“A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR”

Li uma nota de esclarecimento na fanpage de Élice Brunelli, membro do grupo junino “Quadrilha Cultural Esfarrapado” onde ela tenta esclarecer quem foram os apoiadores do grupo. Pelo que eu entendi a Élice tenta mostrar que o apoio que eles receberam foi da prefeitura e do esforço deles mesmo, ressaltando o incentivo do Diretor de Juventude, Chasquiel Vieira. Porém, Élice faz questão de frisar que a Secretaria de Turismo não colaborou ou apoiou o grupo, quando negou as afirmações da Secretária Aline Reis num programa de rádio. Ainda tentando mostrar que a Secretária de Turismo não somava para o grupo Élice escreveu: Em relação a apresentação das Quadrilhas na praça, foi a Secretária de Turismo que solicitou que fosse cortada as apresentações para que as bandas pudessem se apresentar, prejudicando assim as Quadrilhas. Estávamos na praça no horário marcado, mas como a Secretária chegou atrasada não conseguiu nos encontrar (Estávamos no Teatro Municipal). Percebemos que não foi programado nenhum espaço para apresentação das quadrilhas e mais uma vez fomos ao encontro de Chasquiel Vieira, que na mesma hora procurou ajuda da Guarda Municipal (de prontidão nos ajudou) e conseguiram isolar um determinado espaço para as apresentações das Quadrilhas”, desabafou a membro do grupo, demonstrando insatisfação com a Secretária Aline Reis.

O Diretor Chasquiel , usando do espaço no comentário da pubçlicação, demonstroun sensatez e ressaltou que, suas ações dentro da Secretaria de Juventude são autorizadas pela prefeita e que todas as viagens (apoio) feitas à quadrilha foram autorizadas pela prefeitura de Valença.

Seria bom que todas as pessoas tivessem a honestidade que Chasquiel teve de citar a fonte que colaborou com o evento, pois assim não teria acontecido o que aconteceu no Bairro do vereador Fabrício Lemos, quando solicitou da prefeitura que disponibilizasse uma banda para aquele bairro e que no decorrer do evento quando o locutor oficial informava que a banda estava alí por ter sido um incentivo da prefeitura para a realização da festa, um líder comunitário pegou o microfone para desdizer o que o locutor falara. Restava aí ao vereador, desfazer o mal entendido e usar o mesmo caráter do Diretor Chasquiel que não quis ser oportunista e nem se omitir de dar os méritos a quem é de direito.

 

4 Respostas para “A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR”

  1. Anonimo junho 29, 2014 às 5:35 pm #

    Aquela Secretária tá nem aí pro trabalho, Oportunista, nunca se vê ela em evento que envolve cultura e turismo, quiça em seu local de trabalho, tem deixado a desejar e muito…

  2. olhovivo junho 30, 2014 às 9:17 am #

    Kd as câmeras de segurança? Estava ouvindo a radio hoje e o apresentador, lembrou bem…cadê as câmeras de segurança!

  3. Paulo Augusto junho 30, 2014 às 1:19 pm #

    Parabéns pelegrine estive em valença no cefet no encontro da juventude e sentir que realmente o diretor da juventude Sr. Chasquiel Vieira é muito honesto e que estar fazendo tudo o que pode para que a secretaria de juventude de valença seja o exemplo para todas as outras cidade.Hoje a secretaria de juventude de valença em relação a organização só estar perdendo para a de Camaçari pois eles tem secretario.

    Um forte abraço Sr. Chasquiel Vieira que continue trabalhando assim honestamente!

  4. Anonimo julho 4, 2014 às 10:09 am #

    Chasquiel não representa jovem nenhum de Valença, é somente mais uma marionete politica… aliás não passa do filho de RAIMUNDO VIERA por isto está onde está… muitos jovens de Valença repudiam a presença deste rapaz. antes ningupem nem sabia que ele existia.

Deixe uma resposta