Archive | junho, 2021

Mais de 120 pedidos de impeachment foram protocolados hoje, contra Bolsonaro

Não existe só uma religião brasileira, presidente - CartaCapital

Em meio à denúncia de cobrança de propina por vacina, a oposição e movimentos sociais protocolaram nesta quarta-feira (30) o superpedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mas sem apoio político para que o processo prospere na Câmara dos Deputados.

O ato simbólico de apresentação do superpedido teve discursos de líderes da oposição, como a presidente nacional do PT, a deputada Gleisi Hoffmann (PR), e de adversários do presidente Jair Bolsonaro, como os deputados Kim Kataguiri (DEM-SP) e Joice Hasselmann (PSL-SP), ex-líder do governo no Congresso.

O evento, realizado no Salão Negro da Câmara, não seguiu as regras de distanciamento social, em especial na área dedicada aos discursos políticos. Os participantes usavam máscara.

O líder do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (RS), disse que a pressão agora deve se dar sobre o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), para abertura do processo de impeachment. Durante a apresentação do superpedido, Lira presidia a sessão da Câmara dos Deputados que discutia o acordo de livre-comércio entre Brasil e Chile.

Cerca de 120 pedidos foram reunidos em um só, apontando mais de 20 tipos de acusações. (Folha)

Comentários { 1 }

Medrado disse que Jairo vive entre onças, tigres e jacarés, “precisa mudar a equipe, ele confia em todo mundo”

Ver a imagem de origem
Foto: Romulo Faro

No Programa Ligação Direta da segunda-feira (28) o empresário e apoiador de Jairo na eleição de 2020, tornou a comentar sobre a equipe do gestor na prefeitura, que não ajudam e atrapalham muito o gestor, disse que ele só precisa perceber.

“Quando ele perceber que está em más companhias e que não o estão ajudando, e dentro da equipe tem gente querendo atrapalhar, aí ele toma conta de tudo, porque ele é perspicaz e inteligente”, falou.

Medrado disse também que Jairo tem tomado muitas pancadas da própria equipe, que está cercado de onças, tigres e jacarés e que precisa trocar a equipe para funcionar melhor.

O empresário reconheceu que Jairo é um dos prefeitos que mais trabalha e ainda disse que o problema de Jairo é que ele confia em todo mundo e talvez esse seja o maior problema que ele enfrenta.

Comentários { 1 }

Valença terá turma do Seminário Empretec

O Sebrae terá turma do Seminário Empretec no município de Valença. Os empresários que desejam participar poderão fazer a pré-inscrição através do site. As entrevistas acontecerão de 12 a 16 de julho e o seminário acontece de 02 a 07 de agosto.

Para se tornar um “empreteco” é necessário passar por três fases até o seminário: preencher o questionário de pré-inscrição; após análise do questionário, o Sebrae entrará em contato com o candidato para agendar uma entrevista presencial; e, se aprovado na entrevista, poderá efetivar a inscrição.

A capacitação tem carga horária de 60 horas e acontece em seis dias. Durante o seminário, o participante é desafiado a trabalhar as dez características essenciais do comportamento empreendedor por meio de atividades práticas. O Seminário Empretec é formado por uma imersão desafiadora, com exercícios, discussões e autoconhecimento, para despertar o perfil empreendedor de cada participante.

A metodologia aplicada no Empretec foi desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU) e é promovida em cerca de 40 países. No Brasil, a realização do seminário é exclusividade do Sebrae, que já capacitou cerca de 200 mil pessoas em 24 anos. Na Bahia, já são cerca de 14 mil “empretecos” formados.

SERVIÇO

O quê: Seminário Empretec em Valença

Entrevista: 12 a 16 de julho

Seminário: 02 a 07 de agosto

Contato: 75) 3641-3293

 Pré-inscrição: www.empretecsebrae.com.br

Agência Sebrae de Notícias Bahia:
Mais notícias: http://www.ba.agenciasebrae.com.br
Canal no Telegram: t.me/sebraebahia
Podcast: bit.ly/imersaosebrae

Para mais conteúdos, siga o perfil @sebraebahia nas redes sociais:
http://www.instagram.com/sebraebahia
http://www.YouTube.com/sebraebahia
http://www.facebook.com/sebraebahia
http://www.twitter.com/sebraebahia
https://www.linkedin.com/company/sebraebahia

Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800

Comentários { 0 }

Vereadores amenizam a corrupção da gasolina e ainda elogiam gestão

Depois da denúncia de um internauta sobre suposto desvio de combustível na prefeitura, o prefeito Jairo Baptista disse que mandou abrir uma sindicância para apurar os fatos.

