Archive | Política RSS feed for this section

CARAVANA SOLIDÁRIA

cartaz valença A3 Vamos à Caravana Solidária!

Comentários { 0 }

UM GRANDE PRESENTE DE UMA TURMA MUITO ESPECIAL

CAMISETA LANA 003Recebi há pouco um presente que vai marcar pelo resto da minha vida, a hiper, mega, super Lana Turner, juntamente com a turma da FACOM, Mille, Lina, Mina, Nana, Marcinha, Leo, Luca, Mário e Oliveira, me enviaram uma camiseta com a foto da toda poderosa, Lana Turner, tomando um sorvetinho da nossa sorveteria e em baixo escrito: “Lana Turner é comentarista fixa do blog do Pelegrini e ama de paixão os maravilhosos sorvetes da Sorveteria Pelegrini”.

Muito obrigado pessoal, o estímulo de vocês é o grande presente que recebi durante esse período que faço o blog, sei que estou muito distante de ser um grande blogueiro, mas o que consigo fazer hoje foi com a ajuda de vocês, prometo que vou melhorar muito.

Grande abraço a todos!

CAMISETA LANA 002

Comentários { 4 }

O PIOR CEGO

cego02Um só tema é o suficiente para desarmar a candidatura de Jaques Wagner, a segurança pública, nunca em minha vida vi um governo tratar essa questão com tanto descaso. Li outro dia em alguns jornais e sites de notícias que a Bahia é um dos estados que mais oferece empregos. Vejam bem, oferece, isso não quer dizer que todos serão ocupados por pessoas. Tomemos como exemplo a nossa sorveteria, no verão passado abri duas vagas para emprego fixo e mais quatro para vendedores, consegui uma só pessoa, continuei com as outras vagas em aberto e passei a trabalhar dobrado para não comprometer minha produção. Uma das pessoas que vieram aqui saber do trabalho disse que não aceitava o trabalho porque o salário (mínimo) não dava para sobreviver. Outro começou a trabalhar, mas logo pediu para sair porque o bolsa família dele tinha sido liberada.

Vai sobrar emprego, a tendência será essa, muitas empresas vão fechar por falta de mão de obra, os empregos que a Bahia oferece não foram todos criados agora, muitos são vagas que estão sendo desocupadas por quem não quer trabalhar, porque encontram outras facilidades como: receber bolsa família, vender drogas, assaltar, dar golpes em pessoas, fazer lobbys etc…

Então, como dizem os evangélicos: “mente desocupada, oficina do diabo”, Wagner não sabe governar para administrar essa situação e aí a criminalidade só tende a aumentar. Infelizmente o povo está cego.

Comentários { 10 }

Ministério da Saúde diz que desmontou mais um factoide de Veja a 15 dias das eleições

                                                    veja1001O Ministério da Saúde divulgou nota neste sábado dizendo ter desmontando mais um factoide da revista Veja a 15 dias das eleições presidenciais. A revista afirma, na edição que começou a circular hoje, que o laboratório multinacional Roche teria pago propina a funcionários da Casa Civil para que o governo brasileiro comprasse estoques de Tamiflu em 2009, ano em que a gripe suína, segundo a OMS, ameaçava se transformar numa pandemia mundial.

Na nota, o Ministério esclarece que: 1. A Roche é a única produtora mundial de Tamiflu; 2. A compra não passou pela Casa Civil; 3. O lote de medicamentos foi adquirido a preços 76,7% abaixo dos de mercado; 4. O volume comprado levou em conta o possível atendimento a pelo menos 10% da população brasileira, conforme cálculos e padrões internacionais para pandemias da gripe influenza.

Comentários { 5 }

Alvaro Dias: Se ainda fosse ministra, Dilma seria demitida

 executiva-1600x415-235x97 Brasília (18) – Em entrevista coletiva neste sábado e falando em nome do PSDB,  o senador Alvaro Dias (PR) lamentou a desvalorização das instituições públicas envolvidas no esquema de corrupção da Casa Civil. O tucano afirmou que vai apresentar, nesta segunda-feira, um requerimento para que a candidata à Presidência, Dilma Rousseff (PT), explique à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado as novas denúncias de propina dentro da pasta que comandava até março.

