Archive | Política RSS feed for this section

E SE O DEPUTADO FEDERAL DE RICARDÃO NÃO SE ELEGER?

Até o momento o prefeito Ricardo Moura não se manifestou sobre seu candidato a deputado federal, nós imaginamos porque. O deputado Lúcio Vieira Lima que financiou a candidatura de Ricardo, não vai perdoar o apoio dele por nada, até porque, o deputado federal precisa se reeleger para continuar com seu foro privilegiado, assim evitará de ser preso.

Nas eleições municipais, Ricardão que recebia o apoio financeiro de Lúcio, não fazia questão que ele subisse em seu palanque. Daí começa o dilema de Ricardo, pois ele não queria que Lúcio subisse em seu palanque para não sofrer rejeição dos eleitores. Imagina na hora de pedir votos pra ele!?

Não será fácil para Lúcio se reeleger, assim como todos os deputados que votaram contra o povo. Tanto os que votaram no impeachment de Dilma como os que votaram na reforma trabalhista. Quem aderiu ao golpe terá muita dificuldade de se reeleger, e esse é o grande drama de Ricardão.

Pra Ricardo Moura não será fácil conquistar votos para Lúcio, se for utilizando seu prestígio será um fiasco, desde que assumiu a prefeitura não descansou das porradas do povo. Não cumpriu com o que prometeu, tem um secretariado que não o ajuda, seu departamento financeiro revelou grande dívida na virada do ano, as turbulências são diárias, tanto no âmbito profissional, como familiar.

Porém, tem um detalhe, Lúcio não perdoará caso ele não tenha um bom desempenho na caça ao voto. Todos nós sabemos do drama vivido pela família Vieira Lima após a descoberta de um bunker com R$ 51 milhões de reais, num partamento alugado por Geddel. Geddel preso, enfraqueceu Lúcio, que já tem a mãe envolvida no esquema, e isso o deixa com os nervos à flor da pele, criando a necessidade de se reeleger.

Já imagino ver Lúcio derrotado, e Ricardão pedindo perdão a ele: Bicho, não deu, fiz o que pude, até a uma santinha que penduraram no pescoço de meu cachorrinho eu pedi pra me ajudar. Por todos os santos, e ainda assim não será culpa de Ricardão, o problema é que o golpista não se elegerá. Mas Lúcio não vai querer saber.

Comentários { 0 }

SE MORDAM, MAS NÃO QUEIRAM ATRAPALHAR A VINDA DO CURSO DE MEDICINA

A política realmente é uma coisa dinâmica, observem como ficam os políticos em alvoroço quando acontece alguma conquista, vide a vinda do curso de medicina pra Valença, uma luta do deputado Hildécio Meireles. Claro que depois apareceram outros pais da criança, após o deputado brigar para trazer o curso.

Não é bom a gente citar os nomes desses oportunistas para que eles não tirarem proveito, e depois digam que realmente estavam empenhados em ajudar.

A verdade é uma só, o curso de medicina pode “não estar pra pobre ou preto”, mas, no minímo é uma grande aquisição para o desenvolvimento da cidade. O sonho de todo gestor é trazer divisas, como: industrias, casas comerciais, incentivar o empreendimento local e estimular a agricultura do município.

Portanto, quem quiser que diga que a faculdade de medicina não foi um bom negócio, quem quiser que diga que o bom seria uma faculdade pública, quem quiser também, que faça essa parte. Se conseguir uma faculdade privada é uma novela, imagina uma faculdade pública.

E aqueles contaminados pela síndrome de Hard (aquela hiena baixo astral), que se lamentem, que joguem praga, agora: engulam a zorra do curso. Se fosse tão ruim não teriam tantos oportunistas querendo ser o pai da criança.

Não vamos deixar de reconhecer os méritos do deputado Hildécio Meireles, que de uma forma ou de outra, quando descobriu que Valença pleiteava essa faculdade, entrou na briga e só largou depois de ter conquistado. É privada. Mas deveríamos deixar passar? Com certeza se ele não brigasse, estariam dizendo que, perdemos de adquirir uma faculdade por falta de capacidade do nosso deputado.

Vai entender!

Comentários { 0 }

MEC aprova pedido de Hildécio Meireles e confirma implantação de Faculdade de Medicina em Valença

Deputado Hildécio Meireles foi o articulador de todo o processo para a vinda do curso de medicina

Motivo para comemorar. Nesta terça-feira(20), o Ministério da Educação e Cultura (MEC) publicou no Diário Oficial da União, edital com o resultado do Chamamento Público para a instalação da Faculdade de Medicina em Valença. O deputado estadual, Hildécio Meireles (MDB), autor do pedido, considerou a aprovação como uma grande conquista. “Talvez, a maior conquista dos últimos 50 anos, o tempo vai confirmar isso”, destacou, ressaltando o esforço da Prefeitura de Valença, liderado do prefeito Ricardo Moura e a secretária de Saúde Jeanine Fonseca.

