DONO DO GRUPO PETRÓPOLIS QUE FABRICA A CERVEJA ITAIPAVA ESTÁ PRESO POR CORRUPÇÃO

Grupo Petrópolis tenta sobreviver após dono ser preso

Com o cargo de presidente vago desde que o seu fundador, Walter Faria, foi preso há quatro meses acusado de corrupção por lavagem de dinheiro e sonegação de impostos, o Grupo Petrópolis, dono da cerveja Itaipava, tem buscado empréstimos de bancos estrangeiros e fundos de investimento especializados em empresas em dificuldades para financiar sua expansão.

Faria se entregou no dia 5 de agosto à Justiça de Curitiba, após cinco dias foragido – pesam sobre ele e a empresa acusações de lavagem de dinheiro. A companhia teria destinado, entre 2006 e 2014, R$ 329 milhões à Odebrecht para que a empreiteira repassasse os valores adiante em forma de propina.

Terceira maior cervejaria do País, com faturamento líquido de R$ 9,6 bilhões em 2018 e 14% de participação de mercado – contra de 61% da Ambev e 20% da Heineken, segundo dados Nielsen obtidos pelo Estado -, a Petrópolis é há anos considerada um ativo problemático, embora o negócio seja gerador de caixa.

Comentários { 0 }

NÃO SOU O CAPETA COMO PINTAM, A ESCOLA FOI FECHADA DE FORMA ARBITRÁRIA

Eu vi uma publicação na página pessoal do vereador Adailton Francisco onde ele relata ter sido informado de uma escola municipal no Bairro Estância Azul que teria sido fechada por falta de pagamento de aluguel. O vereador ainda disse que teria ido até o local da escola para constatar a veracidade da denúncia e confirmou com o proprietário sobre os atrasos de aluguel desde o mês de setembro.

Adailton procurou na prefeitura o setor responsável e não obteve retorno, e confirmou então que, o proprietário do espaço resolveu fechar o prédio, colocando um cartaz na fachada da escola: “FECHADO ALUGUEL EM ATRASO”, mostrando o motivo de ter agido assim.

O edil diz: “Uma situação vergonhosa, a falta de compromisso e responsabilidade desta gestão com a educação das crianças do Estância Azul. Caso a situação não esteja normalizada amanhã, irei no Ministério Público protocolar uma denúncia contra o gestor, enquanto vereador não posso ver isso com normalidade e aceitar mais esse descaso com a educação de nosso município.

Eu tiro outras conclusões que não são iguais as do vereador Adailton. Primeiro: desde quando o proprietário de um imóvel pode ir até a sua casa, entrar, tirar as chaves e fechar a porta por algum motivo? Pelo que me consta isso é invasão de propriedade, ninguém pode fazer isso, somente a justiça tem esse direito. Segundo: onde está a prefeitura que não tomou uma atitude contra o proprietário do imóvel?

Eu acho que, se existe erro aí, ainda não é o da prefeitura, mas sim, da pessoa que alugou o imóvel, ele está infringindo a lei, deveria procurar os meios legais para acionar a prefeitura, e o vereador Adailton que eu tenho um grandioso respeito, deveria deixar pra criticar a prefeitura depois que mandasse o cidadão reabrir a escola.

Comentários { 2 }

ADEMIR COSTA, DE GRÃO EM GRÃO

Ademir com Aparecido, uma amizade conquistada na gestão de Jucélia, onde os dois trabalharam

O pré-candidato a prefeito de Valença, Ademir Costa, depois que se filiou ao PC do B já levou mais de uma dezena de filiados com ele.

Segundo Ademir, a sua marca é filiar em torno de uns trezentos amigos, até o início das eleições, prá isso ele fez uma relação e acabou me mostrando. Não é que o meu nome estava em sua lista!?

Ademir entrou com o pé direito no partido e já tem uma relação boa com Bobô, Alice, Portugal, e recentemente conversou com o decano Haroldo Lima.

Alice prometeu a Ademir fortalecer sua campanha, e como a deputada tem uma relação muito boa com os estudantes, ela prometeu que apresentaria ele à classe estudantil.

Comentários { 3 }

RICARDO MOURA NÃO COMPROU LIQUIDIFICADORES, A SUA INTENÇÃO ERA OUTRA

O prefeito Ricardo Moura e os dois liquidificadores que não foram comprados

A primeira grande sacada do marqueteiro de Ricardo Moura já foi dada, em conversa com um informante, eu soube que o marqueteiro pediu a Ricardo para tirar fotos em grandes movimentos de pessoas, Ricardo havia dito que não dá pra frequentar os grandes movimentos porque ele tem medo de ser vaiado, e não ficaria bem pra ele. O marqueteiro então disse: “preciso que você faça muitas fotos em lugares de movimento para que eu comece meu trabalho”.

Depois de dormir e acordar sem saber como fazer pra Ricardo tirar essas fotos, o marqueteiro teve a grande idéia e disse a Ricardão, vá ao Black Friday, faça compras de alguma coisa, de preferência pegue dois liquidificadores. Ricardo perguntou onde ele iria comprar, e o marqueteiro disse: “vá às Lojas Americanas, por volta de quatro horas da manhã, momento em que o povo está mais concentrado em proteger suas mercadorias escolhidas”. Ricardo ficou enloquecido, “você é louco, lá tem uma multidão!” e o marqueteiro disse: “fica tranquilo, o povo está com a mente concentrada no que vai comprar, por lá pode passar a celebridade mais importante do mundo e eles não reconhecerão, assim será com você”.

Dito e feito, Ricardo apareceu por volta das 4 horas da manhã nas Lojas Americanas e os seus fotográfos e apoiadores começaram o festival de fotos, essa acima mostra o exato momento em que Ricardo pega os dois liquidificadores e sai em direção à porta, para deixar os dois aparelhos em algum lugar antes de sair e ir embora, sem comprar nada.

Moral da história: com isso, Ricardo vai dizer que continua sendo popular, sem rejeição, que frequenta os lugares com multidão e ninguém o incomoda.

A foto de Ricardão não foi feita por nenhum cliente que estava lá dentro para comprar, ora, quem num momento daquele com tanta coisa boa e barata vai deixar escapar uma boa promoção para bisbilhotar a vida do prefeito? Quem fez a foto foi sua trup, foi tudo esquematizado.

Ah! Sim, e porque o marqueteiro sugeriu que ele pegasse dois liquidificadores? Quem vai olhar para as mâos de alguém que carrega duas peças tão sem valor? Geralmente a pessoas olham para quem pega uma TV de LED, para quem pegou um celular de ponta, ou qualuqer outra peça de valor, para que lhes sirvam de sugestão. E assim, Ricardão passou despercebido, não tomou a vaia esperada e vai fazer muita propaganda da sua suposta popularidade.

Comentários { 3 }

HILTON DESMENTE BOATO E DISSE QUE O QUE QUEREM É DESARTICULAR A PRÉ-CANDIDATURA DE JOAILTON

O empresário Hilton Couceiros de Matos desmentiu o fake news e disse que segue apoiando Joailton

O empresário Hilton Couceiros de Matos, deu entrevista hoje (29), no Programa Ligação Direta da Rádio Valença FM, esclarecendo sobre as fakenews que circulam com seu nome em redes socias. Os áudios espalhados pelas redes sociais insinuam que o empresário estaria tentando compor com o atual prefeito Ricardo Moura para ser seu vice em 2020.

Hilton disse que jamais teria essa atitude, ainda mais que ele disse que está apoiando seu cunhado, Joailton Manuel, para pré-candidato a prefeito de Valença, “Em primeiro lugar eu quero colocar, Joailton Manuel é meu cunhado, é pré-candidato a prefeito de Valença, quem lançou Joailton foi Hilton Couceiros de Matos. Então não jutifica nunca que Hilton vai sair candidato a vice de outra pessoa, eu não sou nenhum que tenha imagem negativa que venha apunhalar, a pessoa que eu considero meu irmão, que eu gosto muito, a tal ponto que eu desejo que ele seja prefeito de Valença”, afirmou Hilton.

Hilton acredita que esses áudios sejam uma jogada política para tentar desarticular a pré-candidatura de Joailton que está bem, “Joailton começou com 0%, tem muita gente que está lá em cima, mas eu conheço campanha política, já peguei um canidato aqui com 4% e ganhei a eleição. Joailton estava no zero mas não está mais no zero, tá bem colocado hoje, tem o apoio do deputado Dal, apesar de já terem dito que ele não iria apoiar Joailton, mas é uma inverdade. Pra mim Joailton dentre todos é o candidato mais bem preparado, pois já trabalhou em várias gestões, tem 40 anos de serviço público, bem relacionado, um pai de famíliar exemplar. Portanto, Valença está hoje com a faca e o queijo na mão pra ter um excelente gestor e eu estou aqui pra apoiar ele”, avisa.

Hilton ainda disse que não fez convites às pessoas para eu aniversário, até porque quem organizou o seu aniversário foram seus amigos, e assim que ele soube ainda fez alguns convites a alguns para tentar lembrar a outros, pois ele disse que já não comemorava seu aniversário havia dois anos, isso aconteceu após a morte da esposa de Joailton, pois era ela juntamente com doutora Glorinha que organizavam essa festa e que os que ele convidou foram poucos, e serviam até para lebrar aos outros amigos dele.

Hilton finalizou dizendo: “Essa questão de Hilton ser vice já passou, eu fui um vice que deu certo com Agenildo, porque ele me deu espaço pra trabalhar e ajudar a ele. Veja se eu vou querer entrar numa chapa que eu vá sentir que vou ser uma figura decorativa de vice, prefiro ficar na minha”, finalizou o empresário.

Comentários { 0 }

VEREADOR DIEGO MEIRELES PEDE MÍDIA POSITIVA PARA O TURISMO DE CAIRU

O vereador Diego Meireles conclamou as autoridades de Cairu para fazerem um trabalho de valorização e difusão da atividade turística do municipio, principalmente Morro de São Paulo e Boipeba. Segundo Diego, desde o surgimento das primeiras manchas de óleo nas praias de Cairu “a atividade turística sofreu uma queda de cerca de 80%. Agora houve uma recuperação, mas ainda não atingimos  os patamares anteriores a chegada do óleo”, afirmou.