“Dilma Rousseff não pode se esconder, ela tem que dar explicações sobre as denúncias de corrupção que envolvem a Casa Civil. É o caso de se investigar a ex-ministra Dilma Rousseff. Se ela ainda fosse ministra, seria ela a demitida. Não sendo ministra, há que ser investigada”, afirmou.

A revista Veja, publicada neste sábado, revela nova denúncia sobre as irregularidades ocorridas na Casa Civil. De acordo com a revista, o ex-assessor do ministério Vinícius de Castro, apadrinhado político da ex-ministra Erenice Guerra e sócio de Israel, filho dela, recebeu R$ 200 mil em dinheiro como propina da compra de Tamiflu, vacina usada no combate ao vírus H1N1.

Segundo a revista, o dinheiro era um “agrado” para que ele se calasse a respeito da suposta compra superdimensionada do medicamento, que custou aos cofres públicos R$ 34,7 milhões, e teria sido feita para a obtenção de uma comissão pelo negócio. A reportagem afirma que o ex-assessor teria se espantado com o valor deixado em um envelope pardo. “Caraca! Que dinheiro é esse? Isso aqui é meu mesmo?”, teria perguntado a um colega do órgão.

Comentários { 8 }

Aleluia: PGE avisou sobre repasses mas governo se acha acima da lei

O Candidato ao gov da Bahia Paulo Souto em visita a cidade de Camamu na tarde de hoje 17/09.
Foto - Valter Pontes/Coperphoto

“A Procuradoria Geral do Estado (PGE) cumpriu o seu dever. Em decreto, publicado em 19 de março, orientou os órgãos e gestores públicos para o rigoroso cumprimento da legislação eleitoral. O problema é o governo estadual achar que está acima da lei e gastar o dinheiro público para comprar o apoio de prefeitos do interior”, comenta o candidato ao Senado Federal, Aleluia, que acompanha Paulo Souto, neste sábado (18/09), em viagem à Chapada Diamantina e Oeste.

Segundo Aleluia, as provas do crime estão no Diário Oficial, onde foram feitas as publicações fora do prazo legal. “E a orientação prévia da PGE para que fosse respeitada rigorosamente a legislação eleitoral só ratifica a má fé dos atos do governo. Eles fizeram cooptação com o dinheiro público”, afirma.

Para Aleluia, o decreto publicado pela PGE complica ainda mais a situação do governador Jaques Wagner, que está ameaçado de ter seu registro extinto ou, se eleito, ter seu mandato cassado, além de ser declarado inelegível por oito anos. Essas são as punições pelo descumprimento ao artigo 73 da Lei Eleitoral que proíbe a transferência de recursos públicos através de convênios nos três meses anteriores às eleições.

A coligação “A Bahia Merece Mais” acionou o governo estadual na Justiça por essa infração e uma liminar já foi concedida na última sexta-feira (17/09), suspendendo os repasses ilegais. “Ainda falta o julgamento do mérito, mas contra fatos não há argumentos”, diz Aleluia.

Na avaliação de Aleluia, mesmo que coubesse a esdrúxula argumentação de desconhecimento da lei, “o que não é impossível neste governo”, a PGE eliminou essa possibilidade absurda. “Se não tivesse tomado essa atitude, a PGE estaria desmoralizada também. Agora só resta aos seus procuradores tentar empurrar o caso com a barriga e ganhar tempo”.

Aleluia observa que, na liminar, o juiz Ruy Eduardo Almeida Britto diz que os repasses fora do prazo permitido ‘afetam a igualdade de oportunidades entre os concorrentes à Chefia do Executivo Estadual’. “Jackson Lago perdeu o mandato no Maranhão pelo mesmo tipo de ilegalidade”, alerta.

