AFINAL, FALA MANSA VAI PAGAR MULTA POR NÃO CUMPRIR O CONTRATO, VAI DAR DESCONTO NO VALOR DO SHOW DE HOJE, OU VAI SÓ PEDIR DESCULPAS E MAIS NADA?

Será que a prefeitura de Valença não vai penalizar a Banda Fala Mansa por não ter cumprido o contrato? E será que vão pagar o mesmo valor que ficou acordado para a banda tocar na sexta-feira, mesmo sabendo que o show de hoje está fora de época?

E nós, que nos programamos, fizemos nossa farofa, gelamos nossa cerveja para esperar a banda e ficamos até de madrugada esperando um show que não aconteceu, como fica?

Não merecemos respeito?

Ou será que foi tudo premeditado, pois a banda sabia que Valença está a quase 300 quilometros de Candeias, última cidade que a banda tocou, e não daria pra chegar em tempo?

O famoso show do comandate que se realizaria na Oldesa também teve o mesmo fim, músico não pode vir por vôo impossibilitado e o Secretário de Turismo de Valença estava por trás de tudo.

Queremos resposta sobre tudo isso, ou então vamos continuar a falar sobre esse caso, que mais parece uma tapeação ao povo.

3 thoughts on “AFINAL, FALA MANSA VAI PAGAR MULTA POR NÃO CUMPRIR O CONTRATO, VAI DAR DESCONTO NO VALOR DO SHOW DE HOJE, OU VAI SÓ PEDIR DESCULPAS E MAIS NADA?

  • junho 26, 2022 em 10:10 pm
    Permalink

    Se o grupo “Fala Mansa” vai pagar multa ou não, é uma questão jurídica que “os procuradores” devem analisar e darem uma resposta aos valencianos, afinal são os responsáveis pela análise e cumprimento dos contratos de prestação dos serviços firmados pelos gestores e os contratados.
    Estive no show e realmente eles “passearam” no mundo musical do nordeste, homenageando figuras impolutas do forró do cancioneiro nordestino, em especial Luis Gonzaga, Alceu, Elba Ramalho. Passearam pela Bahia, principalmente com o grande Moraes Moreira. Creio que também deram uma canja numa possível mudança do grupo, introduzindo um novo estilo muito assemelhado ao rock brasileiro, com irreverência e atitudes comportamentais.
    Mas, infelizmente, cometeram absurdo tentando “ensinar” aos valencianos as letras de duas das suas composições.
    Anos atrás este mesmo grupo foi reprimido em Aracaju por ter atitudes não condizentes com o público e aqui, por duas vezes, afirmou que o público não conhecia as letras das canções e tentou “ensinar”, mas o público entoou maravilhosamente, como realmente são, todas as estrofes de cada canção.
    Resta dizer ao Tato, o vocalista, que ele deve mudar as suas atitudes de quiser que o grupo cresça, afinal o nordeste dita a cultural musical, queiram ou não!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *