RELATÓRIO CONFUSO E ININTELIGÍVEL, SE EU FOSSE JAIRINHO EU PROCESSAVA ESSES VEREADORES ANALFABETOS

Assim como a foto da Câmara, ali tudo anda ao contrário

Hoje leram na Sessão da Câmara o tão esperado relatório da famosa sindicância, aberta para apurar a compra dos R$ 3 milhões em livros.

Juro que não entendi nada, e não sei como vereadores se reunem pra tentar resolver uma coisa e acabam deixando nossa cabeça em parafuso.

É muito analfabetismo, não esclareceu nada, nenhum ser humano consegue entender nada daquele texto ininteligível.

Primeiro o relatório inicia de forma engraçada, eles dizem que tem um servidor público chamado Joedson que tem uma tal senha master que só o prefeito deveria ter acesso, mas disse que essa senha master Joedson também compartilha com o filho do prefeito, o Jairinho. O que tem a ver senha com compra de livros?

Que Joedson não conhece ninguém da empresa Meca (que vendeu os livros) e nem os donos da empresa conhecem nenhum servidor, e por isso, eles chegaram a uma conclusão que Jairinho tem amizade com Joedson, que foi o cara reponsável pelo encontro de Jairinho com os empresários. Olha que eu estou tentando ser claro.

Depois de ninguém conhecer ninguém, o Joedson autoriza um encontro entre os envolvidos na compra e os representantes da empresa Meca. Que autorização de encontro é essa? Nem com o rei da Inglaterra tem essas autorizações.

Depois eles dizem que tem uma contradição de não sei o que, que eles mentiram e que foram flagrados num carro voyage. Contradição de que!? Nem explicaram, mas disseram que tem contradição.

Depois deles chegarem a tantas conclusões eles ainda questionam no relatório: “quem comprou e autorizou a venda dos livros?”. É mole? Eles acusaram sem achar o autor do crime… rsrsrs!

No fim sugerem o afastamento de Joedson, do pregoeiro e de Carla, inclusive falam quem não existe assinatura nenhuma da Secretária em documentos. Ô, mesmo assim tem que afastar? kkkkkkkk!

Agora pasmem! Eles pedem também que o filho do prefeito seja afastado das atividades da prefeitura, mas dizem que o moço não tem cargo. Né brincadeira não!

Diante de uma coisa dessas, sem pé e sem cabeça, tá se vendo que tem fins de perseguição, mas o Quati é muito burro e entra no jogo deles. Tem que se ferrar mesmo.

5 thoughts on “RELATÓRIO CONFUSO E ININTELIGÍVEL, SE EU FOSSE JAIRINHO EU PROCESSAVA ESSES VEREADORES ANALFABETOS

  • setembro 14, 2022 em 11:18 am
    Permalink

    Pelé, me responda: com toda essa regulação na saúde pública hj em dia esses políticos conseguem burlar a fila dos “SISREG” da vida para colocar seus apaniguados na frente?

  • setembro 14, 2022 em 11:54 am
    Permalink

    Não Edson, isso não existe. O que falta é aumentar mais ainda a qualidade da saude, criando mais hospitais e vagas. A bahia já regulou gente de outro estado, mas existiam as vagas sobrando para aquela enfermidade.

  • setembro 14, 2022 em 12:02 pm
    Permalink

    Como bom jornalista busque informações junto a empresa ou leve o caso à justiça .

  • setembro 15, 2022 em 1:18 am
    Permalink

    Então mais nenhum vereador/deputado pode “ajudar” o seu eleitor que estiver doente. Engraçado que muitos se elegiam por conseguir simples consultas…

  • setembro 15, 2022 em 10:20 am
    Permalink

    isto é conversa, Edson. nunca teve essa coisa de colocarem na mão as regulações. regula quem precisa e mais nada. se faltar vaga é outra coisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *