O MARRECO APARECE EMPATADO COM CIRO GOMES, EM TERCEIRO LUGAR, EM PESQUISA DA QUAEST E LULA CONTINUA LIDERANDO EM TODOS OS CENÁRIOS

Uma pesquisa eleitoral da Genial Investimentos e Quaest Consultoria divulgada hoje aponta que o ex-presidente Lula (PT) aparece à frente em todos os cenários de primeiro e segundo turnos nas eleições presidenciais de 2022. Contra Jair Bolsonaro (sem partido), Lula teria 57% dos votos, enquanto o atual presidente teria 27%, em simulação de segundo turno.

Na pesquisa anterior, divulgada no início de outubro, Lula tinha 53% dos votos contra 29% de Bolsonaro. Portanto, o petista cresceu, enquanto o atual presidente estabilizou, considerando a margem de erro de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

No primeiro turno, a pesquisa abordou dois cenários (com João Doria e Eduardo Leite, ambos do PSDB), e o nome do ex-juiz Sergio Moro, agora filiado ao Podemos, aparece em terceiro, empatado com Ciro Gomes (PDT), dentro da margem de erro.

A Quaest Consultoria informa que foram realizadas 2.063 entrevistas domiciliares, entre os dias 3 e 6 de novembro. O nível de confiança da pesquisa é de 95%.

Primeiro turno

Cenário 1 (com Doria)

Lula (PT) – 48%

Jair Bolsonaro (sem partido) – 21%

Sergio Moro (Podemos) – 8%

Ciro Gomes (PDT) – 6%

João Doria (PSDB) – 2%

Rodrigo Pacheco (PSD) – 1%

Brancos e nulos – 10%

Não sabem/Indecisos – 4%

Cenário 2 (com Eduardo Leite)

Lula (PT) – 47%

Jair Bolsonaro (sem partido) – 21%

Sergio Moro – 8%

Ciro Gomes (PDT) – 7%

Eduardo Leite (PSDB) – 1%

Rodrigo Pacheco (PSD) – 1%

Brancos e nulos – 10%

Não sabem/Indecisos – 4%

2º turno

A pesquisa considerou seis cenários de segundo turno, e Lula não registrou menos de 53% das intenções de votos contra nenhum dos possíveis candidatos ao Palácio do Planalto.

Veja os cenários de segundo turno:

Lula (57%) x Bolsonaro (27%)

Lula (57%) x Moro (22%)

Lula (53%) x Ciro Gomes (20%)

Lula (57%) x Eduardo Leite (14%)

Lula (58%) x João Doria (13%)

Lula (59%) x Rodrigo Pacheco (12%)

Maioria avalia governo Bolsonaro como negativo

O levantamento aponta ainda que 56% das pessoas avaliaram de forma negativa o governo do presidente Jair Bolsonaro. No mês passado, esse número foi 53%.

Na pesquisa de novembro, 22% consideraram o governo regular (em outubro, foram 24%), e 19% disseram ser positivo (em outubro, foram 20%), enquanto 3% não sabem ou não responderam. (Notícias UOL)

Uma resposta para O MARRECO APARECE EMPATADO COM CIRO GOMES, EM TERCEIRO LUGAR, EM PESQUISA DA QUAEST E LULA CONTINUA LIDERANDO EM TODOS OS CENÁRIOS

  1. Wolf Moitinho novembro 10, 2021 às 6:54 pm #

    Hoje eu vi na Globo, a emissora que o promoveu Moro como honesto e novamente quer retomar à mesma ação, a notícia que este “pato rouco” resolveu se filiar ao PODEMOS e em sua fala ridícula Moro exortou justamente o combate a corrupção. Um safado desse falando sobre combate à corrupção quando outrora utilizou-se da função de Juiz Federal, em conluio com o procurador Dallagnol, para impedir a candidatura de Lula presidente, visando um cargo no governo do BOZO, é realmente uma ABERRAÇÃO.
    Tanto foi premeditado que aceitou imediatamente o cargo de Ministro da Justiça tão logo BOZO assumir a presidência.
    O fato é clarividente. A tentativa estava logo à frente e o objetivo seria a indicação a STF, mas como não aconteceu e havendo a tentativa de interferência na direção da Polícia Federal pelo BOZO para a proteção da sua prole, o Pato Rouco se exonerou e, imediatamente, correu para a América e se tornou sócio-diretor da empresa americana Alvarez & Marsal, justamente uma empresa de consultorias, administradora judicial da Odebrecht que é uma das empresas que se quebrou com a ação de Moro.
    Pronunciando sobre o caso, o deputado federal Paulo Teixeira se expressou: “Nova maneira de ficar rico: quebrar uma empresa e depois ser contratado para a sua recuperação judicial”.
    Aí eu pergunto: isso é safadeza?! ou é um tipo de corrupção?

Deixe uma resposta