VEJA, UMA MORTE A CADA DEZ MINUTOS

 violencia veja A revista Veja dessa semana trouxe uma reportagem sobre homicídios no Brasil, onde aponta um crescimento de 19% entre o ano de 1998 e 2008. Diz que ao longo dessa década foram 521.822 pessoas foram mortas no país, o que resulta na estarrecedora média de um assassinato a cada dez minutos.

A violência cresce nas quatro regiões do Brasil à exceção do Sudeste. São Paulo passou de 14.001 homicídios para 6.118 nesse período, uma queda de 56%. Onde valeu-se de uma política de segurança pública objetiva e contínua, que vem sendo mantida há mais de uma década.

Enquanto isso, o resto do país amarga a contagem dos seus mortos.

26 Respostas para VEJA, UMA MORTE A CADA DEZ MINUTOS

  1. juliana Fevereiro 27, 2011 às 7:54 pm #

    A culpa da violencia também é nossa, quando não denunciamos .
    Nasci aqui em Valença , tenho filhos e netos que amam essa terra.
    Ramiro aluga os imoveis publicos a quem?
    O Detran é pago o aluguel pelo governo e ainda abre pra as festas no final de semana e eventos. Entra gente lá aos domingos para buscar o som do da festa do dia anterior ,no espaço onde tem carros apreendidos e documentação do Estado. Pode?
    Lá no Amparo TEM UM BREGA DISFARÇADO DE RESTAURANTE , QUE EXPLORA AS ADOLESCENTES , ATÉ SURDA MUDA TEM LÁ.pODE?
    Não vou a lugar nenhum quando escurece, vivo em casa e os bandidos soltos na rua.

    Estou pensando em mudar para roça tenho uma casa lá, será que lá é mais seguro?
    SOCORRO!

  2. Anaildes de Oliveira Fevereiro 27, 2011 às 10:41 pm #

    Valença é uma degradação moral ampla, geral e irrestrita. Prostituição infantil é crime. Essa cidade merece uma intervenção federal.

  3. Bira do Sindmoto Fevereiro 27, 2011 às 10:42 pm #

    Pelé.

    Peça a Daniel para fazer um banner medindo 148 X 148 com a propaganda de sua sorveteria para eu colocar no meu blog pelo ao menos por dois anos. É o mínimo que posso fazer pelos favores que você me faz. Envie para meu email que está no blog. Abraços Bira.

  4. Anaildes de Oliveira Fevereiro 27, 2011 às 10:44 pm #

    Pelegrini, é do conhecimento de todos a existência desse bordel no Amparo que tem adolescentes como prostitutas? Se isso for verdade, precisa ser denunciado e já. Jairo, Barreto, investiguem isso, por favor!

  5. pelegrini Fevereiro 27, 2011 às 11:39 pm #

    Valeu Bira!

  6. CLÉO, de Caminho das Índias Fevereiro 28, 2011 às 2:36 am #

    Jairo e Barreto, por favor, investiguem essa denúncia do Bordel com adolescentes no Amparo. É umasolicitação de uma cidadã. O dia 8 de maio vem ai e só se fala em homenagem as mulheres… As famosas, mas as pobres e exploradas, ficam à deriva. Vamos escolheressas esse ano para prestigiar, ainda mais se forem mesmo adolescentes, ai é um caso de LEI, DE JUSTIÇA… É CRIME e o MP ou o Juizado de Menores precisam ser notificados.

    Muito obrigada!

  7. CLÉO, de Caminho das Índias Fevereiro 28, 2011 às 2:41 am #

    RETIFICANDO:

    Jairo e Barreto, por favor, investiguem essa denúncia do Bordel com adolescentes no Amparo. É uma solicitação de uma cidadã. O dia 8 de março vem ai e só se fala em homenagem as mulheres… As famosas, mas as pobres e exploradas, ficam à deriva. Vamos escolher essas “tidas sem valor” esse ano para prestigiar, ainda mais se forem mesmo adolescentes, ai é um caso de LEI, DE JUSTIÇA… É CRIME e o MP ou o Juizado de Menores precisam ser notificados para tomarem suas providências legais.

    Muito obrigada, vocês farão um enorme favor como cidadãos e como vereadores!

  8. Jaqueline do Rosário Fevereiro 28, 2011 às 2:49 am #

    Pelegrini, converse com o Pastor Josafá para ele convidar outros religiosos e promoverem uma reflexão sobre a paz e em seguida, fazer uma caminhada simbólica pela paz (pedindo o apoio de um contingente policial, afinal os ânimos estão muito agitados). O que você me diz?

  9. pelegrini Fevereiro 28, 2011 às 8:14 am #

    Jaqueline ele vai ler o seu comentário e deverá nos dar uma posição.

    Abraço,

    Pelegrini

  10. Beth Pink Fevereiro 28, 2011 às 8:54 am #

    BOMBA POLÍTICA DO MOMENTO – Depois de recusa do PV, prefeito de Salvador se filia ao PP

    Depois de passar pelo PDT e pelo PMDB, de onde saiu após ameaça de expulsão, e de não ser aceito pelo Partido Verde (PV), o prefeito de Salvador, João Henrique Carneiro (sem partido), anunciou nesta segunda-feira (21/2) que vai se filiar ao Partido Progressista (PP). A decisão ocorreu após reunião com a direção da legenda na sede da Prefeitura. A data para o ingresso formal será 12 de março, uma semana após o fim do carnaval.

    O PP é o partido do ministro das Cidades, Mário Negromonte, e faz parte da base aliada ao governador Jaques Wagner, o que talvez explique o ingresso de João Henrique, mesmo após declarar publicamente que se filiaria ao PV. “É muito importante o entrosamento das três esferas governamentais para as obras necessárias para a Copa do Mundo. Além disso, é uma honra me filiar ao PP, que tem experiências exitosas de administrações municipais”, declarou o prefeito, no anúncio da filiação.

    Para o presidente do PCdoB em Salvador, Geraldo Galindo, essa é mais demonstração da fragilidade política do prefeito João Henrique. “É mais uma demonstração de que ele não se move por programa, ele se move é por conveniências pessoais. O prefeito teve uma passagem pelo PDT – partido que o acusou posteriormente de traidor da legenda; passou pelo PMDB, onde foi chamado de “Menino Maluquinho” pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima; o prefeito tentou passar pelo PV, mas não houve acordo para permanência dele entre os verdes e agora, finalmente, ele encontra guarida no PP. Resta saber qual o prazo de permanência dele no novo partido, já que por todas as agremiações partidárias por onde passa, ele sai ou é escorraçado”, ressalta. Galindo lembra ainda que muitos partidos que fizeram parte de sua base aliada, romperam com o prefeito por divergências políticas.

    Entenda – Em 2004, João Henrique Carneiro foi eleito prefeito de Salvador pelo PDT, contando no segundo turno com o apoio de partidos como PT, PCdoB e PSB. Em 2007, filiou-se ao PMDB, rompendo em seguida com a maioria dos partidos que apoiaram a sua eleição. No início de 2011 saiu do PMDB, após uma suspensão de 90 dias e ameaça de expulsão. Logo em seguida declarou que seu coração era verde e chegou a divulgar que iria se filiar ao partido, no qual os diretórios estadual e municipal recusaram sua filiação. Mas, hoje anunciou que ingressará no PP.

    ————————-NESSE PP CABE TODO MUNDO, ATÉ O JOÃO HENRIQUE(PDT/PMDB), ALÉM DO OTTO ALENCAR (PFL/PL/DEM), CLÁUDIO QUEIROZ(PFL/DEM), NEGROMONTE (PFL/PSDB) E O LEÃO (PFL/PL/DEM), além de outras agremiações carnavalescas.

  11. juliana Março 1, 2011 às 9:16 pm #

    O brega fica na Rua Dalmo dias (caminho do meio) a cafetina é…

  12. claudia Março 1, 2011 às 9:57 pm #

    Sempre que vou a igreja vejo algumas adolescentes conversando com homens perto da ladeira , será que são meninas que estão sendo aliciadas?
    Meu Deus !

  13. juliana Março 1, 2011 às 10:02 pm #

    Anaildes obrigada por não duvidar,pois verá que é verdade, todos sabem e se fecham no seu mundinho esquecendo que poderia ser uma de nossas filhas ou netas né? Nós mulheres devemos nos envergonhar de morar numa cidade sem lei como essa.

  14. Mille Março 2, 2011 às 5:48 am #

    GENTE, EXISTE UM BORDEL NO CAMINHO DO MEIO – RUA DALMO DIAS QUE ALICIA ADOLESCENTES E TEM ATÉ CAFETINA? Isso é crime – a exploração da prostituição é crime, mesmo que as moças tenham mais de 18 anos, a cafetina ganha dinheiro explorando a prostituição e isso é crime – está na nossa Carta Magna. E também é crime adolescentes sendo aliciadas para o sexo – o estatuto da criança e do adolescente está ai para ser cumprido e menor de 18 anos não é responsável por si, portanto, é crime fazer sexo em troca de dinheiro com menores.

    O dia 8 de março, próxima terça-feira de carnaval acredito que não faverá reunião na Câmara de Vereadores e não sei se será transferida para outro dia, mas o certo é que se as mulheres de Valença pressionarem e não aceitarem “OS PARABÉNS PELO DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES”, se indignarem com a situação desse bordel nas próximidades do Amparo poderão pressionar os vereadores e a polícia a investigarem. Não deixemos nossas companheiras, mulheres como nós, vítmas da pobreza e da falta de oportunidade, ser objeto na mão de homens que com o poder do dinheiro, compram seus corpos.

    Gostaria de fazer um apelo especial as duas vereadoras mulheres – Sra. Maria Helena e Sra. Diana Farias e a Coordenadora de Polícia de Valença que recentemente apareceu na mídia falando da diminuição da violência que investigassem de forma especial essa denúncia.