Desde a semana passada circula nas redes sociais vídeos e planilhas sobre o super abastecimento em veículos parados dentro de oficinas e que rodam pouco.

Depois dessa denúncia o prefeito Jairo pediu para apurar os fatos com uma sindicância, mas não oficializou nada, mesmo assim alguns vereadores fizeram comentários na sessão de hoje (29) sem ao menos serem provocados.

O vereador Benvindo me surpreendeu, hoje. Depois de longos seis meses batendo na administração acabou tomando as dores dela e acusou supostamente o ex-vereador Adailton Francisco de ter denunciado o esquema da gasolina, mentiu. Quem denunciou foi um popular.

Benvindo falou também que Adailton denunciou Jucélia na sua gestão de desvio de gasolina, mentiu de novo. Quem fez a denúncia e depois acabou retirando, foi o vereador Jairo, à época, que hoje é prefeito.

O vereador quis atribuir a crise da gestão à politica, não esquece ele que passou seis meses metendo o pau em Jairo e hoje o encheu de beijos, todo mundo sabe porque.

Parece que Jairo acabou cedendo os empregos para Benvindo, pois, fez um discurso vazio, cheio de mimos, sem citar nomes, acusou muita gente, mas tudo sem fundamento. Só defesa ao gestor.

Esses empregos que Jairo deve liberar para os vereadores serão dos demitidos no REDA, total de 214, que agora devem servir aos apadrinhados desses vereadores.

O vereador Luiz do Boi defendeu o abastecimento da ambulância do Guaibim, a qual foi motivo da denúncia que circula nas redes, e disse que nunca mais tiveram problemas com transportes para pacientes.

Não explicou se aumentou a frota, se estão usando outros veículos fora da frota, ou até se diminuiu o número de doentes no município. Muito vago também, discurso frouxo, de vereador comprometido com a administração.

O pior dos pronunciamentos foi o do vereador Diro, ressaltou que existe uma pequena frota na prefeitura e que mesmo assim o chefe do transporte não deixa ninguém ficar sem veículos para a assistência da saúde, disse que esse chefe dá sempre um jeito de arranjar um carro.

Diro só não falou como é esse jeito, depois de afirmar que a frota é pequena, deixando o “chefe” de saia curta.

Comentários { 1 }

Opinião: “Há alguma coisa podre no reino da Dinamarca”

Por Wolff Moitinho*

Vi hoje um texto de Adailton Francisco no blog “Com dendê”. Este texto recebi de um amigo que também tem a mesma opinião, o mesmo pensamento: “Há alguma coisa podre no reino da Dinamarca”.

Tentei alertá-lo, creio que não consegui e acredito que o meu amigo também.

Essa história de cassação de Jairo já se propaga nos bastidores da política há muito tempo e ainda não havia essa denúncia do combustível que circulou no WhatsApp durante a semana passada.

Certamente uma armação muito bem arquitetada e isso denota a ingenuidade do alcaide em acreditar nos seus financiadores, não compreendendo que por trás de tudo existe uma “incógnita” nefasta. É preciso dar um basta e voltar aos braços do povo.

*Wolff Moitinho é servidor público

Comentários { 0 }

Martiniano Costa aproveita e entra no vácuo que os fichas sujas, Claudio e Ricardo, deixaram

Ontem eu vi esses cards do político Martiniano Costa nas redes sociais, acreditem, mas conhecendo Martin como eu o conheço, é um sinal de que ele já está se apresentando como candidato a candidato no próximo pleito municipal.

Se Martiniano ouvisse os amigos (e essa é uma praxe de políticos que se acham o máximo, nunca ouvir ninguém) ele já teria cumprido dois mandatos de prefeito (apoiado pelo grupo de Renato Assis à época), poderia estar sendo a maior força política da região e com certeza estaria fazendo seu sucessor.

Martin era aliado de doutor Renato, apoiou o prefeito e tinha uma aprovação muito boa, porém, a falta de experiência e por não ouvir os amigos afastou-se do doutor sem motivos aparentes, e com isso, ficou sem grupo. Se fosse ao contrário com certeza a história hoje seria outra.

À época eu perguntava: Martin, porque você não continua com doutor Renato? Ele pode perder o poder, mas o nome mais forte depois do dele é o seu e com certeza ele o apoiará. E ele me respondia: “não posso, tem muita coisa errada no governo de Renato e com isso eu só me queimo”.

