A PÉROLA DO DIA DO BAHIA NOTÍCIAS FOI DO CARA DE BOLACHA, CÉSAR NUNES

sargentão “A Pérola do Dia” do Bahia Notícias foi do Secretário de Segurança Pública, César Nunes, "Aqui não tem um local que não tenha a polícia”, referindo-se ao sistema (?) de segurança na Bahia. Estamos ferrados! Primeiro veio o boca mole do Jaques Wagner dizer que a segurança está tudo bem e agora esse cara de bolacha do César Nunes. Pobre Bahia!

20 Respostas para A PÉROLA DO DIA DO BAHIA NOTÍCIAS FOI DO CARA DE BOLACHA, CÉSAR NUNES

  1. Lina novembro 27, 2010 às 9:08 pm #

    Pelegrini, Salvador está em ESTADO DE CALAMIDADE PÚBLICA… E creio, a Bahia não está diferente. Esse Nunes ai pensa que engana quem, PELAMORDEDEUS? Só se for a turma da Lazinha de Ti Ti Ti! Mas adorei o “Wagner boca mole”- vc acertou em cheio no apelido do “distinto”.

  2. Olha a PRIVATARIA DO PT ai gente! novembro 28, 2010 às 9:49 am #

    27/11/2010 às 19:11 | ATUALIZADA EM: 27/11/2010 às 19:37 | COMENTÁRIO (0)
    Salvador será cercada por pedágios a partir de 2011

    João Pedro Pitombo* | A TARDE

    Além da Estrada do Coco, cuja cobrança é feita desde 2000, BR-324 e BA-093 também serão pedagiadasA partir do primeiro trimestre do próximo ano, o motorista que quiser deixar Salvador por qualquer uma das suas saídas terá que obrigatoriamente passar por praças de cobrança e pagar pedágio. Além da Estrada do Coco, cuja cobrança já é feita desde 2000, outras duas rodovias que ficam na saída da cidade também serão pedagiadas.

    Na BR-324, já estão prontas as praças de pedágio de Simões Filho e Amélia Rodrigues, que deve custar em torno de R$ 1,50 cada um. A concessionária aguarda apenas uma autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para dar início à cobrança.

    Já na sistema BA-093, que inclui 121 quilômetros de rodovias, a previsão é que esteja tudo pronto para o início na segunda quinzena de fevereiro de 2011. Com valor do pedágio definido em leilão, mas o IPCA entre 2008 e 2011, o motorista deverá pagar cerca de R$ 2,55 para trafegar na BA-093, Via Parafuso, Canal de Tráfego, estrada CIA / Aeroporto e vias secundárias.

    Em ambas as rodovias, a etapa de reparos iniciais das vias está praticamente concluída, com a recuperação da pavimentação e fechamento dos buracos na pista.

    Nas estradas do sistema BA-093, é intenso o movimento dos tratores, escavadeiras e caminhões preparando terreno para instalação das cinco praças de pedágio. Responsável pelo escoamento de uma produção que representa de cerca de 60% do Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia, a via conta com fluxo intenso de caminhões, carretas e veículos pesados.

    Melhorias – Por ora, os motoristas têm que enfrentar transtornos quase que diários causados pela recuperação da estrada, com a interdição de trechos da pista para obras de recapeamento. Apesar dos transtornos, quem trafega diariamente na rodovia aprova as mudanças. É o caso do caminhoneiro Robson Argolo, de 59 anos, que faz diariamente o trajeto entre o Polo Industrial de Camaçari e o Porto de Salvador, transportando contêineres e produtos químicos. “Até pouco tempo, trafegar por aqui era um risco para o motorista. Está muito melhor”, avalia.

    Proprietário de uma pequena frota de caminhões, o empresário Carlos Sandro Gonçalves também trafega diariamente pela BA-093. E, mesmo tendo que arcar com o custos do pedágio, vê a recuperação da via como um alento para quem trabalha região. “A tendência é de redução dos prejuízos com jantes amassadas e pneus furados. Além da redução do tempo de viagem, que é fundamental para quem atua com transporte”, argumenta.

    Mas há também que veja com ceticismo a melhoria da pista. O motorista Carlos Sampaio, que presta serviços de transporte para uma indústria da região, está preocupado com os gastos futuros com o pedágio. Ele faz o trajeto entre Camaçari e Salvador pelo menos três vezes por dia. “Não é justo pagar mais para quem já tem que arcar com o IPVA” afirmou.

    As principais preocupações no entanto ficam por conta de quem mora na região. É o caso do motorista Valter Dionino, que trabalha descontente por ter que arcar com os custos do pedágio. Já Ferreira Júnior, presidente da Associação dos Mototaxistas de Camaçari, diz que vão as praças de cobrança vão transformar uma cidade numa “ilha” cercada por pedágios: “Vai aumentar o custo de vida da população”.

    *Colaborou Alean Rodrigues

  3. Tamanduá novembro 28, 2010 às 9:54 am #

    E eu soube que a próxima estrada privatizada pelo PT é a de Bom Despacho-Camamú e que os Prefeitos dessas cidades vão cobrar pedágio, além da PRIVATARIA DO PT para qualquer veículo que trafegue em seus municípios.

