Transporte de eleitores

Reportando-nos às Eleições 2016, vem-se por meio deste informá-los das providências tomadas pelo Juízo da 31ª Zona Eleitoral e os procedimentos a serem adotados no que concerne ao transporte de eleitores.

Primeiramente, cumpre salientar que, em 3 de setembro de 2016, sábado-feira, foi publicada a Portaria n. 14/2016, por meio da qual foi constituída a COMISSÃO ESPECIAL DE TRANSPORTE da 31ª Zona Eleitoral nas Eleições 2016. Considerando-se a falta de indicação de integrantes pelos diretórios regionais dos partidos, bem como pelos diretórios municipais, a referida Comissão foi composta exclusivamente por servidores do Cartório Eleitoral.

Em 5 de setembro de 2016, segunda-feira, foi publicada o Edital de Convocação de representantes de partidos e coligações para a AUDIÊNCIA PÚBLICA que foi realizada no dia 13 de setembro de 2016, às 13h, no Fórum Eleitoral, situado na Rua Guido Araújo Magalhães, s.n., Novo Horizonte, Valença, Bahia, na qual foram discutidas as rotas autorizadas para o transporte de eleitores (o transporte de eleitores fora desses roteiros não será permitido e, por conseguinte, será considerado ilícito).

Posteriormente, será divulgado, por meio de edital, o prazo para credenciamento de veículos autorizados ao transporte de eleitores. O credenciado será advertido sobre as sanções da Legislação Eleitoral, que prevê a pena de reclusão de 04 (quatro) a 06 (seis) anos e pagamento de 200 (duzentos) a 300 (trezentos) dias multas, nos termos do Art. 302 do Código Eleitoral e 12, III da Lei 6.091/7 para quem efetuar transporte de eleitores sem o devido credenciamento da Justiça Eleitoral ou desatender às suas determinações.

Após esta audiência pública, por meio de edital publicado no local de costume (átrio do Fórum Eleitoral), o quadro geral de percursos autorizados foi divulgado no local de costume.

Atenciosamente,

Cartório Eleitoral

31ª Zona Eleitoral – Valença

Comentários { 19 }

ONDE ESTÁ ESSA TAL MÁSCARA!?

mascaraUm aúdio do grupo de campanha da prefeita prefeita Jucélia Nascimento, onde ela chama seu secretariado na resposabilidade, e pede para ‘vestirem a camisa da campanha’, vazou e acabou viralizando nas redes sociais. Muitos que compartilharam, simplesmente faziam sem comentar nada, eu também não vi nada demais no áudio. Mas um grupo político aproveitou e fez uma montagem do aúdio da prefeita com uma chamada do Plantão da Globo e fizeram uma legenda, dizendo que, “A máscara caiu”.

Depois dessa montagem, voltei para ouvir o aúdio, achando que poderia ter alguma coisa escondida e eu teria me passado, mas não vi nada demais mesmo, e não entendia porque teria caído uma máscara. No áudio Jucélia fala: “Boa tarde, olhe só, a campanha vai tomar outro rumo, viu? Da gente, no sentido da militância. Eu não quero Secretário e equipe em horário de trabalho fazendo nada (quis se referir a fazer campanha no horário de trabalho), mas fora do horário de trabalho, todo mundo vestindo a camisa, mais do que já está vestindo, cair pra cima, pra dentro, pedir… Vou pro Jacaré, todo mundo lá, antes, preparando o terreno, Jailton preparando tudo, senhor Robenilson preparar tudo, conversar com o presidente de associação, Gurinha, arrumar tudo que tiver pra arrumar, pra eu passar bem, porque eu estou aqui com o marketing, já reuni, estamos precisando reagir. Temos tudo pra ganhar a eleição, agora se reagir, igual ao PT nas épocas antigas, militância, quero militância a partir desse momento. Obrigado a quem já está ajudando, quem já está na militância, e quem não tiver caia pra dentro, porque agora o bicho pegou.”

Com toda sinceridade, onde está essa máscara? Será que é na hora que ela pede para os Secretários não fazerem política em horário de trabalho? Será que é na hora que ela diz pra fazer igual ao PT faz, com sua militância? Será que é na hora que ela pede para Jailton e Robenilson para preparar a caminhada pra ela passar bem? Será que é na hora que ela diz que “temos tudo pra ganhar a eleição”? É na hora que ela pede a militância? Ou será que foi quando ela finalizou dizendo que o bicho pegou?  Ora, se foi aí, isso não é máscara caindo, pois Jucélia nunca disse que estava em primeiro lugar, ela é bem diferente dos outros, pede sempre pra lutar e nunca disse que tem alguma pesquisa ou que já ganhou a eleição. Pois tem um que diz que está em primeiro lugar nas pesquisas, o outro diz que vai ser prefeito dessa vez, e outro que diz que cresce a cada dia, sendo assim, vai acabar saindo de 1,60mt para 1,65mt.

Pois é isso, Jucélia inicou o vídeo demonstrando que é séria e não gosta de nada errado, a prova esta ali no áudio, quando ela diz que, não quer Secretário fazendo política em horário de trabalho.

A verdade é que, estão tentando fazer igual ao doutor Deltan Dallagnol, “não tem provas, mas tem convicção”, não tem máscara, mas a máscara caiu.

Ou eu não entendo nada de máscara, ou alguém está querendo transformar um cordeiro em lôbo.

Vai entender!

Comentários { 10 }

MOVIMENTO DA SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA “VALENÇA PEDE PAZ”

Os jovens de Valença ( Grupo Jove22) realizará no  dia 25 de setembro Ia. Caminhada da Paz. O objetivo é chamar atenção dos Candidatos a prefeito de Valença para a necessidade de politicas públicas para jovens e a melhoria da segurança em nossa cidade.

Estão muitos falas e espaço aberto para todas as entidades falarem sobre as principais causas e da Violência em nossa cidade.

Cresce em nossa sociedade a consciência de que estamos inseridos em uma Cultura de Violência, em suas mais variadas faces.

Nunca houve tanto contraste, tanta exclusão social e tanta pluralidade de ideias. Mas quais são as origens desta cultura de violência? Porque com tantos conhecimento e recursos tecnológicos e a sociedade sofre com esta tensão constante onde cada um se sente ameaçado. Um planeta que começa a entender que a extinção da espécie humana é uma possibilidade,  que o aquecimento global pede cautela e mudança de hábitos, que devemos buscar o desenvolvimento sim, mas SUSTENTÁVEL.

Diante deste quadro vem a questão de como podemos buscar a Paz e harmonia individual e coletiva. A história da humanidade é uma historia de lutas de guerras. Temos uma cultura de violência herdada de nossos antepassados.

Mas a história da humanidade também é a história de homens e mulheres que mostraram através de uma vivência pessoal como é possível desenvolver uma Cultura de Paz. Mostraram e vivenciaram a solidariedade, e como as “lutas” individuais e de grupos podem gerar a Paz, nós os chamamos de pacifistas. Muitos dizem que são seres especiais, porque ousaram propor e sonhar com um mundo sem violência. Eles nos mostraram caminhos e modos de vida podem nos levar a esta Cultura de Paz.

Evento: Ia. Caminhada pela Paz de Valença

Data: 24de setembro

Horário: 15:00

Local: Praça da Bandeira

Mais informações:

Grupo Jovem 22

(75) 98835-8204

Coordenadoria Municipal

Comentários { 0 }

Multidão participa do comício de Fernando Brito no Galeão

fb“Pois bem, eu só quero primeiramente agradecer a Deus, por esse momento, por essa manifestação linda que vejo aqui. Este não foi e não será o maior comício do Galeão, este está sendo o maior comício da história de Cairu”. Foi desta forma que o atual prefeito de Cairu, Fernando Brito, iniciou o seu discurso para a Família 55, no comício realizado pela Coligação Cairu de Mãos Livres, no último sábado (17), no Galeão.

Além dos candidatos a vereadores das coligações proporcionais que apoiam Fernando Brito e Maneca Ché, participaram do comício, de forma especial, os candidatos representantes do Galeão à Câmara Municipal Pery e Paulinho, o ex-prefeito Peleteiro, os empresários Carlito Estevão Ingrid Batista, Gerino Barreto, Benedito Passos, Fábio Magalhães, o secretário municipal de infraestrutura José Raimundo Zezão,  lideranças locais – de todas as ilhas do arquipélago – e Martiniano Costa, Chefe de Gabinete da Secretaria Estadual de Relações Institucionais, que falou em nome do governador Rui Costa, fortalecendo a parceria que Cairu firmou com o Governo do Estado.

Comentários { 0 }

VALENÇA NA ROTA DO PROGRESSO

Meu caro amigo Pelegrini,

Depois de muito tempo sem postar nada neste espaço democrático, em razão de uma resposta necessária ao povo de Valença, principalmente para aqueles que gostam de política, estou de volta para reafirmar o meu posicionamento em resposta ao que soube está nas redes sociais.

Muitos sabem que gosto de política, mas não a faço em função de receber benefícios pessoais para mim ou para qualquer um dos meus rebentos. Deus tem sido muito bom comigo, sempre digo isto, porque Ele me proporcionou um trabalho que permite sustentar a minha família, com um mínimo necessário para ter certo conforto. Então me sinto fortalecido para buscar o melhor para os meus semelhantes através de uma política que contemple mais as pessoas carentes e que moram nas periferias.

Recentemente o PDT, agremiação política formada por homens e mulheres com ideologias idênticas às estabelecidas pelo seu estatuto, optou por uma coligação que está ligada à candidatura da atual gestora. Nesta coligação estão inseridos 06 (seis) candidatos dos 12 – PDT, os quais não obtiveram elementos para trabalhar no sentido de elevar o nome da majoritária e, de forma idêntica, a sigla também teve o mesmo tratamento. Os condutores do partido estavam sendo relegados, sem a importância que merecem, visto que parte da sociedade os reconhecem como pessoas lídimas que querem o bem comum e lutam para o engrandecimento da população, principalmente dos mais humildes. Este fato me fez refletir e cheguei à conclusão que o importante para aquela majoritária não seria as pessoas que fazem parte do partido e sim, a sigla partidária para compor, ou seja, poder demonstrar possuir uma quantidade de partidos representando a coligação.

Ao tomar conhecimento da convocação de uma reunião, solicitada pelos candidatos a vereador, para discussão e encaminhamento de campanhas, compareci munido do meu pedido de desfiliação. Achei que para apoiar outra candidatura seria ético pedir a desfiliação, afinal, figurava como componente do conselho de Ética e a minha consciência não permitiria agir de forma diferente.

Na reunião, por , os companheiros reconheceram que os fatos narrados e a minha revolta tinham cabimento e, democraticamente, decidiram que, individualmente, qualquer um dos membros poderia tomar o destino que quisesse quanto ao apoio a qualquer dos candidatos a prefeito. Quanto a mim, e grande parte dos filiados do partido, optamos pela candidatura de Jairo Batista por entender que, o mesmo se trata de um homem honesto, competente, de índole imbatível e que “calça as sandálias da humildade”. Estes companheiros e eu, acreditamos, temos a confiança que será o prefeito que colocará Valença na Rota do Progresso.

Wolff Moitinho

Comentários { 5 }

PROFESSORES EM BOIPEBA PARALISAM POR ATRASO DE SALÁRIOS

colegioUm grupo de estudantes de Boipeba nos convidou, hoje (19), para presenciar um movimento de paralisação de professores, que está acontencedo no Colégio Municipal Hildécio Antonio Meireles. Fomos lá conferir a manifestação e constatamos que alguns professores do municipio fizeram hoje uma paralisação.

Uma professora nos disse que há alguns professores que não recebem por algum tempo (não falou com precisão), outros vem tendo atrasos sequênciais, quando eram pra receber no dia 10, passou para o dia 14, depois para o dia 16, e hoje dia 19 ainda não haviam recebido, porém, os professores que são contratados pelo REDA não tiveram falta de pagamento.

Procurmaos a diretora da escola, senhora Leomaria, e ela nos disse que há uma pendência, mas que ela não pode falar pelos professores, já que a paralisação é deles e não tem nada a ver com a diretoria. Falou que esses atrasos é por conta de pagamentos por OSCIPs e que sempre houve esses atrasos, infelizmente só nesses períodos eleitorais é que as educadores se manifestam.

A estudante do 3º ano, Saionara, que se encontrava no local, discordou da diretora e nos disse que, em outras épocas não havia nada disso, nunca foi atrasado salários de professores, nem com Hildécio nem com Peleteiro, e aproveitou para falar um pouco das deficiências da escola: “Temos hoje uma situação no colégio lamentável que é a questão dos livros, antes era um livro para cada aluno, hoje é um livro para dividir com quatro, cinco alunos da turma pra fazer trabalho em grupo, por não ter. A merenda do colégio é horrível. Hoje mesmo lamentamos sim, porque hoje só tinha biscoito puro. E tá aí essa paralisação do colégio, devido a atraso dos funcionários, que a genbte não aceita, porque a gente é estudante quer exercer nossos direitos”, concluiu a aluna.

Comentários { 2 }

CARREATA DE JUCÉLIA FAZ CANDIDATO JOGAR A TOALHA, MENOS PESO NA POLÍTICA DE VALENÇA

carreataOntem, a candidata do povão, Jucélia Nascimento, fez uma carreata em Cajaíba pra deixar os seus adversários com a barba de molho, dizem até que, já tem candidato jogando a toalha, não vou citar aqui qual foi porque não temos certeza, mas a conversa que saiu na cidade é que Jucélia trouxe veículos até da Bolívia, e é verdade. Foi o carro de nossos amigos, Zé e Sanny, radialistas, moraram na Bolívia e vieram embora pro Brasil de carro, esse veio com a placa da Bolívia. Zé disse a Sanny: “a primeira cidade que nos receber com simpatia a gente fica”, olha que eles atravessaram do Oesdte para o Leste no Brasil, só em Valença que eles disseram: “quem nos recepcionou foi uma pessoa muito simpática, Jucélia Nascimento”, e por isso Zé e Sanny participaram da carreata de Jucélia.

Foi uma coisa de louco, uma verdadeira carreata, e muita gente ainda diz que o aúdio da prefeita é desesperador, claro, ela disse que não quer mais ganhar com diferença pouca, por isso assanhou sua equipe a ir pra cima.

Comentários { 17 }

JUCÉLIA FAZ CARREATA EM CAJAÍBA

juju

A coligação de Jucélia Nascimento, faz nesse domingo, a partir das 17h uma carreata com destino a Cajaíba.

Comentários { 0 }