Não deu outra, doutor Renato foi cassado e não tinha mais um nome para substituí-lo. Com isso: Martiniano teve que seguir carreira solo e de lá pra cá só teve um momento bom, foi quando se candidatou em 2012, e teve quase 11 mil votos. Se o doutor tivesse junto, a história seria outra.

Mas agora, Martin está indo num vácuo muito bom, está metendo a cara porque tem duas vagas sobrando para o próximo pleito, Ricardo Moura e Claudio Queiroz, que estão inelegíveis, por contas rejeitadas e condenações dos Tribunais de Contas.

Está valendo agora a conquista desses votos. Quem tiver melhores estratégias com certeza vai se dar bem.

Vale lembrar que, Paulo do Ferro Velho também já se manifestou para disputar essas vagas.

Comentários { 4 }

ABRE O OLHO JAIRO: Estão preparando um golpe pra lhe derrubar

Quem poderia imaginar que a gestão de Jairo estaria dando tanto espaço para esses comentários que estão circulando (hoje) na cidade e redes sociais, sobre suposta corrupção com combustíveis? Eu nunca imaginaria que chegasse a isso, e tão rápido.

Parece que as denúncias são verdadeiras, já mostraram planilhas, notas fiscais e até áudio de funcionário da prefeitura, responsável pelo abastecimento, tirando o “seu” da reta.

Falei com Jairo há alguns dias sobre essa denúncia e ele me disse que se tiver alguma coisa errada que abriria sindicância.

É possível que se chegue ao culpado após uma sindicância, se não for como a que abriram para apurar o caso Claudio Queiroz. Caso contrário, os vereadores vão pra cima dele com tudo, mesmo que seja por uma caixa de fósforos. Quem não dá, não recebe.

Jairo com seu estilo de governar, não deu a ração aos vereadores, que são os empregos para que eles distribuam com seus cabos eleitorais, e por isso pode encontrar uma oposição forte dentro da Câmara e isso lhe custará caro.

O ex-vereador Adailton Francisco fala até em cassação, pelos descasos acumulados durante esses seis meses, desde contratos emergências, até demissão de contratados pelo REDA.

É possível que estejam armando um golpe contra Jairo dentro da própria prefeitura, justamente por esses a quem ele confiou os cargos do alto escalão.

E porque podem estar armando um golpe contra Jairo?

Jairo não deu os empregos que seus aliados queriam, alegou índice de pessoal alto e disse que não quer ser condenado por nenhum Tribunal de Contas no futuro.

Jairo tem duas damas de ferro dentro da prefeitura, sua nora e sua ex-colega de banco, dizem que não passa nada por elas, mesmo que Jairo autorize, elas desautorizam. Tudo isso deixa os golpistas enfurecidos.

Sem Jairo, eles vão oferecer os cargos e contratos aos insatisfeitos em troca de apoio para dar o golpe.

Agora, essa gente gananciosa que está lá dentro, que ele mesmo botou, esses são seus algozes, eles querem trabalhar com mais liberdade e como não encontram “essa tal liberdade”, buscam a forma suja.

Depois do golpe, pode-se contratar pessoal, abrir os cofres para comprar e gastar como quiserem.

Não sei como vai ficar a situação de Jairo daqui pra frente, mas com certeza teremos outra eleição, dessa vez, Jairo contra os golpistas. Ele querendo se manter e a quadrilha querendo entrar.

Comentários { 3 }

Jairo também vai ter que devolver aos cofres públicos o que está sendo pago a Claudio Queiroz

Jairo é conhecedor da Lei, o ficha suja Claudio Queiroz talvez não sofra na devolução do salário, a responsabilidade é do gestor

Desde o mês de janeiro que nosso blog denunciou a contratação do Secretário de Governo da prefeitura de Valença, o senhor Claudio Márcio Queiroz, que é impossibilitado de assumir cargo comissionado ou de confiança no município por ser ficha suja, é o que diz a Lei Municipal nº 2.224 de 11 de abril de 2012, mesmo assim ele foi mantido no cargo alegando que não teria sido julgado pelo colegiado competente, até então.

Em São Paulo o governador Jorge Dória foi condenado por nomear um auxiliar que já foi condenado por improbidade administrativa e por isso terá que devolver aos cofres púbicos o valor que o estado pagou ao nomeado.

O caso Claudio Queiroz aqui em Valença é idêntico ao de São Paulo, no final o prefeito vai ter que devolver ao município o que foi pago ao Secretário. Resta saber se ele vai tirar do próprio bolso ou vai pedir a Cláudio pra devolver.

Comentários { 1 }