Diego Meireles lembrou que o trabalho de limpeza executado pela comunidade em conjunto com as autoridades municipais, foi fundamental para a liberação das praias. “Quando o óleo chegou a mídia atuou com força. Agora está na hora de fazermos uma campanha de mídia positiva. Nossas praias estão limpas e nossa culinária não tem contaminação. Isso precisa ser divulgado, para que a atividade turística, principal fonte de renda e emprego de Cairu, seja retomada em sua plenitude”, completou.

Sobre o impacto ambiental no município, Diego afirmou que é preciso criar um plano de recuperação ambiental. “O município decretou situação de emergência, recursos chegarão para atuar nessas áreas, então precisamos criar um plano para que quando esses recursos chegarem sabermos exatamente como aplicá-los”, ressaltou. Por fim o vereador lembra que os pescadores também precisam de apoio, pois as suas atividades também foram prejudicadas com o óleo. “Precisamos de um plano para ajudar e dar assistência aos pescadores que tiveram suspensas as atividades por um período longo. No entanto, as contas continuam chegando”, disse.

Comentários { 1 }

QUANDO A INTOLERÂNCIA PARTE DO PRÓPRIO QUE É AGREDIDO

Sérgio Nascimento de Camargo (Foto reprodução)

247 – Responsável por resguardar e fomentar a cultura afro-brasileira, a Fundação Palmares tem como novo presidente o jornalista e militante de direita Sérgio Nascimento de Camargo, que no longo histórico de embates com os negros nas redes sociais já criticou o rap, o funk, a capoeira e seus adeptos, além de ter dito que “negro de esquerda é burro, é escravo”, informa o Congresso em Foco.

Sérgio Nascimento tomou posso nesta quarta-feira (27) no lugar de Vanderlei Lourenço e é parte dos esforços do secretário especial de Cultura, Roberto Alvin, de mudar o perfil das principais pastas sob sua coordenação.

Para o novo presidente da Fundação Palmares, quem escravizou os negros foram os próprios negros e, por isso, não deve haver reparação histórica. “Negros sempre ESCRAVIZARAM negros. Escravizam até hoje na África. Quer reparação histórica? Vá cobrar no Congo! Boa sorte!”, disse.

Comentários { 3 }

JOAILTON DESABAFA E DIZ QUE SEU CRESCIMENTO INCOMODA A MUITOS

Ontem (25), eu postei aqui no blog, uma opinião sobre a comemoração do aniversário de Hilton Couceiros, onde supostamente Joailton estaria constrangido com a presença do então prefeito Ricardo Moura na festa. Achei que Ricardo teria sido convidado por Hilton e com os comentários que surgiram pensei que alí começaria uma dissolução entre Hilton e Joailton, com a conveniência dos dois, claro.

Logo em seguida eu ouvi um áudio, do senhor Raimundo Vieira, onde ele fala de forma simples sobre a construção de uma estrada no Baixão do Orobó, como se fosse simples e fácil se fazer essas coisas de competência da prefeitura, afirmou que o empresário Hilton Couceiros teria feito essa estrada com sua liberação. Nesse áudio o funcionário ligado a Secretaria de Infraestrutura fala também que o empresário possivelmente seria candidato a vice-prefeito de Ricardo Moura.

Hoje eu liguei para o pré-candidato Joailton para que ele me desse uma posição sobre os fatos e boatos que surgiram. Joailton me disse que Ricardo não foi convidado por Hilton, primeiro que: o empresário não convidou ninguém e a sua festa foi aberta a todas as pessoas, segundo: pelo fato de existir uma relação paternal entre os dois, por serem muito amigos, Ricardo foi ao aniversário de Hilton dar um abraço nele, “Não existe nenhum constrangimento, não se cogitou que Hilton fosse apoiar Ricardo, não foi premeditado a presença dele, e, assim como Ricardo, muitos outros que não foram convidados e apareceram, apareceram por consideração a Hilton”, afirmou Joailton.

Sobre o áudio feito pelo funiconário da prefeitura, Joailton disse que é apenas um ato de irresponsabilidade de quem não tem o que fazer, e falou: “Hilton é meu cunhado, a nossa relação é muito mais que isso, é uma relação de irmãos, eu não sei o que Hilton pode decidir a qualquer momento, mas tenho certeza que ele nunca cogitaria em ser vice de alguém, sabendo que eu sou pré-candidato a prefeito. O comentário é um ato insano, de quem quer especular achando que sabe tudo de política”, desabafou.

Joailton ainda disse que seu crescimento na Urbis e na Bolívia está deixando muita gente preocupada, e por isso eles falam de forma pejorativa para tentar prejudicar porque não conseguem combater de forma sensata o que é uma realidade, “tenho pesquisas que me colocam em boa posição, e isso é motivo para que eles tentem desconstruir, porque eu tenho uma forma diferente deles de fazer política, eu sei chegar até onde existe os problemas e mostro com o meu jeito de ser como se constrói um novo mundo”, finalizou o pré-candidato.

 

Comentários { 1 }