Deputados levam debate sobre “fortalecimento da cadeia produtiva do cravo da índia” à Valença

No próximo dia 25, a cidade de Valença será palco de debate sobre o  “fortalecimento da cadeia produtiva do cravo da índia e seus efeitos”. Trata-se de audiência pública promovida pelas comissões de Agricultura e Política Rural e de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, da Assembleia Legislativa da Bahia, proposta pelo deputado estadual, Hildécio Meireles, cujo objetivo é promover o reconhecimento e zoneamento da produção do cravo da índia pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, bem como o seu registro no banco de dados do IBGE.

“O que irá proporcionar melhores condições para o crescimento do cultivo e comercialização de importante produto regional, com o esperado avanço tecnológico, abertura de linha de crédito, dentre outros incentivadores que, até a presente data, não são acessíveis a esta classe, que hoje vem sofrendo impactos na produção”, destacou Meireles, complementando que a escolha por Valença se deu, levando em conta que o território do Baixo Sul, formado por 14 municípios, tem na Agricultura a sua maior vertente de Desenvolvimento Econômico, principalmente a agricultura familiar, com destaque para o cravo da índia.

“O cravo da índia, cultura que embora nativa da parte oriental do planeta, se encontra presente em quase toda região e por décadas representa uma importante atividade econômica para os agricultores familiares, mas vem sofrendo com uma grande mortalidade de suas árvores, o que vem impactando muito a produção local, ocasionando uma situação bastante crítica para os seus produtores”, concluiu, reforçando que : “diante deste cenário, e após diversas solicitações que nos chegam através dos pequenos agricultores, a realização da audiência”.

Uma resposta para Deputados levam debate sobre “fortalecimento da cadeia produtiva do cravo da índia” à Valença

  1. Passos. maio 3, 2017 às 6:03 pm #

    Amigo deputado pergunto: o debate da piaçava que e o ouro de Cairu , Itubera e Nilo Peçanha quando será? A maior cadeia da regiao abandonada, será um caos para estes municipios do baixo sul, onde se concentra maiores áreas de cultivo e extraçao.

Deixe uma resposta