IF Baiano Campus Valença abre Processo Seletivo 2015.2

ifbAté o dia 10 de julho, o Instituto Federal Baiano (IF Baiano) Campus Valença estará com inscrições abertas do Processo Seletivo para ingresso de novos estudantes neste segundo semestre de 2015. São 60 vagas ofertadas em cursos técnicos oferecidos no campus, localizado na cidade de Valença, 30 vagas para o Curso Técnico em Agropecuária e 30 vagas para o Curso Técnico em Meio Ambiente. Os cursos são na modalidade subsequente (para quem concluiu o ensino médio).

As inscrições são gratuitas e serão realizadas apenas pela internet. No ato da inscrição, o candidato deverá preencher o formulário online com seus dados pessoais, o curso escolhido e optar pela ampla concorrência, cotas para estudantes oriundos de escolas públicas ou cotas para candidatos com necessidades educacionais específicas. Caso o candidato não possua acesso a internet, há também postos de inscrições no Valença.

A seleção será realizada por meio de análise do Histórico Escolar do Ensino Médio ou o Certificado de Conclusão do Ensino Médio, através do ENEM. O resultado final será divulgado em 03 de agosto.

Os cursos tem a duração de 3 semestres ( um ano e meio).

Para maiores informações, consulte o EDITAL no nosso site: www.ifbaiano.edu.br

IF Baiano Campus Valença – Rua Glicério Tavares s/n (antiga EMARC) – Bate Quente – Tel.: 075 3641 5270

Ascom/Jornalismo/Reitoria

Comentários { 1 }

NOTÍCIA NÃO MUITO BOA PARA OS OPOSITORES DE FERNANDO BRITO

Há quem diga que, a esposa de Fernando, dona Adriana, é sua segunda força, formam uma dupla de imbatíveis

Uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), sobre o novo Índice de Gestão Fiscal, aponta Cairu como o terceiro município com a melhor gestão fiscal do Estado da Bahia, atrás apenas de Camaçari e Mata de São João.

O prefeito de Cairu, Fernando Brito, comemora o resultado afirmando que vai continuar trabalhando com afinco pelo sucesso do município. “Estou feliz com o resultado. O mérito está na competência e responsabilidade administrativa do nosso governo. “Nos preocupamos muito com a alocação dos recursos e o aprimoramento da gestão fiscal, que tornam nossa gestão mais eficiente em todos os sentidos”, declarou Fernando Brito.

A pesquisa avaliou mais de 5.200 municípios brasileiros com intuito de analisar as gestões das cidades baseado nas receitas, despesas, gastos com pessoal, custo da dívida e investimentos.

Comentários { 5 }

Festa de São Pedro – Cadastramento de ambulantes

A prefeitura de Valença realiza nestas terça e quarta-feira, dias 30.06 e 01.07, o cadastramento dos vendedores ambulantes interessados em trabalhar na festa de São Pedro,  que vai acontecer neste final de semana, dias 03 e 04 de julho.   Inscrições na secretaria municipal da Indústria e Comércio, localizada na  Rua Marechal Floriano, no centro da cidade. Vagas limitadas.

Outras informações pelo telefone 75-3641-9591

Comentários { 0 }

É O IESTE EDUCACIONAL LADO A LADO COM O ESPORTE EM VALENÇA

ieste

BOLIVIA 3X1 BAHIA

ieste

Comentários { 0 }

OLHEM SÓ O QUE MARIETA SEVERO FEZ COM O POBRE FAUSTÃO

Comentários { 1 }

DEPOIS DO SÃO JOÃO, COMO FICA A PREFEITA?

juju

Prefeita Jucélia ao lado do Secretário de Transportes (esposo) Lau e do Diretor de Turismo, Genildo

E o São João, heim!? Muita gente apostou que seria um fiasco, mas a maioria apostou que seria uma grande festa. Com isso, ganha a população, ganha, o comércio, ganha a gestora, porque conseguiu fazer uma festa sem gastar muito, com ajuda do governo do estado, das empresas privadas e do comércio local.

Não podemos esquecer os méritos do Secretário de Turismo, Júlio Oliveira, da Secretária de Cultura Aline Reis e toda a equipe da prefeitura de Valença, que se empenharam ao máximo para realizar uma grande festa. Porém, cabe a gestora os louros, pois foi ela que teve a inteligência de contratar essa grande equipe, para pensar numa forma melhor de se governar.

Como será que está a popularidade de Jucélia Nascimento, nesse momento? Será que melhorou mais depois dessa festa?

Vamos perguntar aos nossos internautas o que acharam da festa e vamos pedir para que façam uma avaliação do seu mandato de 30 meses, respondendo a enquete que vamos colocar no blog.

Comentários { 4 }

Só um idiota para acreditar no ‘escândalo’ da UTC. Por Paulo Nogueira

utcPor Paulo Nogueira*

Somos todos idiotas.

É, pelo menos, o que a grande mídia pensa.

O ridículo estardalhaço em torno das alardeadas revelações do dono da UTC ultrapassa todos os limites do descaro, da hipocrisia e da desonestidade.

Colunistas – os suspeitos de sempre –parecem fingir que acreditam nos disparates que escrevem.

Mais uma, o coro é pelo impeachment de Dilma. Dia sim, dia não, aparecem supostas novidades que levam os colunistas das empresas de mídia a gritar, histéricos, pelo fim de um governo eleito há pouco tempo com 54 milhões de votos.

O caso particular do UTC é icônico.

Todos os holofotes vão, condenatórios, para Dilma e para o PT, pelo dinheiro dado para a campanha petista.

Foram, segundo cálculos de um site ligado à Transparência Brasil, 7,5 milhões de reais.

Não é doação: é achacamento, propina, roubo.

Ninguém diz que a campanha de Aécio levou ainda mais da UTC: 8,7 milhões.

Neste caso, não é propina, não é achaque, não é roubo. É demonstração de afeto e reconhecimento pelos dentes brancos do candidato Aécio.

E eles querem que a sociedade acredite nesse tipo de embuste.

A mídia presta mais um enorme desserviço ao Brasil com essa manipulação grosseira e farisaica.

Você foge do real problema: o financiamento privado de campanhas, a forma como a plutocracia tomou de assalto a democracia.

É um problema mundial, e não apenas brasileiro. Dezenas de países já trataram de evitar que doações de grandes empresas desvirtuem a voz rouca das ruas e das urnas.

No Brasil, a mídia não trata desse assunto, em conluio com políticos atrasados e guiados pelo dinheiro, porque se beneficia da situação.

Nem o mais rematado crédulo compra a história de que as doações empresariais são desinteressadas.

A conta vem depois do resultado, na forma de obras ou leis que beneficiam os doadores.

Veja os projetos de Eduardo Cunha, para ficar num caso clássico, e depois observe as companhias que o têm patrocinado.

Em alguma publicação, li até uma lição de moral na forma como o PT teria abordado o dono da UTC para pedir dinheiro para a campanha de Dilma.

A abordagem não teria sido “elegante”.

Imagina-se que quando o PSDB solicita dinheiro seja coisa de lorde inglês, pelo que pude entender: ninguém fala em dinheiro, ninguém toca em dinheiro. É como uma reunião social, entre amigos, em que o dinheiro é a última coisa que importa.

Como disse Wellington, quem acredita nisso acredita em tudo.

Outro crime jornalístico que é cometido é dar como verdadeiras quaisquer coisas ditas nas delações, como se elas estivessem acima de suspeita.

Quer dizer, esse tratamento só vale contra o PT. Quando se trata dos amigos da mídia, aí sim entram as ressalvas. Há que investigar, provar etc – coisas que absolutamente não valem para o PT.

Que a imprensa, movida pelo interesse de seus donos, aja assim, até que você pode entender.

O que não dá para aceitar é que a justiça faça a mesma coisa, e com ela a Polícia Federal.

Porque aí você subverte, por completo, o conceito de justiça, e retrocede aos tempos de João V no Brasil.

Sua mulher, a rainha Carlota Joaquina, mandou matar uma rival no amor.

Dom João pediu investigação rigorosa.

Quando chegaram a ele os resultados do trabalho, com Carlota Joaquina comprovadamente culpada da morte, ele refletiu, refletiu – e queimou os documentos que a incriminavam.

Aquela era a justiça, e esta nossa não é muito diferente quando se trata da plutocracia. (DCM)

*Paulo Nogueira, é jornalista, fundador e diretor editorial do site de notícias e análises Diário do Centro do Mundo.

Comentários { 0 }

Valença realiza o maior São João da sua história

SJVForam cinco dias de muito forró, animação e um saldo positivo dos mais significativos para a história contemporânea de Valença. Com o Tema “A Tradição Está de Volta”, o São João de Valença, realizado entre os dias 20 e 24  de junho, ressurge em grande estilo após mais de uma década sem a organização e atrações que desfilaram nos dias da festa. A abertura, no sábado (20), com a Banda Falamansa; e nos dias seguintes com Magníficos, Sem Retoque e Calcinha Preta, levaram um público de cerca de 80 mil pessoas à Praça da República.

SJVA Festa contou com a presença do secretário Estadual do Turismo, Nelson Pelegrino, que esteve em Valença no domingo (21), para prestigiar o evento.

SJVDe acordo com a prefeita Jucélia Nascimento, presente todos os dias ao evento, o planejamento para o resgate do São João foi aprovado e superou todas as expectativas. No conjunto das ações a segurança do público presente ao circuito recebeu nota máxima de quem foi à festa. Tanto as polícias Civil e Militar, além da Guarda Municipal, aturaram preventivamente, formando barreiras com detectores de metal nos acessos à praça. De acordo com o comando da PM, este foi uma das mais tranquilas festas que aconteceram nos últimos anos na região, sem registro de nenhuma ocorrência grave.  Outros objetivos também foram alcançados, como exemplo, as vendas no comércio local aumentaram cerca de 30% e a maioria da rede hoteleira teve ocupação de mais de 80%, injetando na economia do município, cera de R$ 2 milhões. A Prefeitura também montou um Posto para atendimento médico emergencial no circuito com suporte do SAMU e uma ambulância.

SJVCULTURA

A volta das apresentações culturais deu um brilho especial à festa. As quadrilhas, bumba-meu-boi, o concurso da Rainha do Milho e as brincadeiras seculares do São João, a exemplo do quebra-pote e cabra-cega, trouxeram para a Praça da República no domingo, as famílias, com uma programação especialmente montada para as crianças. Neste ano, Valença recebeu um concurso estadual de quadrilhas de nove municípios. As quadrilhas Girassol e Esfarrapados, ambas de Valença, deram um show a parte.

SJVATRAÇÕES LOCAIS

A programação feita pela Secretaria do Turismo privilegiou também a contratação de bandas e grupos da cidade e região a exemplo do Forró do Kako, Pirilampo, David Terra, Chapéu de Palha, Licor de Cacau, Lingerie Azul, Fábio Márcio, Baianos e Cia, A Patroa, Beto Amazonas, Karamba na Kara e Forró K Delícia.

A Prefeitura cadastrou cerca de 100 vendedores ambulantes que receberam capacitação do SEBRAE, além disso, o espaço Vila Gourmet, armado estrategicamente em um estacionamento ao lado do circuito, permitiu ao público, assistir aos shows em um ambiente confortável.

No final, a prefeita Jucélia Nascimento agradeceu ao povo de Valença por ter ajudado a fazer uma grande festa e sua equipe de governo, que vestiram literalmente a camisa, proporcionando o melhor São João dos últimos anos.

De acordo com o secretário do Turismo, Júlio Oliveira, o planejamento do São João de 2016 já foi iniciado por sua secretaria e muitas novidades devem surgir.

SJVO São João de Valença foi uma realização do Governo Municipal, com os patrocínios da Cerveja Itaipava, ACE/CDL de Valença, Governo da Bahia, através da Secretaria Estadual do Turismo. Apoio do SEBRAE, Posto e Churrascaria Líder, Lojas Rio Mar, Cofel, Big Eletro e Supermercados Rio Branco.

Por Magno Jouber – Ascom/Governo de Valença

Fotos: Richard Mas

Comentários { 9 }