CAIRU: RORRÓ APRESENTA PROJETO MEGALOMANÍACO AO ESTILO ODORICO PARAGUAÇU

Sai Odorico, entra Rorró, os projetos megalomaníacos inspirados pelos dois dá mesmo é novela

Quanto mais eu rezo mais assobração me aparece. Li no Blog do Rorró: “Uma das dificuldade de atrairmos turistas vindo do sul com destino a ilha de Tinharé passando por Cairu é a distância e acessos entre as duas ilhas, uma das metas do INOVACAIRU é construir o PORTAL DOS PILÕES, com dragagem do rio dos pilões, construção de peer e requalificação do acesso até garapuá, com esse projeto estaremos garantindo emprego e renda para moradores e empresários da sede do município”.

Quem não sabe do que esse senhor está falando no mínimo vai imaginar que a Ilha de Tinharé não tem movimento turístico, não vão saber que os acessos à ilha são vários e muito fáceis. O que ele quer é criar uma outra via (no mínimo para dar conforto a algum bacana da região) para diminuir a distância entre os cairuenses e as praias, sacrificando o mangue e levando o chamado “progresso” ao paraíso.

Usando uma logo de uma tal de “Inova Cairu”, Rorró diverte a tudo e todos com seus projetos mirabolantes

Essa idéia é um projeto megalomaníaco e que poucos deverão usar, pois todo turísta que visita a ilha, busca sempre os acessos por Valença. Uma ponte ligando Cairu ao Portal dos Pilões, dando acesso a Garapuá, significa que irá precisar de automóveis para transportar as pessoas até lá. Imaginaram quantos veículos deverão ira à praia se isso acontecesse!?

Se não fosse um projeto tão arrojado ao estilo Odorico Paraguassú, com certeza traria muita preocupação para todos, seria a perda da tranquilidade, da beleza. A Ilha de Tinharé estaria dando espaço para: a falta de segurança; do barulho; dos engarrafamentos; da poluição. Enfim, da chegada do “progresso” em prol da ambição de alguns desmiolados.

Sem comentários.

Deixe uma resposta