RAIMUNDO COSTA NÃO VIROU GOVERNADOR DA BAHIA POR POUCO

Depois da Lavagem do Amparo, a política começa a tomar novos rumos, vimos 7 (sete) pré-candidatos, justamente os que estão sempre na mídia e confiam em suas candidaturas. Tem um pré-candidato que é considerado o primeiro nas pesquisas, Jairo Baptista, mas está indefinido quanto a seu partido, pois existe uma briga velada entre seus apoiadores e o deputado Raimundo Costa, que é do mesmo partido dele, muitos dizem que Costa não apoiará Jairo, esse por sua vez mantém sua palavra dizendo que Jairo é seu candidato.

Não vimos ele com Jairo no Amparo, aliás, ele não estava com ninguém, quem acompanhava o deputado eram só e justamente seus familiares.

Muitos dizem que Raimundo apoiará Ricardo Moura, pois, como já comentamos aqui, tem uma turma dentro da prefeitura que são ligados a ele, “Ricardo não deixaria nenhum dos seus correligionários dentro da prefeitura sabendo que ele não o apoiaria”, disse Lucas, assessor de um vereador.

Por outro lado, dizem que ele apoiará Jucélia Nascimento, ex-prefeita de Valença, que tem seu marido, Lau, como assessor dele.

A verdade é que, enquanto isso, os candidatos, depois da Sagrada Lavagem do Amparo, começam a tomar seus rumos sem dar muita importância em quem Raimundo vai colocar a mão para apoiar.

E Raimundo, bem ao estilo Ramiro Campelo de Queiroz, está esperando a eleição chegar mais para o finalzinho e daí mandar fazer suas pesquisas pra ver quem está na frente e de que lado ele vai ficar (isto é mais cômodo). Enquanto isso, tenta acomodar os pré-candidatos debaixo do braço, para ver quem desempenha melhor a função de um candidato preparado (o melhor irá subir nas pesquisas).

Na minha época era diferente, quem era MDB não abria mão de ser MDB, nunca (o reflexo disso que estou falando repercute até hoje em Valença, MDB é uma paixão da velha guarda da política valenciana), nunca votaria na ARENA. Mas hoje, para os políticos: trabalhador é massa de manobra; não existe mais ideologia partidária; partidos defendem mandatos e nunca interesses do povo.

Pra mim, os pré-candidatos deveriam buscar apoio político do povo e nunca dos políticos de elite, esses não tem compromissos em defender o povo, só defendem seus interesses

Esperemos para ver quem Raimundo Costa e Ramiro Campelo de Queiroz vão apoiar, eles fazem pesquisas para saber quem está na frente. Eu tenho certeza que ficarão com os mesmos candidatos. Quem duvida?

Não é a toa que ele, Raimundo Costa, está com os preferidos do povo: Jucélia; Jairo e Ricardo Moura. Não é errado fazer isso, só não é ético, mas não tem nada de errado, e pelo que parece, Jucélia deve estar numa posição melhor (dizem que ele já fez pesquisa), pois ela já tem um cargo com o deputado, Jairo é o candidato moral, e Ricardo Moura é o prefeito que recebe verbas destravadas pelo deputado.

Outro dia conheci esse senhor, tão meio bobinho, e hoje me surpreendo com suas astúcias, fico mais espantado com sua fonte de aprendizado: 6 (seis) mandatos de vereador e faz esse estardalhaço todo. Ainda bem, porque se tivesse seis mandatos de deputado estadual, poderia estar como governador da Bahia. Dizem que chegou perto, só faltou o Rui.

Uma resposta para RAIMUNDO COSTA NÃO VIROU GOVERNADOR DA BAHIA POR POUCO

  1. Valença outubro 29, 2019 às 6:52 am #

    O que tem a ver essa bla bla bla com ser governador da Bahia?

Deixe uma resposta