    Precisamos exercer o direito e o dever de ser mulher!

  15. juliana Março 3, 2011 às 11:44 am #

    Obrigada Mille, por não se omitir, pois infelizmente os que sabem não denunciam com medo dos poderosos.

  16. Maria Eduarda Março 16, 2011 às 8:58 pm #

    Estou horrorizada com essa denúncia, como mulher tenho vergonha de morar nessa cidade.

  17. seahawk Março 17, 2011 às 12:57 am #

    cidade sem lei: escrevi uma matéria com esse título num jornal conceituado daqui (tenho apesar dos anos ele aqui na minha casa para quisquer comprovações) no ano de 2006 já vislumbrando o que aconteceria no futuro. olha aí novamente minha premonição. minha querida mille esses vereadores e nada são a mesma coisa(exceção de jairo)eles tem mais o que fazer vç sabe né? nada. tbm com um bando de analfabetos pelos menos 3 como teremos orgulho de sermos reconhecidos como uma cidade ordeira e progressista(utopia) mas vou lutar por isso e, vou conseguir;olha minha visão futurista que até agora não falhou. vejo tbm q teremos q mudar quase toda essa câmara. juntemo-nos e venceremos.fora os inaptos e relapsos.

  18. Maria Eduarda Março 18, 2011 às 3:38 pm #

    A casa do bordel do Amparo é propria ou alugada?
    Se não for da cafetina , quem alugou , ganha com esse “negócio”?

  19. Dara Março 18, 2011 às 5:04 pm #

    Até quando esperaremos o final dessa investigação? Prostituição é aviltante!

  20. juliana Março 18, 2011 às 10:55 pm #

    MILLE tem alguma noticia?

  21. Lina Março 19, 2011 às 12:14 am #

    Juliana,

    Estou com Mille e nosso canal de informações é o blog de Pelegrini, pois moramos em Salvador.

    Abraços,

    Lina e Mille

  22. Nana Março 19, 2011 às 5:07 am #

    Aviso pra quem gosta de bater em mulher: Dilma pede que população denuncie violência contra mulheres

    A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (14) que está preocupada com os índices de violência contra a mulher no Brasil. Em seu programa semanal de rádio Café com a Presidenta, ela classificou o ato como inaceitável e pediu à população que denuncie. Dilma lembrou seu compromisso de campanha de garantir que a Lei Maria da Penha seja rigorosamente cumprida e destacou a obrigatoriedade, por parte de profissionais de saúde da rede pública e privada, de notificar casos de mulheres agredidas. “Quem não notificar está sujeito à punição administrativa e corre o risco de ser punido por seu conselho profissional”, explicou.

  23. Lamarc Março 20, 2011 às 1:33 pm #

    Segundo se noticiou neste Blog, a denúncia sobre o “brega” nas imediações do Amparo está sendo investigada. Indubitavelmente, a investigação deve ser a conduta de quem prima pela prudência e pela responsabilidade. Somente assim é possível reduzir o risco de se cometer injustiças. Contudo, considerando a riqueza de detalhes das denúncias e as múltiplas confirmações, é mais fácil a investigação provar que a Igreja do Amparo não existe do que provar que o denunciado estabelecimento não pratica exploração sexual de mulheres e adolescentes. Afinal, excluindo-se o período da festa da padroeira da cidade (Nossa Senhora do Amparo), a igreja, quando muito, tem uma missa por semana. Já o denunciado reduto de prostituição funciona diariamente, todos os dias da semana, com som nas alturas e vítimas da exploração freqüentemente expostas.

    É muito oportuno o questionamento de Maria Eduarda sobre a propriedade na qual funciona a casa de prostituição. A resposta pode ajudar a explicar o atual quadro de violência que assola a cidade, marcado por uma evidente promiscuidade entre o legal e o ilegal. Uma parte da elite financeira de Valença só está preocupada em multiplicar seus bens materiais. A origem pode ser lícita ou ilícita. Pode ser do tráfico de drogas, pode ser direta ou indiretamente da exploração sexual. O importante é se locupletar. Em regra, os avarentos não guardam compromisso com valores morais, éticos e sócias. Nesse contexto, além da vergonhosa e humilhante vizinhança, será que o imóveis nos quais funcionam o bordel e o DETRAN têm outro ponto em comum?

  24. claudia Março 30, 2011 às 9:43 pm #

    Lamarc , disse tudo. e agora o que fazer?

  25. juliana Abril 5, 2011 às 9:47 pm #

    claudia. quem sabe ? a verdade é que todos sabem, mas os que estão e os que chegarão se interessam por outros assuntos né?
    O crime acontece diariamente aqui e os costas quentes fazem o que querem, se são amigos do prefeito o que vai dar pra eles?
    e não me falem de orgãos publicos ficalizando , eu não acredito, pois eles sabem e se calam.

  26. claudia Abril 9, 2011 às 10:21 pm #

    E agora Juliana? O brega do Amapro é patrimonio histórico é?

Deixe uma resposta