Archive | abril, 2020

CANTOR DO THE VOICE KIDS É ASASSINADO

Revelado nacionalmente durante sua participação no The Voice Kids, da TV Globo, o cantor Arthur Almeida foi morto na tarde desta quinta-feira (30), em Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco. Mais conhecido como Tuca Almeida, o garoto de 15 anos era natural de Belo Horizonte, e morava em Pernambuco desde 2014 junto com sua família materna.

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, um grupo de seis homens entrou em um estabelecimento comercial procurando pelo cunhado de Arthur, que estava com ele.  “De acordo com informações preliminares, um grupo formado por seis homens encapuzados adentrou em um estabelecimento comercial, efetuando disparos de arma de fogo. Procuravam, supostamente, pelo cunhado da vítima, que estava no local acompanhando o jovem e conseguiu fugir”, diz a nota da Polícia Civil enviada ao Diário de Pernambuco.

Ainda segundo o jornal, ocunhado de Arthur é um presidiário colocado em liberdade como medida de prevenção à disseminação da Covid-19 no sistema penitenciário. (Correio)

Comentários { 0 }

MINISTROS DO SUPREMO FAZEM DESAGRAVO A ALEXANDRE MORAES POR CONTA DOS ATAQUES DE BOLSONARO

A sessão plenária do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quinta, 30, contou com elogios tecidos ao ministro Alexandre de Moraes, alvo de ataques do presidente Bolsonaro após liminar Suspender a nomeação de Alexandre Ramagem para a chefia da Polícia Federal.

As declarações foram dadas em meio ao julgamento de liminar do próprio Alexandre de Moraes que suspendeu trechos de medida provisória do Planalto que restringia a Lei de Acesso à Informação. Por unanimidade, os ministros derubaram as mudanças que o governo tentou emplacar durante a pandemia.

Em sustentação oral, o representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Marcus Vinicius Furtado Coêlho afirmou que Moraes ‘possui uma cultura acadêmica sólida e uma atuação sempre zelosa com o cumprimento da Constituição’. “Ele é um exemplo de magistrado que muito dignifica e honra a advocacia”, afirmou. (Estadão)

Comentários { 0 }

MINISTRO DA SAÚDE NELSON TEICH DESCARTA FLEXIBILZAR DISTANCIAMENTO

O ministro da Saúde, Nelson Teich, disse nesta quinta-feira (30) que uma flexibilização do distanciamento social não deve ocorrer enquanto casos do novo coronavírus estiverem em “franca ascenção”.

A flexibilização do distanciamento social é defendida enfaticamente pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O assunto foi um dos pontos de tensão entre o presidente e o ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta e é constantemente usado pelo chefe do Executivo para criticar prefeitos e governadores. (Folha)

Comentários { 0 }

BOLSONARO DISSE QUE DECISÃO DO STF BARRANDO RAMAGEM É POLÍTICA

O presidente Jair Bolsonaro chamou nesta quinta-feira de “política” e de “canetada” a decisão do ministro Alexandre de Moraes (STF) que, um dia antes, anulou a nomeação de Alexandre Ramagem para o comando da Polícia Federal. “Eu respeito a Constituição e tudo tem um limite.”

Na saída do Palácio da Alvorada, antes de embarcar para Porto Alegre (RS), Bolsonaro argumentou que “não engoliu” a decisão de Moraes e que o ministro do STF quase gerou uma crise institucional.

“Se [Ramagem] não pode estar na Polícia Federal, não pode estar na Abin [Agência Brasileira de Inteligência]. No meu entender, uma decisão política”, declarou. (FOLHA)

Comentários { 0 }

SENADOR CATARINENESE LEVA RAQUETADA DE SENADOR BAIANO

DCM – O senador Jorginho Mello (PL-SC) usou o termo preconceituoso “baianada” para criticar o governador de seu próprio estado, Carlos Moisés (PSL). Levou uma invertida memorável do colega Otto Alencar (PSD), da Bahia.

Comentários { 1 }

APÓS REABERTURA DO COMÉRCIO EM BLUMENAU, SUL DO PAIS, CASOS DE COVID-19 AUMENTARAM 173%

Blumenau, a cidade catarinense onde um shopping reabriu com um saxofonista tocando e lojistas batendo palmas para os clientes, registrou um aumento de 173% dos casos de Covid-19 entre o primeiro dia de flexibilização do comércio de rua e o boletim epidemiológico mais recente da cidade.

Segundo os dados divulgados pela prefeitura, os casos do novo coronavírus chegaram a 194 na última terça-feira (28). No dia 13 de abril, quando o comércio de rua do estado foi autorizado pelo governador Carlos Moisés (PSL) a voltar a funcionar, Blumenau tinha 71 casos.

No dia em que o shopping reabriu com música ao vivo, 22 de abril, a cidade registrou 98 casos. (Folha)

Comentários { 0 }

SEGUNDO DELEGADO DA PF, BOLSONARO QUERIA QUE CONCLUSÃO DA FACADA FOSSE ACUSANDO PARTIDOS POLITICOS

O delegado da Polícia Federal Rodrigo Teixeira, ex-superintendente da corporação em Minas Gerais, avalia que foi exonerado do cargo, em fevereiro do ano passado, por contrariar o desejo do presidente Bolsonaro e de seus filhos na condução da investigação sobre a tentativa de assassinato do então candidato presidencial na eleição de 2018. Ele acredita que o clã Bolsonaro demonstrava interesse de que a apuração chegasse à conclusão de que o autor da facada, Adélio Bispo de Oliveira, tinha sido financiado por partidos políticos ou uma organização criminosa.

O presidente voltou a cobrar um novo rumo nas investigações após demitir Mauricio Valeixo da direção-geral da PF e nomear Alexandre Ramagem para o cargo – nomeação cancelada por Bolsonaro nesta quarta-feira, 29, após a decisão liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre Moraes. (Estadão)

Comentários { 0 }

PREFEITA DE LAURO DE FREITAS, MOEMA, REDUZ O PRÓPRIO SALÁRIO E DOS SECRETÁRIOS

A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, determinou a redução de 20% do próprio salário, 15% no salários dos secretários e superintendentes e 10% no dos coordenadores. A medida está prevista em decreto publicado no Diário Oficial do Município desta quarta-feira (29). Outras medidas estão sendo negociadas e serão anunciadas pelos secretários da Fazenda e da Administração em breve. 

A decisão foi tomada diante do impacto da pandemia do novo coronavirus na economia. Os valores gerados pela redução dos salários serão redirecionados para o custeio das ações de saúde no combate ao Covid 19, e para cobertura do kit alimentação em substituição a merenda escolar que os pais pegam na escola. Esse item representa um custo adicional expressivo em relação aos recursos previstos no orçamento.

Em nota, a prefeita diz que entende que são medidas duras e impopulares, mas necessárias diante da redução na arrecadação, provocada pelo fechamento do comércio, serviços e indústria, que pode chegar a 40%. As medidas de contenção de despesas atingem outras esferas da administração municipal, e ajustes na folha de pagamento dos servidores municipais. (Correio)

Comentários { 2 }