PT AGORA É MARIA-VAI-COM-AS-OUTRAS.

Acho que o PT está entrando numa roubada das grandes. Vejam o que aconteceu em Iramaia aqui na Bahia (Chapada Diamantina): “Uma eleição de prefeito decidida por 34 votos, petistas aliados a ex-pefelistas para derrotar petistas”. Deu pra entender? Não? É só observar o que aconteceu aqui em Valença, não tem diferença nenhuma, os petistas daqui se aliaram aos carlistas pra derrotar um candiudato petista.

Se não for um jogo do PT…  Dá pra chamar Ramiro e pedir pra fechar mais um prostíbulo, é isso mesmo o PT virou uma dama da noite, vai com todo mundo. Aqui em Valença não é diferente, vejam o que aconteceu: Martiniano queria ser candidato a prefeito pelo PT, como perdeu na escolha, não apoiou o outro candidato que era Dr. Osvaldo, tem um membro do PT que se chama Adriano, que apoiou Claudio Queiroz, esse cidadão foi o mesmo que veio aqui na minha porta em 2004 com uma carta da comissão de ética do PT pedindo pra eu me explicar por que na eleição que Dr. Renato ganhou eu votei no Doutor (já que eu era filiado ao partido), assim como eu; estavam Osvaldo do sindicato, e Dr. Alfredo, que tiveram a mesma postura, votamos num candidato de oposição e não de um candidato “carlista”, pois não viamos a chance do candidato do PT (que era Martiniano) ganhar, e nosso apoio só iria enfraquecer a oposição.

Adriano não se aborreça por eu ter citado o seu nome aqui, fiz porque tenho documentos que provam isso, agora te pergunto: alguém do PT foi até voce pra pedir explicações? Pra cassar sua filiação? Pra te por ao ridículo? Não? Então ótimo, sinal de que muita coisa não funciona certo por ai.

Estamos esperando Dilma e Wagner.

10 Respostas para PT AGORA É MARIA-VAI-COM-AS-OUTRAS.

  1. lEON dINIZ dINIZ janeiro 19, 2009 às 11:56 am #

    Cuba e Lula, tudo a ver. Existe candidatos para todos os gostos. O avião Lula continua nas alturas. Os Tucanos já miram nas turbinas petista Dilma, a nova musa do PT. Os Tucanos criaram a releição para deleite de FHC. O PT gostou e tudo vai ficar na mesma. Os Tucanos inventaram o mensalão com o Valérios e as Genís. O PT gostou e deu sequencia à safadeza. Os Tucanos inventaram as mazelas das privatizações de Bancos e entregavam empresas lucrativas para seus amigos. O PT gostou da idéia, privatiza as boas e compra Bancos capenga para ajudar amigos. Para os Tucanos salário do trabalhador era renda e tinha que ser declarado no IR. O PT criticava mas continua taxando o operário que ganha menos de dois mil reais. Os Tucanos inventaram o fator previdenciário para tungar o bolso de quem ousa se aposentar após 35 anos de contribuição. O PT esperneava, dizia que era um assalto, mas mantem a mesma prática delituosa contra o trabalhador. Os Tucanos criaram o cartão corporativo, o PT se lambuzou.
    São tantas as mutretas destas duas almas gêmeas que prometo continuar um outro dia. A briga pela alternância de poder no planalto, é um caso de amor mal resolvido entre os dois partidos enamorados. Basta o PSDB garantir que entra em 2010, e que mantem as mutretas sem investigar nada, assim como o PT o fez por 8 anos, e jurarem de pés juntos que em 2018 deixa o PT voltar, eles se entenderão sem fazer oposição. No Brasil não existe mais oposição. Ideologia? Eles comeram com farinha.

  2. Porto janeiro 19, 2009 às 12:33 pm #

    Que ironia do destino heim Pelegrini? O PT é assim mesmo, esse pessoal é tirado a moralista, mas é tudo um bando de sacana, agora querem ser cononéis, só que no passado, eram os homens ricos que entravam na política pra dominar, agora são esses pés rapados que querem comandar.

  3. Adriano janeiro 19, 2009 às 4:34 pm #

    Pelegrine, sei exatamente os riscos em responder-lhe num meio de comunicação controlado por vc. No entanto, como poetizou Castro Alves, “stamos em pleno mar”…
    Primeiro gostaria q vc esclarecesse sua situação. Conforme documento citado, cujas cópias também possuo, vc solicitou à época sua desfiliação do partido, se não me falha a memória por “seus ideais não convergirem mais com os do Partido”. Com o seu pedido de saída, o processo foi arquivado. No entanto devido à uma irresponsabilidade, para não dizer má fé, da presidência anterior, seu nome não foi retirado das listas, o que permitiu a sua participação no último PED, votando no grupo q tentou a todo custo fraudar as eleições do partido e ganhar no “tapetão” e com o mesmo golpe, fraudou mais uma vez uma ata da convenção dando Osvaldo como vitorioso numa convenção fictícia. Dito isto, esclarece-se então que não é verdade o q vc afirmou acima: martiniano não foi derrotado internamente e sim, desistiu de disputar dado o jogo sujo de mentiras e falcatruas perpetrados por esse grupo. Tínhamos claro q só ganhariamos as eleições contra Ramiro se houvesse UNIDADDE e como esta não houve nem no partido, não adiantava disputá-las. decisão mais uma vez acertada de Martiniano em desistir e empregar energias nas eleições de companheiros vitoriosos e mais coerentes com o partido como Pinheiro em salvador, Toinho em Taperoá e Yoná em camamu.
    No meu caso específico, dada essa situação, solicitei à executiva do Partido o meu afastamento, conforme orientação da Executiva Estadual visto que já tinha expressado que não apoiaria, por razões pessoais, o candidato Osvaldo, fiz tudo conforme prevê o Estatuto do Partido e após um tempo fui convidado para trabalhar profissionalmente na campanha do candidato Cláudio, o que aceitei. Em nenhum momento manifestei-me como representante do partido ou mesmo como filiado ao mesmo, embora, não há como negar a relação é direta, já que tenho anos de militância no partido. No entanto, estava apenas exercendo o meu direito pessoal, sem em nenhum momento envolver a sigla do partido. Até o momento ainda não fui notificado por nenhuma instância do Partido em relaçao à minha ‘conduta’ e solicito que, embora defenda a liberdade de expressão, o senhor regularize a sua situação no partido ou peça a algum filiado que encaminhe a pseudo-denúncia para as instâncias do nosso partido que, se convocado for, não me furtarei à respondê-las. é leviandade especular como o senhor tem feito num blog pessoal tentar achincalhar não só a minha imagem como de demais companheiros e deste partido que com muita luta construímos. Liberdade de expressão sim, mas cada coisa em seu devido lugar
    No mais, saudações socialistas

  4. pelegrini janeiro 20, 2009 às 9:15 am #

    Meu caro Adriano,

    Quando aqui cheguei, no inico dos anos 80, vim para trabalhar no antigo BANEB (Banco do Estado da Bahia), e quando lá desempenhava minha função uma coisa me chamava a atenção; era um cidadão que ia duas a tres vezes por dia ao banco pagar duplicatas, fazer depósitos etc… e esse cidadão carregava enganchado ao seu pescoço um lindo garotinho, não o fato dele carregar um garoto ao pescoço, mas o que mais me chamava a atenção era o carinho que aquele cidadão dispensava àquele garotinho, que tinha uma carinha muito simpática, e demonstrava uma grande satisfação por estar ali com aquela pessoa. Eu não sabia de que se tratava, se era pai com filho, tio com sobrinho ou avô com neto, o fato é que aquilo me deixava muito feliz em ver aquele relacionamento, eu achavo muito bonito tudo aquilo.
    Adriano, quero agradecer por voce ter comentado o meu post, e devo dizer-lhe que pra ter coragem de publicar um post e depois de aceitar um comentário, é preciso ser muito homem, homem com “H” maiúsculo, está ai o seu comentário, “stamos em pleno mar…”
    Não sei como anda minha filiação no PT, mas acho que não sou mais um membro do partido, só sei que pra votar em Lula, Wagner, Dr. Osvaldo, Pinheiro e qualquer outro membro do PT não precisa ser filiado, e isso eu tenho feito sempre em favor dos meus ideais.
    Quanto às irresponsabilidades da outra presidência, que voce quer se referi ao Marcelo Borges e ao seu irmão Marcos Venâncio, acho mais elegante voce se dirigir aos mesmos. Votei no ultimo PED a pedido deles, e se havia algo irregular não fui eu que promovi, e também não tenho culpa se voces não aceitaram o meu pedido de desfiliação.
    Não vou responder sobre o que acusei Martiniano, pois voce não tem procuração dele.
    Agora eu não sabia que voce havia se desligado do partido pra apoiar um candidato “carlista”, porém acho que o afastamento do partido poderia ser com kit completo, e voce poderia também se afastar do cargo que o PT lhe deu no Centro de Cultura.
    Esse termo: liberdade de expressão não está no seu vocabulário, diante de tanta vontade que voce tem em me calar, tenho pena do seu jeito amargo de se dirigir às pessoas caro Adriano, é sinal de que voce não está preparado para o mundo, volte às suas origens e note que o seu passado não foi construido para esmagar ninguém, sei que te dá vontade de processar, botar na cadeia, humilhar… mas o seu passado foi construido pra o bem, te perdou por ser um jovem assim, afinal sua escola de política não é das melhores, seus companheiros foram derrotados todas as vezes que voces fugiram da “unidade”, foi assim quando Dr. Renato se candidatou a prefeito e esmagou Martiniano com 17.000 contra 1.600 votos.
    Leviandade é como diz nosso comentarista, o Porto; é o falso moralismo, é a vontade de ser coronel, de estar no poder com chicote na mão, é a vontade de aparecer, de não respeitar a liberdade de expressão. Aqui em Valença quem poderia desfilar de mauricinho e pose seriam os filhos de Ramiro, de Eddie Lacerda, de Jacy Magalhães e outros ricos que tem por aqui, e no entanto são humildes, não tem arrogância, falam com todo mundo.
    Continuarei aqui exercendo o meu direito de cidadão, lutei por isso. Já ouvi muitas vezes “Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores” (Geraldo Vandré) escondido de repressores, agora não, ouço a vontade, quantas vezes eu queira, votei em Lula pra isso.
    Estarei aqui ao seu dispor, o nosso blog hoje tem uma média de 150 visitas diárias, se precisar do amigo conte comigo.
    Aquele cidadão se tornou meu amigo depois, e aquele garotinho cresceu. Um dia estavámos tomando uma cervejinha e eu relebrei ao meu amigo sobre aquele garotinho que ele carregava no pescoço, e disse-lhe o quanto eu achava bonito o seu gesto com ele, um longo silêncio se fez por parte do meu amigo… “Pelé aquele garotinho que voce via no meu pescoço, que é o meu filho, hoje nem fala comigo”, nunca vi na minha vida um homem chorar de forma tão comovida, deu-me grande pena dele, sem contar que também vieram lágrimas nos meus olhos. Esse meu amigo morreu a pouco tempo.
    Adriano, como posso cobrar de você que me poupe, se nem ao menos o própio pai que da tanto carinho, muitas pessoas não perdoam.
    Saudações