    Com a palavra, Bira do Sindicato dos Mototaxistas de Valença.

  4. Macaco Prego Baiano e Neoliberal novembro 28, 2010 às 9:56 am #

    Isso PT, transforme a Bahia em um estado neoliberal, assim como São Paulo, aprenda a administração do PSDB.

  5. Mico Leão Dourado novembro 28, 2010 às 9:57 am #

    Quanta PRIVATARIA desses PTralhas! É assim que vcs falam em governar para o povo?

  6. Boca Mole novembro 28, 2010 às 9:59 am #

    Nós governamos para o povo sim e o povo não tem carro. Anda em pedágio quem é rico e tem carro.

  7. Cézar, o boca mentirosa novembro 28, 2010 às 10:04 am #

    Eu proponho que Wagner cobre pedágio também para o transporte coletivo, para os pedestres andarem nas calçadas, pois assim ficaremos mais RICOS, ou seja – BANDIDO NA BAHIA TEM QUE PAGAR IMPOSTO DE CIRCULAÇÃO e consequentemente, diminuí a violência.

  8. Tucano Verde novembro 28, 2010 às 10:11 am #

    Pelegrini, João Henrique vai mesmo pra o PV – http://politicaecidadania.atarde.com.br/?p=6269

  9. Cargolândia novembro 28, 2010 às 10:23 am #

    Ministros de Dilma poderão nomear 7 mil sem concurso

    Se existisse uma cidade chamada Cargolândia, habitada por ocupantes de cargos de livre nomeação à disposição do governo Dilma Rousseff, ela teria cerca de 7 mil moradores, população superior à de 1.967 municípios brasileiros.

    O mapa publicado com os prédios da Esplanada dos Ministérios distorcidos de acordo com o número máximo de funcionários “de confiança” que cada pasta poderá abrigar, é uma tentativa de dimensionar essa Cargolândia – superestimada pela oposição, minimizada pelo governo e desconhecida por quase todos.

    Durante a campanha presidencial, o tucano José Serra atacou em diversos momentos o loteamento político da administração federal – em debate com a adversária Dilma, citou o número de 21 mil cargos, “a maior parte voltada a partido, a companheiro”.

    Levantamento feito pelo Grupo Estado, porém, revela que são pouco mais de 7.060 os funcionários que os futuros ministros poderão nomear sem a necessidade de concursos públicos. Se todos esses cargos forem ocupados, os salários consumirão cerca de R$ 34 milhões por mês dos cofres públicos.

    O número citado por Serra é o total dos chamados DAS, cargos comissionados exercidos por quem tem função de chefia ou direção e pela elite dos assessores de ministros e secretários. Em julho passado, o governo abrigava exatamente 21.623 funcionários com DAS. Mas um decreto assinado em 2005 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva determina que a maioria desses cargos seja preenchida por servidores públicos concursados – em tese, isso reduz a influência política nas nomeações. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

  10. Lula e Sarney - amor eterno... Eles se merecem! novembro 28, 2010 às 10:30 am #

    Lula diz que Sarney “equilibra o jogo” no Senado

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez elogios ao senador José Sarney (PMDB-AP) em entrevista publicada hoje no jornal Diário do Amapá. Ao responder pergunta sobre o papel político do ex-presidente durante seu mandato, Lula disse que Sarney é um aliado importante do governo e que sua atuação contribuiu para equilibrar o jogo de forças no Senado, “onde a oposição, muitas vezes, na ânsia de combater o meu governo, acabava contrariando os interesses dos brasileiros”.

    Lula acrescentou que o senador é um dos principais defensores dos projetos em benefício da Amazônia legal e que seu apoio foi importante para que o Amapá fosse beneficiado com a política de crescimento econômico com distribuição de renda. “O Estado avançou na política agrícola, na questão fundiária, em projetos de energia e também no desenvolvimento sustentável”.

    Na entrevista, Lula listou projetos e ações em desenvolvimento no Estado, como a criação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), autarquia federal voltada para executar ações da política nacional de unidades de conservação. O presidente comentou também sobre projeto de concessão de exploração e produção da Petrobras na costa do Amapá. O projeto é composto por dois blocos e está atualmente em processo de avaliação pelo Ibama, para a emissão da Licença de Operação (LO).

  11. Verde novembro 28, 2010 às 10:34 am #

    O PV já tem Beth Wagner(quem não lembra da sofrível gestão dela a frente do CRA??), Sarney (mil e uma negociatas com os madeireiros no norte) e agora João Henrique(que bateu de frente com todos os ambientalistas baianos)… Qual é mesmo a cara desse partido?

  12. pelegrini novembro 28, 2010 às 12:17 pm #

    Tucano, agora é a vez dos partidos se sujarem.

  13. pelegrini novembro 28, 2010 às 12:20 pm #

    Mas que deboche heim, Lula e Sarney?

