHA não se dão conta disso… Mas a moçada está de olho vivo… Ano que vem tem eleição e nós vamos dar o troco!

  • junho 4, 2009 em 9:01 pm
    Permalink

    Hi, good post. I have been wondering about this issue,so thanks for posting.

  • janeiro 3, 2013 em 11:08 am
    Permalink

    Pelegrini, estou montando uma documentação pra denunciar aos viajantes, turistas e a toda população que viaja por nossa região, que evite de uma vez por todas passar nessa região do baixo sul, porque o trafego está insuportável.
    Vou mostrar fotos e denunciar que passar por essa região é pedir pra ser assaltado, especialmente porque já tem mais de 130 quebra molas nesse trecho.
    Quem quiser ser assaltado, viaje de Valença-Ba à Travessão ou de de Travessão à Valença-Ba. Este trecho liga a BR 101 no sul da Bahia à Salvador, via Recôncavo baiano, e economiza muitos kilometros sim, mas, não garante que você não será assaltado.
    Só há polícia rodoviária estadual no trevo do Guaibim, mas no restante dos 114 km de Valença à Travessão não há polícia nem pra prestar queixa. Aí o ladrão faz você deitar e rolar pra ele assaltar. Caso você e sua família saia com vida, dê muitas graças a Deus! O desgoverno continua, mesmo mudando o comando das prefeituras dessas cidades, porque eles culpam o governo estadual e o federal, mas, não tomam a iniciativa de tapar nenhum buraco, antes permitem que os próprios moradores façam por conta própria os tais quebra molas para atazanar a vida dos viajantes.
    O correto seria isolar estas cidades e tirar a Ba ou BR de dentro das cidades ou usar radar, mas quebra molas e permissão pra ladrão atacar os que circulam por lá.
    Eu pretendo isolar esse trecho nas minhas próximas viagens e quem vai perder com isso são as cidades que estão nesse trecho, porque vão pender de vender combustível, lanches e tudo mais que se consome numa boa viagem, já que estamos tendo uma péssima viagem.

  • setembro 2, 2013 em 1:17 pm
    Permalink

    passei para ilheus pela estrada e adorei, a ainda falta de progresso. pois o mesmo traz problemas .nao vamos mexer porque pode piorar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *