GEDDEL DIZ QUE VAI IMPLANTAR MODELO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EXISTENTE EM CAIRU

image

O candidato ao governo do Estado pelo PMDB, Gedel Vieira Lima disse no último dia 02, quando da inauguração do Colégio Modelo no distrito da Gamboa que vai copiar e colocar em prática o modelo do “Cheque Solidário” implantado em Cairu pelo prefeito Hildécio Meireles. “Veja que coisa inteligente, o município cria o Cheque Solidário e os beneficiados têm que comprar as mercadorias em estabelecimentos pré-cadastrados pela Prefeitura, fazendo com que esse dinheiro circule dentro de Cairu”.
Segundo Geddel. O Estado tem condições de criar programas semelhantes ao existente em Cairu e o Bolsa Família do Governo Lula.
O Programa de Assistência, Inclusão e Recuperação Social denominado CHEQUE SOLIDÁRIO foi criado pela Prefeitura de Cairu através da Lei Municipal nº 220 de 25 de junho de 2007 e tem por finalidade a assistência, inclusão e recuperação social de famílias carentes. Atualmente o benefício disponibiliza até R$ 150 por família de acordo com os critérios estabelecidos pela secretaria competente.

Fonte: Portal do Baixo Sul

12 thoughts on “GEDDEL DIZ QUE VAI IMPLANTAR MODELO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EXISTENTE EM CAIRU

  • junho 4, 2010 em 6:15 pm
    Permalink

    Pelegrini, tudo bom? Deixa eu te fazer uma pergunta: algum candidato a prefeito em campanha já prometeu asfaltar Valença? A quem interessa tantos buracos? Eu ia de Vitória até aí de carro, mas eu soube que os buracos a cada dia só aumentam… desanima né? Abraço!

  • junho 4, 2010 em 8:33 pm
    Permalink

    Meu amigo Yuknew, o atual prefeito de Valença não tem interesse em asfaltar, não sei porque, mas acho que falta educação. É um perdido!

  • junho 5, 2010 em 3:11 am
    Permalink

    Pelegrini, estou sentindo falta dos CAMARADAS, aqueles que acreditam que as coisas só são mudadas na “LUTA e na PAIXÃO”, aqueles do martelo e da foice, por onde eles andam?

  • junho 5, 2010 em 8:34 am
    Permalink

    Carolina, esses camaradas devem estar na luta para defenderem seus empregos. A coisa está feia para eles.

  • junho 5, 2010 em 2:29 pm
    Permalink

    Yuknew R.

    Não é nada disso,a história é outra. O prefeito que não é burro e sabe como ganhar e ganhar muito dinheiro, não vai tapar buraco nem asfaltar ruas porque sabe que se essas providências forem adotadas vai vender menos amortecedores e pnéus para motos, as oficinas de suas concessionárias vão concertar menos motos.Seu irmão vai vender menos em peças para veículos e os carros da Prefeitura vão quebrar menos. -Sim, carro da prefeitura qubrando menos.já pensou, quem quer isso? -Só prefeito burro.
    Querem ver a verdade, vão lá na Oficina da Gonpel, no Jacaré e contem quantos carros da prefeitura estão lá para serem concertados.

  • junho 5, 2010 em 7:26 pm
    Permalink

    Este Geddel vai acabar com todos os bandido as cadeias vão ser fechada e vai da um cheque solidadario a cada baiano de 500 reais, até chegar a eleição ele vai prometer mais algunas coisinha

  • junho 5, 2010 em 8:37 pm
    Permalink

    Boa FELIPE! Já observei isso também.

  • junho 6, 2010 em 12:35 am
    Permalink

    Dá-lhe Rorô de Canô e seu estilo inconfundível… Excluir a virgula é a sua cara!

  • junho 6, 2010 em 9:16 am
    Permalink

    Leticia Andrade: Adorei o video e aproveito a oportunidade para sugerir a PELE para exibi-lo no blog. Quando vejo em alguns programas de televisao cenas que retratam a tristeza e o desamparo do homem do campo do NORDESTE BRASILEIRO lamento o fato do nosso GRANDE PRESIDENTE, mesmo tendo nascido ali, desviar a sua atençao em favor de outros povos buscando o estrelismo enquanto os nossos irmaos continuam vivendo com a FANTASTICA ajuda social do bolsa familia. Bem merecido a critica a sua pretençao de conselheiro internacional. Existe um ditado popular que traduz este fato com muita propriedade. MACACO NAO OLHA PARA O RABO. Bom domingo Roque Campelo

  • junho 7, 2010 em 5:30 am
    Permalink

    Não gosto dessas bolsas por tempo indeterminado e sem uma proposta de capacitação profissional vinculada, mas tenho que reconhecer que essa idéia de seus beneficiados terem de comprar as mercadorias em estabelecimentos pré-cadastrados pela Prefeitura, fazendo com que esse dinheiro circule dentro de Cairú é muito boa… Parabéns!

  • junho 7, 2010 em 3:12 pm
    Permalink

    É Hildécio, a idéia de cadastrar os estabelecimentos em que serão compradas as mercadorias é muito boa, mas “dar sem amarrar” com algum curso de profissionalização é assistencialismo e isso por tempo indeterminado, é perigoso, inclusive pq todos querem trabalhar e sair dessa situação de probreza!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *