SEGUNDO MEDRADO, SE A ELEIÇÃO FOSSE HOJE JAIRO SERIA O PREFEITO

Aos domingos não é difícil encontrar Jairo sempre em uma roda de amigos, batendo papo e cantando

Ontem (14), o radialista Marcos Medrado em seu Programa Ligação Direta, da Rádio Valença FM, comentou sobre uma pesquisa interna do governo do estado onde aparecem os nomes de Jairo Baptista, liderando em primeiro lugar e Jucélia Nascimento vem em seguida.

Segundo Medrado, se a eleição fosse hoje, Jairo seria o prefeito de Valença, porém, muita água ainda vai rolar, porque Ricardo Moura não está morto, e os novos candidatos que detem 1% na pesquisa, continuam acreditando, pois há um número muito grande de indecisos.

Jairo que aposta no apoio popular, visita todos os dias bairros, localidades rural, igrejas, padarias, tem o desafio de consolidar um grande grupo político. O caminho pode ser esse, porém, as estratégias dos seus adversários podem ser outras, e melhores.

4 Respostas para SEGUNDO MEDRADO, SE A ELEIÇÃO FOSSE HOJE JAIRO SERIA O PREFEITO

  1. João Paulo maio 15, 2019 às 8:09 pm #

    Qualquer um seria prefeito de Valença, uma vergonha o que esse senhor chamado Ricardo Moura vem fazendo com nosso município. Ruas esburacadas, lixo nos quatros cantos da cidade, escolas sem merenda, Tiro de Guerra indo embora, Guarda Civil Municipal desmotivada, SAAE destruído desmontado, estradas da zona rural esburacadas, funcionários da saúde sofrendo represálias e humilhação da sua namorada, posto de Saúde sem materiais e medicamentos entre outras… VERGONHA
    Um Câmara de vereadores de cobardes e negociadores… resumindo: ACABARAM COM VALENÇA

  2. Eleitor ligado. maio 15, 2019 às 8:24 pm #

    Lembro recentimente que esse sr.dono da rádio tinha certeza que seria eleito…….. grande erro dele.boa noite.

  3. Jose maio 17, 2019 às 2:25 pm #

    Boa tarde! Sem dúvida um bom nome…espero que Deus ilumine o eleitor consciente na hora certa e que a escolha seja positiva, seja com Jairo, Jucélia ou qualquer outro. Precisamos sim, pessoas dignas e honestas na prefeitura

  4. plinio.cardoso filho maio 21, 2019 às 3:34 am #

    Não sei,não não sei não,como é que posso acreditar,não sei não sei não,como é que posso acreditar! abraços pele.que vocês me desculpem e vamos tocar esse barco!

Deixe uma resposta