About pelegrini

Author Archive | pelegrini

HAJA TAXI!

image

Outra coisa que rola na Câmara de vereadores é um projeto de lei apresentado pelo vereador Bertolino de Jesus, que pede aumento no número de taxis da cidade. Segundo as más línguas: o vereador levou esse projeto para a Câmara porque o seu prefeito já havia vendido 110 alvarás, e numa forma de salvar o absurdo cometido pelo prefeito, criou o projeto. Só quero ver se o sindicato dos taxistas de Valença vai aceitar isso. Se um táxi para cada l.000 habitantes já não está dando para sobreviverem! Imagina três para cada l.000? Absurdo!

Eu soube que o prefeito vendeu cada alvará por R$ 550,00. E agora? Como vai ficar tudo isso? Será que ele vai ter que devolver os alvarás?

Agora vê se dá para entender: os postos de saúde sem médicos, se fizer pesquisa vai ver que só existe 1 médico para cada 5.000 habitantes, já os taxis que dá dinheiro para os cofres eles querem aumentar o numero.

Comentários { 8 }

SE FOR BRIGA DE VERDADE A GENTE DESCOBRE AGORA

image

Nesta terça-feira dia 18.05 e na próxima terça-feira dia 25.05, é que vamos saber realmente se a briga de Ramiro com Cláudio Queiroz é pra valer mesmo, ou se é só de mentirinha. Os vereadores começam a votar nas contas do ex-prefeito Cláudio Queiroz, tudo indica que ele não tenha chances de se salvar dessa. Primeiro as irregularidades são muitas, depois a maioria dos vereadores são aliados do prefeito Ramiro Campelo. Toda vida os prefeitos sempre foram salvos pelos vereadores, mas dessa vez acho que o Cláudio pode se dar mal. A não ser que aquela briga foi uma farsa, só para tapear o povo.

O vereador Jairo vai pedir para que o voto seja em aberto, para isso enviará ofício para a presidente da Câmara. Muito bom, porque veremos quem é do lado do povo, do lado do “Tio”, e do lado de Cláudio Queiroz, ou se a briga é uma peça do teatro mambembe dos Queiroz.

Comentários { 0 }

DEBATERAM VIOLÊNCIA NO PROGRAMA “MESA RENDONDA” DA RÁDIO DO “DOUTOR” MARCOS MEDRADO

image

Hoje, sábado, acordei um pouco tarde. Gosto sempre de ouvir o programa “Mesa Redonda” do apresentador Dorgival Lemos, mesmo assim deu para ouvir um pouquinho. Se não me engano falavam da instalação de umas câmeras de segurança pelas ruas de Valença, agora pelo período de festas juninas. Ouvi o Coronel Uzeda falando da epidemia “crack”, o senhor Vidalto, proprietário do Jornal Valença Agora, falava dessas câmeras de segurança que serão instaladas em algumas ruas da cidade. Agora três coisas me chamaram a atenção nessa mesa redonda, uma delas foi quando o senhor Vidalto questionava sobre o porquê os jovens usavam essa droga maldita, imaginava ele que seria buscando algum refúgio ou aventura, esses são os estímulos (no seu ver) que levam esses jovens a usar a droga. Outra coisa foi quando o Coronel falava que trabalhou em uma cidade (que não quis revelar o nome) onde existiam 14 crimes no ano e hoje essa mesma cidade tem o quadro de 2 crimes por dia (se é que não ouvi mal), justamente na hora em que o repórter policial, Roberto Melo entrou no ar e falou que nas últimas oito horas haviam sido cometidos dois crimes, algumas trocas de tiro e uma pessoa baleada aqui em Valença. E a terceira foi quando o Coronel Uzeda se despedia de todos no programa e agradeceu ao “doutor” Marcos Medrado pelo serviço prestado a comunidade de Valença.

Vai lá que o senhor Marcos Medrado (desacreditado da AGERBA), tenha a sua parcela de contribuição à comunidade de Valença através da sua emissora de rádio, mas, chamar o cara de doutor? Li nas informações de deputado da Câmara de Deputados, que o senhor Marcos Medrado é administrador de empresas e radialista. Doutor em que coronel? Em beneficiar aos apadrinhados dele na AGERBA? Em ser chamado de incompetente pela imprensa de Salvador, assim como o BN, e o Jornal da Mídia? Veja o tiro que Roberto Melo deu quando o senhor falava de uma cidade que tem dois crimes por dia e ele entrou no ar para falar que em Valença teve dois num espaço de oito horas.

Agora, em relação ao que o senhor Vidalto falou, do porque do uso da droga “crack” por nossos jovens, eu tenho uma opinião em relação a isso. Senhor Vidalto, um município que se respeita incentiva os jovens a praticarem esportes, criando quadras esportivas, promovendo torneios estudantis, cuida dos seus ginásios de esportes, dos seus centros de cultura, estimula o jovem a escrever, criando programas de incentivo a cultura, não deixa faltar merenda nas creches nem nas escolas, dá ruas limpinhas com infra-estrutura e vida digna ao povo mais carente. Ser gestor é usar a função como um sacerdócio, quem entra deveria fazer juramento para esquecer o seu lado e se dedicar ao bem estar do povo. Mas tudo hoje em dia é ao contrário, os gestores municipais roubam da forma mais descarada que se possa ser, esvaziam os cofres públicos em favor do seu bem estar e o povo que se lasque. E depois senhor Vidalto, ainda pagam pessoas para falar bem deles em emissoras de rádio, em jornais e outros veículos de comunicação. No dia em que tomarmos vergonha na cara e pararmos para cobrar mais desses bandidos, nosso país será outro, e aí então não correremos mais o risco de falar que os jovens usam drogas só por curiosidade e aventuras. Usam por falta de atividades, usam porque o dinheiro que deveria fazer o bem a eles vai para o bolso dos corruptos, gerando um mal para a sociedade.

Nossa cidade não precisa de câmeras, precisa de homens limpos, precisa de bom-senso, precisa de pessoas com bom caráter. Quem irá arriscar a vida para saber se essas câmeras irão funcionar ou não? Qual a segurança que elas irão trazer para evitar que os bandidos deixem de assaltar transeuntes? Bandido coloca boné na cara e ninguém reconhece, a policia desequipada não chegara a tempo de evitar ou pegar o bandido. Mais uma vez, não precisamos de câmeras. Precisamos de homens de bom caráter.

Comentários { 25 }

PROFESSOR FRANCISCO NETO ESCREVE ARTIGO PARA REVISTA DE CIRCULAÇÃO NACIONAL

imageVejam só que boa surpresa! A revista “Leituras da História”, na sua edição de número 29, publicou um artigo do Professor Francisco Neto Aguiar, onde ele fala sobre índios que: “habitavam as paragens de nosso país antes antes da chegada dos portugueses”.

Que bom saber que pessoas de nossa terra tem destaques em revistas de circulação nacional, mostram que sabem e entendem de Brasil. Isso sim, faz diferença, pessoas que nos ajudam a entender melhor a história, pessoas que constroem com sabedoria.

Outro dia o professor deu uma aula de história geral, aqui na porta da sorveteria, mostrou que sabe e gosta do assunto.

Parabéns Neto! Seu artigo está muito bom.

Comentários { 3 }

ASSESSORA DO DEPUTADO RAIMUNDO VELOSO VISITA VEREADOR JAIRO

nice freitas 003

A nobre Assessora do Deputado Federal Raimundo Veloso (PMDB-BA), senhora Eliene Rocha, veio a Valença visitar o Vereador Jairo Baptista, esteve em seu gabinete e conversaram bastante. Depois a Assessora deu uma passadinha em nossa sorveteria para conhecer nossos produtos e conversar com os amigos. Eliene Rocha é uma pessoa muito simpática e agradável, prometeu retornar a Valença e nos visitar novamente.

nice freitas 004A assessora foi muito simpática com todos. 

Comentários { 4 }

VALENÇA: UMA CIDADE SEM RUMOS

image

Meus amigos há muito tempo venho falando sobre o descaso do prefeito, para com nossa cidade.. Quem anda por Valença de dia, não conhece Valença à noite, é preciso que possamos avaliar em que período a cidade é pior: se de dia ou de noite. Ando por todos os cantos, não existe lugar melhor que outro, poderia até dizer: não está trabalhando no centro, mas em compensação faz na periferia, não faz nada em lugar nenhum. Não existe nada de interessante em nossa cidade. As ruas estão sujas, os canteiros cheios de matos, animais desfilam em plena luz do dia, tratores e besouros arrecadam os entulhos atrapalhando o trânsito com sua morosidade, caminhões desfilam com montanhas de pacotes de lixo levando risco a vida de trabalhadores, os buracos já são uma constante em nossas vidas, o trânsito na cidade está quase parado. Uma lástima, um descaso total desse prefeito imoral, sem pudor, sem vergonha na cara, que goza com a cara do povo, porque encontra apoio de meia dúzia de pessoas que são iguais a ele.

Será que as pessoas ainda pensam em votar nesse prefeito daqui a quatro anos? Ou até mesmo nos candidatos que ele apresente: governador, deputados e senadores? Esse povo de Valença ainda merece um prêmio, por não se rebelar contra esse tipo no governo municipal, que usa a chacota como seu principal instrumento de trabalho.

A criminalidade tomou conta das ruas, já adotamos o toque de recolher, pedimos proteção a Deus por nossos filhos que estudam a noite. Uma vergonha o que os bandidos fazem à luz do dia, crimes e mais crimes.

Chega de loucos, depravados e inconseqüentes na nossa política. Vamos tomar vergonha na cara e dar o troco a esses vândalos dos cofres públicos, que sem rumo e sem direção destroem o nosso patrimônio.

Vamos dar o troco agora nessas eleições, vamos votar em quem tem vergonha na cara e não fica desmoralizando pessoas. Não esqueçam o velho ditado: “Quem com porcos se misturam, farelos comem”, ou seja: quem Ramiro apóia é igual a ele. Assim devem ser os candidatos que ele apóia, gozadores, empregam mal o dinheiro público etc…

Comentários { 24 }

PROFESSOR NETO SOBRE CRIMES DE CONQUISTA: “HOUVE UMA POLÍTICA DE GENERALIZAÇÃO CONTRA A COPORAÇÃO”

Prezados amigos leitores

Estou terminando meu curso de Direito na Faculdade Fainor em Vitoria da Conquista e estou acompanhando o caso em que a Força Tarefa apura o envolvimento de Policiais Militares na morte de 11 pessoas e agora a investigação sobre ao “Atentado” sofrido pela promotora Genisia Oliveira, onde é valido ressaltar que na cidade todos já sabem que os supostos tiros dados no carro da promotora não foram ratificados pela pericia técnica.Onde o marido da mesma, levou o carro para consertar sem ter feito de imediato a comunicação na policia judiciaria, tornando o local desta forma inidôneo para pericia.

E conhecedora das normas jurídicas como é a nobre promotora sabia qual era o procedimento Legal a ser adotado.A pericia a principio informa que se trata de marcas no pára-choque de uma eventual colisão.

Segundo Valmar Hupsel Filho | A TARDE O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Vitória da Conquista não encontrou projétil nem vestígios de disparos no veículo do marido da promotora Genísia Oliveira.

“Até o momento, não podemos afirmar que o veículo foi alvo de um atentado”, informou um graduado policial (Perito) que participou da perícia e pediu para não ser identificado.

Segundo ele,um pedaço do para-choque do veículo foi retirado e está em poder da promotora para ser utilizado como prova. “Ela não quis ser ouvida hoje. Aguardamos sua presença e que ela nos traga o material para análise”, disse.

Em Gravação o citado policial informou ainda que foram analisadas as câmeras de segurança de um supermercado localizado em frente ao local onde teriam acontecido os disparos, na Avenida Rosa Cruz, por volta das 23h30. O local e hora são indicados como os do suposto atentado. “Vemos o veículo passando, mas sem moto por perto”, disse. FONTE: http://www.blogdoanderson.com/v2/?p=15602#more-15602

O próprio Secretario de Segurança Publica Dr.Cesar Nunes refutou a afirmação de atentado contra o membro do Orgão do Ministério Publico:

“O secretário de Segurança Pública do estado falou sobre o caso. ‘Até agora, não há nenhuma evidência concreta, nenhuma evidência firme de que ela esteja sofrendo ameaças. Determinamos de imediato que ela fosse ouvida, que fossem ouvidas as testemunhas desse suposto atentado. O carro não tem marca de bala nenhuma. As diligências estão sendo realizadas também pela Polícia Civil de Conquista’, afirmou o secretário de Segurança.

A promotora Genísia Oliveira contestou as declarações do secretário e apresentou o para-choque do carro com as marcas dos tiros. ‘Ele foi incauto quando ele disse que a perícia do meu veículo não constatou nenhum tiro. O tiro não foi no veículo, foi na lataria do carro e essa retirada foi feita do veículo porque logo depois dos tiros meu marido bateu o carro, em virtude do susto que ele tomou. Para cautelar provas, nós tiramos a parte desse material da lataria do veículo, que está aqui conosco. Portanto, os dois tiros estão aí. Se foi atentado, se foi tentativa de assalto ou se foi uma brincadeira, eu não sei’, afirma a promotora.