  14. Tiririca e Genuino novembro 29, 2010 às 6:24 am #

    – O Promotor Público disse que ele não será diplomado, pois segundo um laudo médico, ele é analfabeto funcional e pela Constituição, não poderá exercer o cargo eletivo que para o qual foi eleito. A estratégia de alguns partidos com os famosos “puxadores” de votos naufragou nesse episódio de Tiririca. Com isso Dilma perderá 7 deputados da sua base de apoio. Só não sei quem entra nessa lista…

    – Pelegrini, acabei de ler que o Genuino está como suplente… O Mensaleiro Mensageiro do PT está esperando algum Deputado Federal de São Paulo ser Ministro para ele continuar em Brasília… Adorei essa notícia!

  15. Verde Oliva novembro 29, 2010 às 6:26 am #

    FORA PT!

  16. Roberto Santana dezembro 1, 2010 às 12:45 pm #

    Para voces que não sabem, quem não tem carro tambem paga

  17. Roberto Santana dezembro 1, 2010 às 12:51 pm #

    Voces que são desavisados, quem não tem carro tambem paga pedágio, pois o valor da passagem para quem vai saltar antes do pedágio é um, e depois do pedágio é outro, ou seja os empresarios do setor de transporte ainda ganham dinheiro com o pedágio.
    Todos os impostos pagos pela população era para termos estradas de ouro com meio fio de diamante. E sem pedágio.

  18. Dilma recebe do PSB nomes de Integração e Turismo - UOL dezembro 3, 2010 às 7:06 am #

    O governador pernambucano Eduardo Campos, presidente do PSB federal, repassou a Dilma Rousseff os nomes de sua legenda para o novo ministério.

    Para a pasta da Integração Nacional, o partido indicou Fernando Coelho Bezerra, atual secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco.

    Para o Ministério do Turismo, foi indicado o deputado federal Márcio França, presidente do PSB-SP.

    As duas pastas foram asseguradas ao PSB pela própria Dilma. A Integração deixa os domínios do PMDB e retorna ao controle do PSB, que já ocupara a caderia sob Lula.

    O Turismo foi à cota do PSB como “compensação” pela perda da pasta da Ciência e Tecnologia, que Dilma decidiu confiar a Aloizio Mercadante (PT-SP).

    Há, porém, uma pendência nas negociações de Campos com Dilma. O PSB reivindica a manutenção de Pedro Brito na Secretaria Nacional de Portos.

    A secretaria tem status de ministério. Foi criada por Lula em maio de 2007, especialmente para atender a uma demanda do PSB.

    Deu-se nas pegadas da saída de Ciro Gomes (PSB-CE) do Ministério da Integração Nacional, agora retomado pela legenda.

    Pedro Brito, um economista cearense, era secretário-executivo de Ciro na Integração. Chegou a responder pelo ministério. Depois, foi à secretaria de Portos.

    Para desassossego do PT, a lista de nomes manuseada por Campos não traz o senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE).

    Se Valadares fosse guindado à Esplanada, assumiria a cadeira dele no Senado o primeiro suplente. Vem a ser José Eduardo Dutra, presidente do PT.

    Dilma gostaria de dispor de Dutra no Senado. O PSB não se opõe, desde que Valadares vire ministro na “cota pessoal” de Dilma.

    Afora os nomes de seu partido, Eduardo Campos negocia com governadores do PT a indicação de outros ministros nordestinos.

    Nesta quinta (2), Campos reuniu-se em Brasília com os colegas da Bahia, Jaques Wagner (PT); e de Sergipe, Marcelo Déda (PT).

    Participou da conversa também o ex-governador petista do Piauí Wellington Dias, agora senador eleito.

    O grupo advoga a tese de que a votação expressiva obtida por Dilma no Nordeste deve ser refletida no primeiro escalão do “novo” governo.

    Foram à mesa nomes para dois ministérios. Um deles o do Desenvolvimento Social, responsável pela gestão do programa Bolsa Família.

    Para esse cargo, até bem pouco exercido pelo petista mineiro Patrus Ananias, o baiano Jaques Wagner indicou Moema Gramacho, prefeita de Lauro de Freitas (BA).

    O outro ministério levado a debate foi o do Desenvolvimento Agrário, cobiçado pelo PT gaúcho. O piauiense Wellington Dias reivindica a cadeira para si.

    Eduardo Campos prefere o nome de outro petista: o deputado federal Pedro Eugênio, de Pernambuco. Dilma terá de arbitrar a encrenca.

  19. MOMENTO LÚDICO dezembro 3, 2010 às 9:04 am #

    NUNCA ANTES NA HISTÓRIA…

    Está marcado para o dia 23 um grande evento no Corinthians, com a presença de Lula. O presidente anunciará o início das obras do Itaquerão para janeiro.
    No fim do mandato, mesmo sem ter o que inaugurar, Lula vai apelar para uma cerimônia de “anúncio de início das obras”. Esta é mais uma da série “nunca antes na história deste país…”

  20. P/ FERNANDÃO, o atrapalhado dezembro 4, 2010 às 2:32 am #

    Nunca antes na história desse país houve um santo vivo… Lula é o primeiro!

Deixe uma resposta