OS RISCOS QUE OS PRECATÓRIOS DO FUNDEF TRAZEM A VALENÇA

Isolado pelos correligionários, Ricardo tenta encontrar uma luz no fim do túnel com os precatórios

E os R$ 24 milhões dos precatórios, heim!? Agora começou uma confusão da zorra, os professores dizem que são detentores de 60% dessa verba e que o sindicato (APLB) até já chamou o prefeito pra conversar, querem brigar pelo quinhão deles.

A verdade sobre essa verba é desconhecida por enquanto, alguns sites de notícias dizem que o dinheiro não é pra pagar pessoal, mas os professores teimam em dizer ao contrário. Sabemos que virá mais dinheiro e que o prefeito Ricardo Moura já está consultando agentes financeiros para saber o que fazer com esse bolão da “mega-sena”. Alguns dizem que, ele tendo 40% para usar em reformas de escolas e compras de material não terá fins políticos, que é o seu objetivo, se usar de forma correta.

Com isso, o prefeito pode querer fazer obras velozes e se isso acontecer temos que ficar espertos, pois são essas obras que podem gerar superfaturamento. Geralmente essas obras são de “rabo” quando a verba pública não está disponível, como essa está.

Uma coisa é certa, tem muita gente de olho nessa grana sem boas intenções e se não tivermos cuidado ela será usada em benefício só de alguns. Se 60% pertence realmente aos professores, “a César o que é de César”, e a população terá que ficar atenta para ver se a distribuição será feita corretamente porque tem gente esperta que pode dar um zignal nos menos esclarecidos. E é aí que acontece os esquemas.

Não estamos querendo dizer que vai haver desonestidade, mas é possível que possa haver, se não fiscalizarmos. Tem gente ligada ao sindicato que é candidato a vereador, e aí já começa nossas preocupações. Sem contar que, quando se fala de dinheiro, muita gente esquece suas ideologias partidárias e afunda na merda.

Quem menos perde com isso é o prefeito Ricardo Moura, pois não tem mais nada a perder, já está mergulhado na merda até o pescoço, e sua salvação poderia ser uma reeleição para tentar mudar sua imagem, o que é muito difícil de acontecer, pois seus próprios correligionários já o estão abandonando e estão indo a procura de Jairo e Jucélia, que se destacam bem nas pesquisas, com o intuito de continuarem mamando.

6 Respostas para OS RISCOS QUE OS PRECATÓRIOS DO FUNDEF TRAZEM A VALENÇA

  1. Hilton Couceiros janeiro 3, 2020 às 9:21 pm #

    Ricardo tem poucos corregionarios que somam ele tem a máquina administrativa na mão e poderá recuperar sua gestão

  2. Romualdo janeiro 3, 2020 às 11:03 pm #

    Pelegrini,

    O tema precatório do Fundef já está pacificado nos órgãos de controle e nos tribunais superiores: os valores só poderão ser aplicados na manutenção da educação básica, ou seja, obras e reformas de escolas, material escolar, treinamentos. Não há possibilidade de pagamento de remuneração de docentes. Veja mais informacoes aqui: https://portal.tcu.gov.br/biblioteca-digital/decisoes-do-tcu-sobre-precatorios-do-fundef.htm

    Abraço,
    Romualdo

  3. Asantana janeiro 4, 2020 às 9:38 am #

    Caro Pele

    Os precatórios do fundef é fruto de uma ação judicial corrigindo os repasses do governo federal que deixou de pagar os professores concursados e efetivos de 2000 a 2006 , professores de ensino infantil é fundamental que atuou nesta época , não tem direito o professor de creche , servidor da educação, funcionários da educação que atuaram nesse período inclusive diretores vices e coordenadores . No município de Jacaraci BA o prefeito usou esse mesmo fútil argumento inventado pela UPB e perdeu , a justiça decidiu e sorte dele que no período só tinha 104 concursados o resto era tudo contrato , se não houver acordo a Justiça federal bloqueia todos os recurso, até decidir, em Macurure os professores entraram na justiça e o juiz decidiu em sentença “não existe educação sem professores “ que alguns estão espalhando de má fé que por decisão do TCU não pode pagar pessoal isto não procede . No Estado do Ceará o TRF da região decidiu favorável aos professores. Todos os municípios já cumpriram a sentença , o prefeito não pode não pagar os professores se não pagar mais cedo ou mais tarde chegará na PMV três algemas de ouro da Polícia Federal uma pra Ricardo outra pra Gal e outra pra Daniel. Aconselho sentar e pagar um prefeito da região de V da Conquista BA esperneiou que não pagaria quando viu que vai perder as eleições chamou os professores e decidiu pagar e incluiu até os servidores da educação, os professores aceitaram aí e problema deles recebem menos . A APLB precisa de bons advogados e bons especialistas para calcular quanto cada professor tem direito eu calculo por baixo o mínimo 60 mil a 90 mil por professor . Apenas professores concursados e efetivos que atuaram de 2000 a 2006 época do erro é pra quem não sabe o FUNDEF é um fundo para completar a formação e salário do professor e tijolo e cimento não estuda e não ensina nessa história pele o professor é vítima .

  4. Eleitor ligado janeiro 5, 2020 às 4:12 pm #

    Votei em Ricardão por causa de um cristão, mim arrependi amargamente,não é mesmo vice. 😢

  5. Ficou Massa janeiro 7, 2020 às 10:07 am #

    Gostaria que o Blogueiro Pelegrini pudesse usar deste espaço democrático para divulgar a inauguração da Praça das Caçambas, uma obra que ficou muito bonita.

  6. Sacristão janeiro 8, 2020 às 10:59 am #

    Eleitor Ligado, esse Cristão que vc se refere não passa de um sacristão

Deixe uma resposta