Homem é preso acusado de estuprar criança de 1 ano e dez meses

image

Redação CORREIO

Um homem foi preso, neste sábado (26), acusado de estuprar uma criança de 1 ano e 10 meses no Vale das Pedrinhas. Antônio Carlos de Jesus, 48 anos, foi preso em flagrante por policiais da 28ª Delegacia. Ele é ex-marido da da madrinha da mãe da criança.

Em depoimento à delegada Simone Malaquias, da Delegacia Especializada de repressão a Crimes contra a Criança e o Adolescente (Dercca), Patrícia Fonseca Costa, 18 anos, teria ido até a casa da madrinha, na noite da última sexta (25), para deixar a filha com ela enquanto ia até um bar próximo a casa em que morava. Como a madrinha não estava, Patrícia resolveu deixar a criança aos cuidados de Antonio Carlos, que também estava com a neta dele.

Ao voltar do bar, cerca de meia hora depois, Patrícia encontrou a porta da casa trancada. Ela disse ter chamado por Antonio Carlos, e como ele demorou para abrir a porta, resolveu olhar por uma fresta da porta. Patrícia conta que viu o acusado deitado por cima da criança, que estava sem as roupas. Ela começou a gritar, e Antonio Carlos teria aberto a porta assustado e dito que não tinha feito nada contra a criança.

Patrícia disse que como já era tarde, preferiu ir até a 28ª Delegacia apenas na manhã deste sábado. Chegando lá, ela encontrou o acusado, que teria dito que já estava na delegacia para esclarecer o mal entendido. Eles foram encaminhados ao Dercca para prestar depoimento. O acusado disse que Patricia havia consumido bebida alcóolica, e que por isso, estaria confusa sobre o fato de tê-lo visto deitado sobre a criança.

Antonio vai ser encaminhado para uma cela na Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes. A criança deve passar por um exame de corpo de delito. Mesmo que não fique comprovado a relação sexual do acusado com a criança, Antonio deve ser indiciado por conta das alterações no Código Penal e na Lei de Crimes Hediondos que tornam mais severas as punições aos crimes de estupro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *