Archive | fevereiro, 2010

Juíza sob investigação será rebaixada

 

O Tribunal de Justiça da Bahia puniu nesta quarta a juíza Nadja de Carvalho Esteves, titular da 81ª Vara de Substituições de Salvador, com remoção compulsória. A punição é de dois anos e equivale a um rebaixamento, uma vez que a magistrada será transferida para uma instância inferior. A defesa ainda pode recorrer.

A sentença foi decidida pelo Tribunal Pleno em sessão fechada, já que o processo administrativo disciplinar ao qual Nadja Esteves responde no TJ corre sob sigilo. A magistrada é acusada de venda de sentenças, agenciamento de causas e improbidade administrativa.

A decisão do TJ-BA atende à pressão feita pelo Conselho Nacional de Justiça para que o Judiciário baiano desse uma decisão sobre o caso. Em novembro passado, a conselheira do CNJ, Morgana Richa, determinou um prazo de 90 dias para que que o TJ julgasse o processo.

Denúncias – Nadja de Carvalho Esteves é a mais antiga juíza em atividade. Isso a tornava, desde o ano passado, a primeira da fila entre os concorrentes à vaga de desembargador. Mas sua habilitação ficou suspensa pelo Conselho da Magistratura por conta da existência do processo. Com a decisão de ontem, no entanto, a magistrada fica impedida, pelo menos por dois anos, de concorrer à promoção.

As acusações de práticas de corrupção contra a juíza surgiram no TJ-BA sob forma de dossiê, em 2005.  Os documentos relatam uma série de situações em que a juíza, em conluio com outros colegas, teria supostamente deferido decisões de interesse de seu marido, o juiz aposentado Flávio de Castro Esteves, que atuava como advogado. As suspeitas recaem também sobre a criação de um suposto esquema para venda de sentenças judiciais.

Em outubro do ano passado, com base em um relatório da Controladoria Geral da União (CGU), A TARDE denunciou que o casal de magistrados Nadja e Flávio Esteves movimentou R$ 12 milhões em contas bancárias em quatro anos, entre 2003 e 2007. O valor supera quatro vezes o total declarado por ambos à Receita Federal.

A TARDE não conseguiu falar com a juíza ontem. Seu telefone celular pessoal estava desligado. Pela manhã, Nadja Esteves acompanhou a sessão do Pleno, que correu às portas fechadas, e à tarde não esteve no Juizado Modelo Especial Cível, na Federação, onde está lotada. 

Fonte: A Tarde on line

Comentários { 1 }

O CABO (ELEITORAL) DE CLÁUDIO QUEIROZ

image

Pessoal veja se tem cabimento: o Rodrigo Mário fica enfurecido todas as vezes que falamos algo sobre Cláudio Queiroz e tenta baixar o nível dos nossos debates. A semana passada ele nos enviou uma enxurrada de comentários me ameaçando colocar na justiça, porque segundo ele: chamei-o de analfabeto. Vejam quem ameaça as pessoas de justiça: um cara que coloca um cidadão de bem em suas páginas do pasquim chamando-o de agenciador de mulheres e homens. Olha que ele dá sorte porque só quem lê o seu jornal é um amigo dele, então não vou processá-lo por isso.

Agora o pior de tudo é que esse cidadão que se diz jornalista, escreve mal em suas páginas de jornal e o que deveria servir de base para educação serve como mal exemplo para nossa cultura. Uma pessoa que escreve a palavra você assim: “VOÇE”, pode ter o direito de processar alguém?

Não vou reproduzir os seus comentários aqui porque é realmente de muito mal gosto e nossos leitores não merecem ler aquilo. Agora vou lhe dar uma sugestão aqui: você é até um sujeito engraçado, desenvolve esse seu lado que você vai se dá melhor.

Foto: Portal do Baixo Sul

Comentários { 18 }

PREFEITO AMEAÇA COMER CELULAR DE REPÓRTER

image

Depois que o prefeito engoliu o celular do repórter, ele ligou para o celular e perguntou: como está aí dentro? O celular respondeu: Tá uma m…

Comentários { 13 }

O BLOG VAI BEM, GRAÇAS A VOCÊ

image

Quero agradecer às pessoas que visitam o nosso blog diariamente. E falar da satisfação que tenho em abrir as estatísticas e ver o quanto crescemos nesse período que ele existe. Só para terem uma idéia batemos na segunda-feira com mais de 800 clicks. Sinal de que as pessoas nos dão credibilidade.

Não temos aqui o interesse de falar de pessoas só para ganhar audiência, temos um compromisso com a verdade. Apesar de poucos entenderem o nosso trabalho e ficarem achando que só falamos bem de A ou B o que não é verdade, falamos bem de quem merece ser falado e também criticamos quem deve ser criticado. Existe meia dúzia de indignados que não se sentem bem quando colocamos nossa opinião em relação a um assunto, não tem coragem de entrar e levar o assunto ao debate e mostrar sua opinião, e aí ficam de fora fazendo terrorismo barato, querendo provocar uma situação para cairmos nos seus golpes sujos.

Quero informar que a partir de hoje passaremos a filtrar com mais cuidado os nossos comentários, não será preciso que se identifiquem, podem usar os seus nicks, mas é preciso que usem palavras seguras e de responsabilidade para não prejudicar ao administrador do blog.

Tentam a todo custo nos levar para um debate mesquinho e sem sentido, não vamos participar de baixarias. Estamos aqui tentando fazer algo sério, com responsabilidade, algo que possa ser bom para todos nós.

Vamos continuar com nossa mesma linha, sem dar atenção aos canalhas e vagabundos sujos. Vamos continuar falando bem de quem merece e criticar aos errados, sem ofender pessoas sem usar palavrinhas. Sempre tivemos um bom relacionamento com todos os leitores e comentaristas do blog. Aqui não é obrigado a todos lêem, mas quem faz isso me dá créditos e eu agradeço.

Pelegrini

Comentários { 16 }

Última audiência do caso Lucas Terra poderá ter acareação entre acusados

image

Acontece na próxima quinta-feira, 25, a última audiência de instrução do caso Lucas Terra. Em nota oficial, o Ministério Público da Bahia (MP) afirma que, na audiência, deve haver acareação entre o pastor Silvio Galiza, que confessou o crime e está preso, o bispo Fernando Aparecido da Silva e o pastor Joel Miranda, também acusados, mas livres.

Os advogados de defesa dos acusados querem evitar a acareação. No entanto, o promotor de Justiça David Gallo, responsável pelo caso, manteve o pedido para que a acareação fosse realizada depois de identificar contradições nos depoimentos dos religiosos da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd).

Violência – Em março de 2001, o menino foi violentado sexualmente e, em seguida, assassinado. Seu corpo foi encontrado em um terreno na Avenida Vasco da Gama. Lucas tinha 14 anos quando foi morto e, desde a época do crime, a família do garoto se dedica de modo árduo para que o caso não seja esquecido e os culpados sejam punidos.

Fonte: A Tarde on line

Comentários { 4 }

SERÁ QUE VIATURAS RESOLVE OS PROBLEMAS DE BANDIDAGEM?

image

Conversando com um petista ontem ele me falou que o governo da Bahia vai mandar para Valença três viaturas novas. Ele também me disse que provavelmente aumente o efetivo da Polícia Militar.

Nossos problemas são relacionados também à falta de polícia. Mas estamos muito mais preocupados com o problema social que com a segurança. O governador Wagner alertou sobre a questão do consumo de “crack” na Bahia, que já virou uma epidemia. Mas não acionou nada para tentar amenizar o problema.

Morreu um bandido aqui em Valença envolvido com droga, no dia do seu sepultamento passou por aqui o cortejo fúnebre, onde amigos e familiares do bandido acompanhavam, um cidadão disse que contou pelo menos quatro deles portando pistolas, sem contar outros tipos de arma. A questão do “crack” está relacionada ao uso de armas. Precisamos acabar urgentemente com esse mal. Ou será que mexer com isso agora tira votos?

Comentários { 14 }

BOM FIM DE SEMANA, DESCANSE BASTANTE

image

Não importa em que lugar.

Comentários { 1 }

OS OLHOS VERMELHOS DE CLÁUDIO

image

Uma vez conversando com Ricardo Moura, ele me disse: “Bicho, vai ser sempre assim. Esses caras têm costas largas, vamos ganhar sempre e eles vão nos tomar”.

Não me esqueço do que Antonio Carlos Magalhães fez com Waldir Pires. Está ai o maior exemplo do que é a impunidade nesse país. Fizeram com Waldir… Homem que tinha um pouco de força e conhecimento. ACM contrariou as pesquisas do Brasil todo, deu o senado para Waldeck Ornelas (aquele que veio no comício de Cláduio juntamente com ACM e outros bichos mais), tomou na tora, de Waldir e do povo. Aqui em Valença não foi diferente, Cláudio Queiroz uniu forças do que é mais sujo para ficar com o poder. Será que só mesmo o povo tem que ficar indignado? E quem sofreu a agressão tem que ser cavalheiro educado? Para sair como bom rapaz? Contrariando o que o povo acha? Não acho certo Ricardo ficar tirando fotografias com Cláudio. Esse pessoal tem que ser desprezado e procurar o bando deles. Se prepare, se ele puder aplicar outra vez ele não vai contar conversa.

Será que os olhos vermelhos de Claúdio são um defeito fotográfico, ou será que são assim mesmo? Cuidado Ricardão!

Comentários { 20 }