  5. Adriano janeiro 20, 2009 às 3:30 pm #

    “SE É PRA IR PRA LUTA EU VOU/ SE É PRA TA PRESENTE EU TÔ/ POIS NA VIDA DA GENTE, O QUE VALE É O AMOR!”
    Pelegrine, primeiro gostaria de te parabenizar, coisa q não fiz antes, pelo blog e por ter publicado meu comentário. Creio q é assim q os meios de comunicação devem funcionar… dando ao menos a oportunidade dos que são acusados serem ouvidos e colocarem suas posições. não é sempre q isso acontece e eu mesmo já fui vítima de censura em diversos veículos. creio que o debate e as pessoas q participam dele crescem quando são ouvidos os pontos de vistas e diversas opiniões com respeito. No entanto não entendi a sua assertiva quando afirma q é Homem com “H” maiúsculo… a meu ver, esta qualidade independe, somos seres humanos, homens, mulheres… o q ker q seja e num país que luta para superar preconceitos e discriminações não soa bem tal afirmativa. não kero acreditar q tenha partido de vc algum resquicio de preconceito…
    No entanto vc se refere ao meu pai e confesso q emocionou-me ler seu relato. não lembro de sua pessoa no banco, mas lembro-me perfeitamente da imagem q vc descreve, com meu pai caminhei muito por essa cidade não só agachado ao seu pescoço, mas também na sua bicicleta e guardo com carinho esssas lembranças… por problemas q não relatarei aqui, tivemos realmente desentendimentos e passamos realmente um bom tempo sem nos falarmos… no entanto creio q nunca nutrimos ódio um pelo outro. acompanhei todo o seu funeral, cercado de amigos, principalmente meus e poucos dele… por sinal não me lembro da sua presença (espero q não encare isso como arrogancia de minha parte, simplesmente estou constatando) Não posso te tirar o direito de relatar suas opiniões e impressões, nem quero, no entanto axo q vc deveria ter mais cuidado pois não sabe o q realmente aconteceu entre nós enm exporei aqui, talvez um dia, com o tempo, se nos tornarmos amigos, poderá saber e tirar suas próprias conclusões já q não sabe o q aconteceu (ao q me parece até ele mesmo calou diante de sua pergunta – foi realmente algo muito doloroso q talvez só diga respeito a nós, no entanto em nossos corações nos perdoamos e continuamos nos amando).
    Como afirmei, não lembro de vc nessa época, lembro que lhe conheci quando ainda tinha um bar na Praça da República… nesta época embora ainda não votasse, já militava no partido, axo q era 1998, estávamos numa discussão com arizonardo onde ouvi dele q “todo homem tem seu preço”, nesta mesma noite vc disse q já havia se filiado ao PT com Osvaldo mais ainda não havia sido publicada sua filiação… eu mesmo comprometi-me em fazê-la e levei a ficha para q vc mais uma vez se filiasse, fato q ocorreu…
    Em relaçao à Martiniano, é fato, não tenho procuração, assim como imagino q vc também não tenha para falar em nome de Osvaldo. Simplesmente dizemos o q pensamos… Não apoiei nenhum candidato carlista, o carlismo morreu na minha opinião junto com ACM (estava presente em manifestações pela sua cassação, corri da polícia de ACm, assim como vc deve ter corrido da ditadura… e como muitos, vibrei, com a eleição de Wagner, embora também tenha críticas ao seu governo e as faço nos espaços adequados, Wagner representou para a nossa geração a derrocada da “panelinha” e não queremos ela de volta…
    Em nenhum momento ocupei cargo no Centro de Cultura, portanto não há o q entregar… axo q vc deveria xecar as informações antes de publicá-las.
    Espero com isso ter respondido, pelo menos em parte suas declarações, no mais desejo um abraço sincero e q continuemos alimentando o debate respeitoso´. Interessa-me discutir idéias e sempre q puder passarei aki e responderei quando achar necessário. espero q continue sendo publicado, sem ofensas pessoais e leviandades ou informações truncadas. sugiro q leia o texto das “peneiras de Hiran” para entender o q kero dizer (é curto e vc deve axá-lo na internet mesmo, se não é só solicitar q te mando uma cópia). continuarei passando pela rua da sua sorveteria, comprando lá e cumprimentando-o como sempre fiz. Podemos divergir em muitos aspectos, no entanto creio q a cordialidade e o respeito serão suficientes para mantermos nossa relação num nível minimamente respeitável
    Abraços

    Adriano

  6. Lina janeiro 23, 2009 às 9:41 am #

    Pelegrini, o PT é assim mesmo… Não lembra do episódio de Ruy???? Esse Adriano deve ser da turma do Ruy e pra nós, ser da turma do Ruy, é ser igual ou pior que um carlista.

    Meu amigo, sua coerência e lucidez de sair desse partido nos encanta, tenha certeza disso!

  7. Mille janeiro 23, 2009 às 9:43 am #

    Adriano, eu acho que vc é o Ruy… Se não é, com certeza, estudou na mesma escola dele, ou melhor, na cartilha petista empoeirada dele… Que nojo! Está obsoleta e cheia de traças… ATCHIM!

  8. Oliveira janeiro 23, 2009 às 9:49 am #

    Pelegrini,
    De novo essa história de não poder emitir nehuma crítica ao PT? Essa não… Não podemos macular a imagem sacrosanta do PT… Me bata uma garapa! Adriano, vc deve estar com prisão de ventre… Tome um LACTOPURGA e relaxe, meu irmão… Comentário mais sem sentido, pra não dizer ridículo!

  9. FACOM janeiro 23, 2009 às 4:03 pm #

    Pelegrini, nós estamos reconhecendo esse texto do Adriano… Já debatemos com ele lá no mural… Lembra daquela fase que tínhamos um debate acirrado e de baixíssimo nível? Pois é cara… Era com o Adriano, NÃO TEMOS DÚVIDA… Luca tem tudo gravado no note dele… E a gente achando que era o Dário… Acabamos de nos certificar, inclusive com as citações… Cara, é sinistro esse Adriano, kkkkk!
    Merece mesmo ser do PT e também da GANG de Cláudio.

    Adriano, saudações socialistas e também claudistas! Meu irmão, isso é que é acender 2 velas ao diabo! Vai de retoooooooooooo!

  10. Mário janeiro 23, 2009 às 4:13 pm #

    “Ideologia, eu quero um pra viver!” Adriano, pede uma ao Cazuza,já que sua ideologia petista desceu pelo esgoto quando foi foi pro lado de Cláudio…Kakaka!

Deixe uma resposta