O secretário de Segurança Pública César Nunes disse hoje, por telefone, que vai esperar pelas provas que a promotora vai apresentar para voltar a falar sobre o assunto.O procurador geral do estado, Wellington Lima e Silva, disse que também vai esperar a conclusão dos laudos da perícia técnica para voltar a falar sobre o assunto. FONTE: http://www.blogdoanderson.com/v2/?p=15575#more-15575

Nesta ultima afirmação da promotora podemos perceber que a mesma não sabe se foi uma brincadeira, uma tentativa de assalto ou atentado,ou seja não tem certeza do fato, e por isso mesmo não poderia afirmar anteriormente que foi atentado por parte dos policiais ou que teria ligação direta com o caso em que figurava como chefe da força tarefa que apurava crimes cometidos por policiais.

Este fato de supervalorização da Ilustre promotora de Justiça causou revolta na sociedade de V.da Conquista,visto que em comentários na cidade é que se a mesma tivesse sofrido um atentado por parte de policiais não iria ser de um calibre pequeno (32) declarado pela mesma e muito menos os supostos autores iriam errar o alvo,além do mais metralhariam o veiculo e não apenas dariam 2 tiros.

Um outro o fato que repercutiu mal foi o tipo e forma de escolta policial vinda da capital do Estado digna de cenas cinematográfica Hollywoodiana, pois para conduzir 08 policiais Militares que se encontravam já detidos no Batalhão, não havia a necessidade de uma escolta armada com mais de 20 viaturas, com as sirenes ligadas,Giroflex,faróis, amedrontando toda a cidade e engarrafando o transito da BR-116-Rio Bahia.Parecia filme Americano.

Mas como sabemos tinha que se fazer algo para dar o que falar, ou seja o governo do Estado tinha que dar uma satisfação a sociedade e a pressão da imprensa, afinal é ano de Eleição. Não sou contra a apuração dos fatos e punição dos responsáveis pelos crimes praticados,visto que o Direito a vida é um dos princípios precípuos cominados em nossa Constituição Federal, e quem cometeu os crimes devem ser punidos, contudo fazer disto um CIRCO é no mínimo engraçado para não dizer triste.

Outro fato interessante é que existe também um outro promotor de justiça que fazia parte da Força Tarefa na apuração desses crimes, Dr.Marcelo Pinto e que agora assumiu a titularidade do caso em Vitoria da Conquista e o mesmo não sofrera nenhum constrangimento nem ameaças e olhe que este ultimo membro do MP é muito mais popular ,ou seja anda pelas ruas, vive normalmente do que a citada promotora.

Bom, veremos agora o que acontecerá ,pois Vitoria da Conquista está a toa, pois a violência aumenta a cada dia, roubos, arrombamentos, homicídios e a policia está desmoralizada e desestimulada, pois houve uma politica de generalização contra a corporação.

Comentários { 4 }

CANCELADA TRANSFERÊNCIA DO T. NÁUTICO PARA A AGERBA

Mais uma trapalhado de Marcos Medrado desfeita pelo governador Wagner. Vejam relato do Jornal da Mídia.

Wagner manda cancelar transferência do T. Náutico para a Agerba

A sucessão de fatos negativos para o governo causados pela atual diretoria da Agerba está tirando o governador Jaques Wagner do sério. Já se fala nos bastidores que um diretor da autarquia pode cair. O JM está de olho.

A transferência do Terminal Náutico para a Agerba foi cancelada por decisão do governador Jaques Wagner. Alertado por uma matéria publicada no JORNAL DA MÍDIA, segunda a qual a Agerba iria transferir o patrimônio público para uma empresa em "caráter emergencial", o governador determinou que a Sudesb, responsável pela administração do terminal, cancelasse imediatamente o termo de cessão do equipamento para a Agerba, cujo diretor, Renato José, já tinha até antecipado, de forma açodada e sem consultar a cúpula do governo, que iria entregar o terminal a uma empresa privada.
A portaria que cancela a cessão do terminal à Agerba foi publicada no Diário Oficial de terça-feira, dia 11 . Ela tem o número 068/2010 e é assinada por Raimundo Nonato, o Bobô, superintendente da Sudesb. Confira abaixo:

Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia – SUDESB

PORTARIA N° 068/2010 – O DIRETOR GERAL DA SUPERINTENDÊNCIA DOS DESPORTOS DO ESTADO DA BAHIA – SUDESB, no uso de suas atribuições RESOLVE:Revogar o Termo de Cessão de Uso nº 05/2010, firmado entre a SUDESB e a AGERBA – Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia, com fundamento nas razões expostas no Parecer AH nº 109/2010, exarado no Processo Administrativo nº 1602090017164. Salvador, 10 de maio de 2010.Raimundo Nonato Tavares da Silva, Diretor Geral.

Com que cara agora vai ficar o diretor-executivo da Agerba, Renato José, o afilhado de Marcos Medrado? Com que cara? Tome sua porradinha (mais uma) e fique quieto e bem caladinho. Você é muito fraquinho para contestar e brigar com o JORNAL DA MÍDIA. Aprenda e deixe de falar bobagens e de divulgar esses releases malucos para a imprensa. E seus marqueteiros também. São fraquinhos e superados, todos eles. Nem com curso intensivo de capacitação vão poder acompanhar a evolução da mídia. Talvez sirvam para a rádia do titio Medrado.
Entenda o Caso – No dia 1º de Maio, em pleno feriado do Dia do Trabalhador, a Sudesb – Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia publicou no Diário Oficial do Estado uma estranha resolução, na qual transferia para a Agerba – Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia, o terminal Turístico Náutico da Bahia.
No dia 5 de abril, o JORNAL DA MÍDIA, único veículo de comunicação da Bahia a divulgar o assunto, publicou a matéria com o título Agerba e Sudesb ”armam” para acabar com as lanchas. No artigo, o JM chamava a atenção do governador Jaques Wagner para o verdadeiro objetivo do jogo Sudesb-Agerba, que era a transferência posterior do terminal para uma empresa privada, em prejuízo dos usuários das lanchas Salvador-Mar Grande e para os operadores de agências de turismo.
A Agerba, autarquia da Secretaria de Infra-Estrutura totalmente desgastada e envolta em escândalos, anunciou que iria transferir o terminal para uma empresa privada, sem licitação pública. A traneferência seria em "caráter emergencial", através de carta-convite.
O JORNAL DA MÍDIA voltou a denunciar o fato e mais uma vez alertor o governador Jaques Wagner para a gravidade da situação. Na última terça-feira (11), Wagner já tinha deixado transparecer sua posição contrária à transferência do equipamento para a Agerba. O governador sinalizou que só com licitação pública, posteriormente, poderia o Estado passar o equipamento adiante. Mas uma licitação real, com base na lei, sem vícios, e não a "entrega emergencial" do equipamento, como a Agerba estava tentando fazer.
Ontem, aliás, o prefeito de Vera Cruz, Antonio Magno (PT) , esteve com Cezar Lisboa, secretário estadual de Relações Institucionais do Governo do Estado, a quem entregou um documento relatando a gravidade da situação e se posicionando contra o fato de a Agerba insistir em entregar o terminal para a TWB, que já atua no transporte marítimo e que tem vivo interesse em tomar conta da linha Salvador-Mar Grande.
Comenta-se que o comando da Agerba estaria usando a TWB para despistar, inclusive plantando notas neste sentido na mídia, contra a concessionária do ferry-boat. O objetivo seria outro, segundo chegou ao conhecimento do JM. A TWB, evidentemente, estava utilizando o seu poder e a sua influência, inclusive na área do governo, para assumir o Terminal Náutico e tirar as lanchas de lá. Mas só que o deputado Marcos Medrado, o comandante da Agerba, estaria trabalhando em outra direção, segundo apurou o JM..
A suspeita maior contra a Agerba nessa questão do Terminal Náutico aconteceu quando a agência de regulação começou a soltar informações de que as lanchinhas de Mar Grande ”são todas clandestinas” e que iria (a agência) dar um "choque de ordem" na situação. O governador Wagner não gostou nem um pouco e foi alertado por assessores, com base nas informações publicadas no JM, sobre o problema que a Agerba poderia causar.
Uma prova do descontentamento da cúpula do governo com o "choque de ordem" anunciada pelo rapaz que dirige a Agerba está no fato de que, mesmo distribuindo a informação contra as lanchas de Mar Grande para toda a imprensa, a matéria da Agerba não foi publicada no Diário Oficial do Estado e nem foi distribuída para a mídia pela Agecom (Assessoria Geral de Comunicação do Governo do Estado). Foi vetada porque tinha informações equivocadas, infundadas e envolvendo o nome do governo. E mais: o conteúdo da matéria não combinava com a política de comunicação do governo, que é de responsabilidade da Agecom.
Até o fechamento deste artigo (10h52), a matéria desastrada da Agerba continuava no destaque principal da página da autarquia na internet. É a prova inconteste da incopetência que tomou conta da Agerba desde que o deputado Marcos Medrado (PDT) colocou sua turma na agência.

Fonte:http://www.jornaldamidia.com.br/Alo_Bahia/Maio2010-1.shtml#872624106946425

Comentários { 3 }