O CASAMENTO DO ANO, DILMA E LULA

image

O casamento do ano: Lula, e a feiosa da Dilma. Já pensou que castigo para o Lula? Esse falso casamento foi atestado pelo quinto Tabelionato de notas, no comércio, pelo tabelião Agélio José Dórea Vieira e o escrevente José Marcos Lopes Britto.

Receberam R$ 8 reais para autenticar o documento, não conferiram nem o original, já que receberam R$ 7 reais a mais. Alguém fez o documento de propósito para denunciar o tabelião.

image

Fonte: Correio

6 Respostas para O CASAMENTO DO ANO, DILMA E LULA

  1. Doutor Pardal dezembro 18, 2009 às 11:26 am #

    Não é um casamento politicamente correto, mas é um casamento correto politicamente. Afinal, na política, o que o Lula tem feito para promover a Dilma é digno de um noivo cuidadoso e zeloso.
    Agora temos de achar um jeito de casar o titio, de preferência com alguém que more em Azerbaijão. Depois o povo faz uma “vaquinha” e manda ele embora morar com a noivinha, para bem longe.

    PRETENDENTES: procurem o assessor do titio, Sr Wellington, para formalizar o compromisso.
    Obs: quanto mais feia melhor.

  2. Paulo José dezembro 18, 2009 às 1:00 pm #

    Façam a imagem do casamento Homoafetivo do Serra e do Aécio! Coloquem esses dois ai no Planalto que vc´s vão ver o que é marcha ré!… :D

  3. Leo dezembro 18, 2009 às 3:07 pm #

    Paulo, eu soube que vc foi o padrinho do Lulla, verdade?

  4. Eleitor Tolinho dezembro 18, 2009 às 6:14 pm #

    O Aécio já saiu de fininho e agora vai concorrer a uma vaga no Senado Federal, por Minas Gerais.
    Serra está de viagem à Valença e dizem que vai convidar o tio Ramiro para seu vice e Lelo para Secretaria de Assuntos Estratégicos.
    E o Raimundão vai ser o novo cacique na Funai.
    Será que isso vai dar certo?
    Sou tão tolinho.

  5. Chicão dezembro 19, 2009 às 8:02 pm #

    Pesquisa Datafolha a ser publicada na edição de domingo no jornal Folha de São Paulo, traz uma péssima notícia para o governador de S.Paulo, José Serra(PSDB): “Cai diferença entre Serra e Dilma” Segundo a pesquisa, Dilma está com 23%, José Serra, caiu mais um pouco e agora tem 37%.

    A diferença entre Serra e Dilma está agora em 14 pontos. Não se esqueçam que essa diferença já foi de 25 pontos até bem pouco tempo…

    Na mostra anterior do Datafolha, realizada em agosto, a diferença a favor de Serra oscilava entre 19 a 25 pontos. .

    A pesquisa entrevistou 11.429 pessoas entre os dias 14 e 18 últimos. A pesquisa diz ainda que, Serra é conhecido por 93% dos pesquisados, Ciro por 89%, Dilma 80% e Marina 51%.

    O Datafolha vai publicar ainda um recorde na aprovação do Presidente Lula.De acordo com pesquisa realizada entre os dias 14 e 18 da semana passada, 72% dos brasileiros consideram o governo Lula bom ou ótimo, o maior patamar já alcançado pelo Presidente de acordo com o instituto. É também a maior aprovação de um presidente desde que o Datafolha começou a realizar esse tipo de pesquisa, em 1990.

    Ainda de acordo com a pesquisa, 21% dos eleitores acham o governo regular, enquanto 6% consideram-no ruim ou péssimo. A popularidade de Lula é maior no Nordeste, onde tem 81% de aprovação, e mais baixo no Sul, onde aparece com 62%.

    Na pesquisa anterior, 67% consideravam o governo do presidente ótimo ou bom, enquanto 25% o achavam regular e 8%, ruim.Em resumo, o datafolha, da Folha de S.Paulo, partido aliado do PSDB, desmente a Revista IstoÉ, também edição deste sabado,

  6. Chicão dezembro 19, 2009 às 8:12 pm #

    Em reportagem sobre o impacto da decisão do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, de desistir de concorrer à Presidência da República pelo PMDB, a Veja desta semana traz detalhes sobre os bastidores dos desentendimentos entre Lula e o PMDB a partir das declarações do presidente de que o partido deveria apresentar três opções de nomes para vice de sua candidata Dilma Roussef.

    O primeiro deles é que Lula não gosta do deputado federal Michel Temer (SP), candidato a vice escolhido pelo PMDB, e considera que uma chapa formada por ele e Dilma teria pouco apelo eleitoral. O segundo é que o presidente teria “soprado” ao partido preferir três nomes para compor a chapa: o do ministro baiano Geddel Vieira Lima (Integração Nacional) seria um deles.

    Os demais seriam seu colega Hélio Costa (Comunicações) e até o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Irritados com a presunção de Lula de imiscuir-se em questões internas do partido, diz a Veja, peemedebistas mais escaldados passaram a desconfiar que o presidente semeia a discórdia no partido para tentar dominar integralmente a aliança governista.

Deixe um comentário