Conforme o deputado, vale frisar ainda que a Faculdade de Medicina trará inúmeros benefícios para Valença e região. “Desde a melhora da qualidade dos serviços de saúde, até a geração de empregos diretos e indiretos, passando pelo aquecimento do mercado imobiliário, do comércio e setor de serviços. E, além de formar médicos, a faculdade será um grande vetor de desenvolvimento para Valença e toda região”, comemorou.

Ao todo, 29 municípios das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste foram contemplados e poderão criar o curso com turmas iniciais limitadas a 50 alunos por semestre.

Na Bahia, além de Valença, foram aprovados cursos de Medicina para Irecê, Porto Seguro e Brumado.

Comentários { 0 }

BRASILEIROS SE DESANIMAM NA BUSCA DO EMPREGO

247 – Dados divulgados nesta manhã pelo IBGE confirmam o estrago do golpe parlamentar provocado pela aliança entre Aécio Neves, Eduardo Cunha e Michel Temer; o total de pessoas em desalento, que desistiram de procurar emprego no Brasil bateu recorde no último trimestre de 2017 e chegou a 4,352 milhões de pessoas; maior concentração de desalentados foi registrada no Nordeste; “A causa disso pode ser o ambiente econômico, que coloca muita gente na rua desempregada e desestimula a procura por emprego”, afirmou o coordenador do IBGE, Cimar Azeredo.

Comentários { 0 }

ACE/CDL: CONVIDA PARA ASSEMBLÉIA EXTRAORDINÁRIA E ORDINÁRIA

Comentários { 0 }

ACE/CDL: CONVIDA PARA NOVA DIRETORIA

Comentários { 0 }

DEPUTADO HILDÉCIO COMEMORA VINDA DO CURSO DE MEDICINA QUE ELE BATALHOU PRA INSTALAR AQUI

O deputado Hildécio Meireles tem muito o que comemorar por esses dias, além de se destacar como o melhor parlamentar da Bahia, ainda consegue ir a Brasília brigar por investimentos pra nossa cidade, assim como: desbloqueando recusros que estavam travados na educação de Valença, criando lei para dar transparência nas regulações e etc, etc… Dessa vez foi a aprovação do curso de medicina que ele brigou para trazer pra nossa cidade.

É isso mesmo Valença agora vai ter uma faculdade de medicina, que poderá estar funcionando ainda este ano. Apesar de ser privada, mas ainda é o lugar que os pobres tem mais chances de passar e fazer o curso. Afinal de contas, a elite pode pagar cursinhos para seus filhos estudarem nas escolas públicas e o pobre tem que trabalhar.

Muita gente pode estar questionando sobre o valor da mensalidade, mas não se esqueçam que tem o Fiés que foi criado no governo do petista, Luís Inácio Lula da Silva, justamente pra isso, pra que o pobre não fique de fora da universidade.

É caro, mas medicina é o curso que qualquer pessoa depois que se forma não terá dificuldades em pagar, pois é uma das profissões mais requisitadas no Brasil. Aqui já importamos médicos de Cuba por falta de material humano. Portanto, pobre ou preto pode ficar tranquilo, concorram a uma vaga e busquem o o seu futuro usando o Fiés.

Mas não esqueçam quem trouxe esse curso foi o deputado estadual Hildécio Meireles, o deputado mais votado de Valença, não poderia escolher uma outra cidade para trazer o curso que não fosse aqui.

Comentários { 9 }

Hildécio Meireles pede que Rui tire obras prometidas do papel e pare de fazer ‘fumaça’

O deputado estadual, Hildécio Meireles (MDB), reforçou em plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, que o governador Rui Costa tire as diversas obras prometidas do papel e pare de ‘fumaça”. Conforme destacou o deputado, muitas são as intervenções anunciadas que podem ser citadas e que a população não teve e nem terá o direito de desfrutar.

“Cadê a duplicação da BR-415 que liga Ilhéus à Itabuna que iria começar em no mês de novembro do ano passado; cadê a ponte Salvador -Itaparica, o Anel Rodoviário de Valença; os oito Hospitais Regionais que seriam construídos ao longo dos quatro anos de governo; as 27 policlínicas, onde apenas cinco ou seis foram entregues e mais nove contratadas para serem construídas esse ano, leia-se, no final da gestão. O que não deixa dúvida de que esse é o governo que vive de fazer fumaça, lamentavelmente enganando os baianos”, pontuou.

Mais além, o deputado desafiou os pares que integram a base do executivo estadual que apresentem apenas cinco grandes obras entregue nesses últimos três anos com verba estadual. “Vamos ter dificuldade de contar e se conseguir contar sou capaz de apostar que obtiveram repasse de recursos federais, recursos esses que são omitidos, a exemplo do que ocorreu na construção da Avenida Mário Sérgio, onde não houve a humildade de se falar que todo recurso foi do Governo Federal e do BNDES, assim como ocorre com o sistema metroviário, que já obteve 75% de verbas federais”, frisou, conclamando por menos propaganda e que mais seja feito para os baianos.

Comentários { 4 }