Comentários { 2 }

Geddel mostra que Luz para Todos deixou muita gente no escuro na Bahia

Geddel-Vieira-Lima-O-GloboNa pequena comunidade de Lagoa do Alegre, povoado de Casa Nova, Geddel comprovou que o Luz para Todos, programa do Governo Federal, não foi aproveitado pelo atual governo da Bahia: ainda hoje, em pleno século 21, o povoado depende de um gerador para ter energia elétrica e que desconhece qualquer benefício recebido pelo atual governo do Estado.

Em Casa Nova, no norte do Estado, ao falar em comício para mais de 10 mil pessoas na noite desta sexta-feira (17), Geddel citou Lagoa do Alegre (a 94km da sede municipal) como exemplo da propaganda enganosa do governo Wagner. Ele assumiu o compromisso de, na sua gestão, acelerar a expansão da energia rural em todas as regiões da Bahia.

“O povo de Lagoa do Alegre nunca contou com energia elétrica, apesar das promessas do atual governador em levar a energia elétrica a todos os baianos. É uma pena que o povoado tenha se transformado num lugar triste por causa do abandono do governo do Estado”, ressaltou o candidato.

No palanque, Geddel iniciou o discurso pedindo um minuto de silêncio e oração pelas crianças que morreram no acidente com um barco que naufragou na Represa de Sobradinho, em Pilão Arcado. Em seguida, relacionou as obras que viabilizou para Casa Nova, como ministro da Integração Nacional do Governo Lula, citando entre as realizações, poços artesianos, cisternas e R$ 1 milhão liberados para que a Prefeitura construísse a ponte sobre o Riacho Grande que, apesar dos recursos serem disponibilizados, não foi sequer iniciada.

Durante a manhã, Geddel participou de carreata no município de Uauá. Um eleitor, entusiasmado, correu em direção ao carro aberto para cumprimentar Geddel, foi o suplente de vereador Wilson Andrade, do PV. “Não tem jeito. Vou votar em Geddel, com certeza”, afirmou Wilson Andrade. De lá, Geddel seguiu para Senhor do Bonfim.

Fonte: site de Geddel

Comentários { 8 }

Tentativa de impedir carreata democrata revolta povo de Camamu

O Candidato ao gov da Bahia Paulo Souto em visita a cidade de Camamu na tarde de hoje 17/09.
Foto - Valter Pontes/CoperphotoA tentativa da prefeita de Camamu, Ioná Nascimento, de impedir na cidade a carreata dos candidatos da chapa majoritária da coligação “A Bahia Merece Mais” (DEM/PSDB) causou revolta na população local.

A camamuense Idalina Miranda desabafou: “Nós estamos passando por um momento de opressão e de miséria em Camamu. Chega dessa prefeita que só está no poder porque a Justiça ainda não fez a sua parte. Chega. Se ela não sair da prefeitura, nas urnas, o povo dará a ela uma resposta. A Bahia quer, Camamu quer Paulo Souto de volta”.

Na opinião de Carlos Silva, a prefeita deveria era procurar resolver os problemas da cidade e não tentar impedir uma manifestação democrática. “Não temos segurança e não há oportunidade de trabalho na cidade. Em vez de querer atrapalhar os adversários, ela antes devia trabalhar para melhorar a vida do povo camamuense”, afirmou.

Para Paulo Souto, tal comportamento arbitrário só poderia partir de uma prefeita em desespero. “Ioná faz uma péssima administração municipal, desaprovada pela maioria do povo de Camamu, e ainda está na iminência de ter o mandato cassado pela Justiça Eleitoral”, comentou.

A invenção de um blitz para impedir a circulação da carreata democrata na cidade foi considerada pelo candidato ao Senado Federal, Aleluia, uma afronta ao espírito republicano e à democracia. “É o sinal do obscurantismo que se avizinha se a correligionária desta prefeita do PT vencer as eleições para a Presidência da República”, afirmou.

Comentários { 5 }