A NOSSA MÍDIA É PARA INFORMAR OU PROMOVER?

Há algum tempo atrás conheci um cidadão canadense, e conversando sobre violência (é o nosso assunto sempre em pauta), ele me disse que no Canadá quando acontecem casos de violência, assim como assaltos a bancos roubos e outras coisas mais (que são raros de acontecer por lá), a mídia quase não divulga, e quando faz, é só depois que são presos os bandidos, mostrando os bandidos em condições imobilizadas, levando assim consciência a população de que o crime não compensa.

Ontem assisti num canal de tevê aberta (Record), uma reportagem que mostrava um comerciante sendo morto por um matador de aluguel, com imagens limpas feitas por câmeras de segurança no momento em que o matador atira no comerciante e ele cai morto, o motivo foi porque o cidadão tomou dinheiro emprestado a um agiota e não pagou, com certeza mandaram executar. A reportagem levou muito mais que 20 minutos, e o apresentador não cansava de dizer o motivo do crime.

Aqui em Valença um apresentador de um programa de rádio falava da vida boa de traficantes e bandidos, que traficante só anda com mulher bonita, de motocicleta potente e carrões de ultima geração. É verdade que não devemos enganar ao ouvinte ou telespectador, mas chegar ao ponto de promover o crime com propagandas de que não podemos ficar sem pagar ao agiota pra não morrer, ou que ser bandido é bom porque tem bens de consumo e vida prazerosa… Isso pra mim é demais. Temos que informar, e não estimular.

Acho que precisamos rever nossas censuras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *