DESCULPA DE MAL ADMINISTRADOR É FALTA DE ROYALTIES

Todo prefeito poderia ter um Hildécio Meireles (prefeito de Cairu) para poder administrar bem o seu município. O prefeito Ramiro Campelo demitiu quase 200 funcionários para conseguir pagar o décimo terceiro e acertar débitos referente a R$ 800 mil, conforme informações de A Tarde on line. Não acredito que deveria demitir esses quase 200 funcionários só para cobrir débitos. Se Valença tivesse a receita duas vezes maior do que tem, também não daria.

Agora a incompetência bate às portas da prefeitura de Valença, que hoje não tem um secretário. Um prefeito que tinha como slogan de campanha: “Mutirão por mais emprego”, demite funcionários da própria prefeitura!

Vá a Cairu, senhor prefeito, tenha humildade e peça ao prefeito de lá para ensinar como se administra, a única coisa que o senhor aprendeu na política foi perseguir pessoas. Assim como na Graça, perto do antigo Hiper Monteiro, onde o senhor calçou uma rua e deixou um pedaço sem fazer só porque um cidadão que não votou no senhor na eleição passada tem negócio ali perto. Relembrando também o caso do vendedor de churrasquinho, da Praça da República, que a pedido de um eleitor seu o senhor mandou retirar o cidadão de lá.

Agora diz: “É muito estressante hoje estar prefeito numa cidade que não tenha royalties ou indústria de peso. Fora isso, todos os municípios são penalizados”. Não se preocupe, que em 2012 passaremos o estresse para Ricardo Moura.

33 Respostas para DESCULPA DE MAL ADMINISTRADOR É FALTA DE ROYALTIES

  1. CARLOS EDUARDO novembro 25, 2010 às 10:31 am #

    é muito facil publicar matérias sem ter conhecimento de causa, será que o ilustre blogueiro sabe que o municipio de Caíru arrecada igual o municipio de Valença ou proporcionalmente mais. Administrar o municipio de Cairu com tanto dinheiro é facil; Agora administrar Valença com tantos problemas sociais e de infraestrutura com recursos escassos e muito dificil. Vamos ser coerente e entender que Valença cresceu muito nos ultimos anos e os problemas são muitos; estradas, periferias, geração de empregos, educação, saúde, serviços urbanos etc demanda de muito recursos, vamos lá e venhamos comparar administrar Cairu com Valença, mandem Hildecio vim administrar os problemas de Valença com os recursos que dispõe …

  2. pelegrini novembro 25, 2010 às 11:28 am #

    Carlos Eduardo, quando Ramiro concorreu ao cargo de prefeito ele não estava olhando se existia essa condição de dificuldade, ele falava que iria melhorar o município (o que não faz). Segundo o IBGE, o município não teve aumento da população, até diminuiu, ponto para quem vai governar. Então não me fale de crescimento e dificuldades para administrar estamos no mesmo parâmetro de há 5 anos atrás. Eu sei que o que cresce muito em Valença são ladrões, desses que roubam celulares, eletro-domésticos, etc… Parece até que tem alguma rede de lojas de eletrodomésticos patrocinando esses bandidos (risos). Por outro lado concordo com você, quando diz que Hildécio tem uma receita proporcional maior que a de Valença. Mas admita que os benefícios de Cairu também ajudam Valença, conheço muitas crianças daqui de Valença que hoje estudam nas escolas de lá, veja quantas pessoas daqui vão trabalhar em Morro, Boipeba, Gamboa, inclusive na própria sede. Eu nem deveria falar isso aqui, porque logo, logo, Hildécio vai começar a dizer que os royalties de Cairu bneneficia toda a Costa do Dendê, e aí terei que dizer pra você que indiretamente Hildécio é o administrador de toda a Costa.

    Caro Carlos Eduardo, obrigado por ler nosso blog, não tenho interesses financeiros com ele, não sou jornalista, sei que escrevo mal, mas essa parcela de contribuição que dou, criticando os maus governos, nos ajuda muito a escolher melhor nossos governantes. Aqui pra nós, não acho Hildécio “o cara”, agora, que ele vai colocar o município de Cairu na frente de muitos outros, isto não resta dúvidas.

    Abraço,

    Pelegrini

  3. Fred novembro 25, 2010 às 12:40 pm #

    Enquanto isso em todo o Brasil:
    A taxa de desemprego apurada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nas seis principais regiões metropolitanas do País ficou em 6,1% em outubro, ante 6,2% em setembro, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada nesta quinta-feira, 25. Segundo o IBGE, o índice mensal é o menor registrado na série histórica, iniciada em março de 2002. Na Região Metropolitana de Salvador (RMS), a taxa de desocupação foi estimada em 9,9%, permanecendo estável no comparativo mensal e anual. De acordo com a pesquisa, 192 mil pessoas estavam desocupadas na RMS no mês de outubro. No período analisado, 51,9% da população ativa encontrava-se ocupada, 5,7% desocupada e 42,4% não economicamente ativa. As regiões metropolitanas de Salvador, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre possuem 1,4 milhão de pessoas desocupadas no total. O índice se manteve estável em relação ao mês de setembro, mas os dados indicam queda de 17,6% em comparação com outubro de 2009, o que significa menos 309 mil pessoas à procura de trabalho.

    E só aqui em Valença temos que suportar o desemprego absurdo!

    Fred,

  4. pelegrini novembro 25, 2010 às 12:52 pm #

    Fred, engraçado como vocês sabem falar dos números que falam de coisas boas, porque não falam do alto índice do crescimento da violência? Da guerra civil no Rio de Janeiro? Das cracolândias que nascem em Salvador, uma a cada dia?
    Ajuda aí irmão, deixa de vangloriar esses inoperantes!

  5. Dr. ZOIÃO novembro 25, 2010 às 1:37 pm #

    É melhor tio ramiro admitir seu erro como mal administrador publico do que ficar inventando mentiras demagogas, se cairu recebe outros recursos é prque chegou na hora de fazer algo pelo municipio e o prefeito com muita competencia o faz, quem abre no repasse do banco do brasil pode ver que valença recebe muito mais, chega a quase 7.000.000.mensais e o prefeito não faiz nada, será que este prefeito cara de pau gasta tudo com funcionários,ou com seus laranjas, seus fantasmas, é vergonhoso pagar um empresa para a panha de lixos e o prefeito usar os proprios caminhão da prefeitura, é vergonhoso o prefeito ter uma empresa para colocar lampadas nos postes para melhoria de iluminação da cidade e a empresa nada faz, mais chega notas de todos os jeitinho que o prefeito gosta,tem fabrica em valença, mais este prefeito que tm um ZOIÃO por dinheiro facil não cuida de formar um centro industrial e melhor as arrecadações para melhoria da cidade,o que este cara semnpre aprendeu foi quer ditar as regras sujas,serviços porcos para ganhar mais, mais tudo que este prefeito demagogo ganhou na facilidade por fazer serviços ruins com o dinheiro do povo, ele vai devolver, a justiça ja esta no calço do prefeito,ramiro ficou desde 1970 querendo entrar só pra destruir em 7 anos, nada de obras de melhoria para a cidade este cara de pau não trouxe,mais 2012 vem aí,vai ser a pior decepção para tio ramiro, como foi para claudio queiroz,destruição com a cidade de valença mais nunca,os queiroz só para pagar imposto,agora que valença é 10 vezes melhor que cairu é,valença tem de tudo,o poblema de valença é que não acertou num homem prefeito de carater, honesto e que tenha capacidade de avançar por melhoria na cidade.

  6. FOFOQUEIRO DO PREFEITO novembro 25, 2010 às 1:44 pm #

    OS PIORES PREFEITOS DA REGIÃO QUE SÓ FIZERAM DESTRUIR AS CIDADES ONDE ADMINISTRARAM, VALENÇA- TIO RAMIRO E D. RENATO ASSIS,TAPEROÁ- ITO MEIRELES,NILO PEÇANHA- GALDINO E GRACINHA E QUIRINO,IGRAPIUNA- EDMUNDO DOCIO, CAMAMU- IONAR QUEIROZ,PARECE BRINCADEIRA, QUEIROZ SEMPRE ADMINISTROU MAL OS RECURSOS PUBLICOS MUNICIPAIS

  7. Fabio novembro 25, 2010 às 1:48 pm #

    Pelegrini,

    Diga ao sr. Prefeito que a primeira coisa a fazer para atrair indústrias ou outros empreendimentos ” de peso ” é separar o público do privado. Enquanto ele gerir a cidade e os funcionários da Prefeitura como se dele fossem, nenhum grande empresário se sentirá atraído a investir na cidade.

  8. Fred novembro 25, 2010 às 1:49 pm #

    Pelegrini cabe a você colocar os temas que acredita serem importantes. Cabe a eu comentar e ou colocar por uma questão de liberdade e democracia o que eu acreditar ser importante para mim. Cada um tem uma forma de ver o mundo. Eu vejo as ações no RJ como desgastantes, mas necessárias e de coragem do atual Governo de confortar o crime organizado. Na Bahia a violência vem crescendo e se tornando incontrolável. Mas ao mesmo tempo já foram adotadas muitas ações de combate e o Governo não para de investir e continuar combatendo o crime, cada dia com mais força.
    Pior seria se estivéssemos com o Governo passado tanto no RJ, na BA como em todo o Brasil. No RJ Garotinho e o ex-prefeito Cesar Maia não fizeram nada em termos de mudança contra a violência. Na Bahia os últimos Governos (C Borges e P Souto) batiam, espancavam estudantes universitários, alem de colocar a policia da época por conta da “malvadeza” para promover escutas clandestinas, investigações no controle da vida da amante e políticos de oposição. No Brasil, em 8 anos FHC com Serra, geraram 5 milhões de empregos. Com Lula já são mais de 15 milhões, nos mesmo 8 anos (3 vezes a mais).

    Toque o barco, faça sua parte. Eu enquanto você colocar meus comentários no seu Blog irei fazer a minha colocando minhas opiniões, mesmo sabendo que às vezes não é o que você deseja!

    Muitas vezes ficar colocando textos negativos não ajuda, pelo contrario nos diminui ainda mais. Tanto Valença, como a Bahia e o Brasil.

    Abraço,

    Fred,

  9. CARLOS EDUARDO novembro 25, 2010 às 2:09 pm #

    Ok! Pelegrine, entendo suas colocações quanto ao meu comentário e parabenizo pela forma educada que fez suas contestações. Sou leitor sim do seu blog apesar de não te conhecer pessoalmente. Não quis defender nem acusar qualquer que seja o prefeito só quis expressar a minha opinião que quanto maior é a cidade, maiores são os problemas e nem sempre os recursos financeiros são suficientes para sua sustentabilidade. É muito triste convivermos com a violencia em nossa cidade, ruas esburacadas dentre outros problemas mas como sempre é a população que paga por tudo isso.

    Até breve

  10. Evita p/ Fred novembro 25, 2010 às 2:16 pm #

    Meu amigo, ou vc diz a FONTE (ENDEREÇO ELETRÔNICO) ou o AUTOR dos seus comentários… Omitir é que não dá… Assim é uso indevido da propriedade intelectual e dá processo.

  11. Evita p/ Ramiro novembro 25, 2010 às 2:20 pm #

    Passe na Sorveteria Pelegrini pra tomar um picolé de maracujá – vc vai ficar calminho e melhorar esse estresse. Passe lá, mas passe depressa e depois siga correndo pra Cairú pra aprender com Hildécio como é que se administra.

  12. p/ Fred novembro 25, 2010 às 3:27 pm #

    :-*

  13. p/ FOFOQUEIRO DO PREFEITO novembro 25, 2010 às 4:00 pm #

    VOCÊ ESQUECEU DE CLÁUDIO QUEIROZ.

  14. Jamille Soares novembro 25, 2010 às 5:14 pm #

    Náutica impulsiona economia do Baixo Sul da Bahia

    A promessa de aquecimento da economia baiana com investimentos no setor industrial, turístico, e de serviços estará na pauta das discussões do 1º Fórum Náutico Internacional de Cairu. O evento vai reunir nesta sexta-feira (26) e sábado (27), na Fazenda Caeira, em Morro de São Paulo, empresário do setor turístico, da náutica, especialistas da área, agentes públicos e investidores estrangeiros.
    O centro dos debates estará em torno das medidas que os governos federal e estadual devem tomar nos próximos dias para incentivar e implementar ações que desenvolvam o setor. A Bahia foi escolhida pelo Ministério do Turismo (MTur) para aplicação do Plano Piloto do Turismo Náutico do Brasil. Depois da Baia de Todos os Santos, o Arquipélago de Tinharé é um dos principais focos do programa.
    Recentemente o governo do estado divulgou a isenção total do ICMS na produção de embarcações de recreio ou esporte e redução da carga tributária para 7% na comercialização desses mesmos tipos de embarcações produzidas em território baiano.
    O encontro promovido pela Prefeitura Municipal de Cairu tem como objetivo de transformar o Baixo Sul na porta de entrada do turismo náutico do Brasil. Além disso, o evento busca fomentar a cadeia produtiva da indústria náutica na região e qualificar a mão de obra necessária para trabalhar neste segmento.
    “Queremos navegar neste mar de negócios que podem ser potencializados com o desenvolvimento da náutica”, afirma Hildécio Meireles, prefeito de Cairu. “Este é um grande filão de mercado. O público é exigente e costuma gastar seis vezes mais do que o turista convencional”, destaca.
    Para o gestor, é necessário estruturar os destinos, melhorar a infraestrutura, com instalação de marinas e atracadouros, agencias receptivas, restaurantes e hotéis especializados, tudo voltado para atender o público do turismo ou dos esportes náuticos.
    Cairu é o único município arquipélago do Brasil. É composto por 26 ilhas, e possui recursos naturais abundantes para o desenvolvimento diferenciado do turismo e da indústria náutica. O município possui mais de 100 km de praia com condições favoráveis para prática das prática de esportes e turismo náutico.
    Presenças confirmadas
    O evento terá a participação de aproximadamente 150 convidados. Estão confirmadas as presenças de Antonio Carlos Tramm, secretário de Turismo do governo da Bahia, Roberto Benjamin, secretário extraordinário da Indústria Naval e Portuária e Walter Garcia, consultor náutico do Ministério do Turismo.
    Dominique Morvant, representante do Departamento de Charente Maritime, do governo francês, e Chistophe Vieux, representante da Grand Pavois, além dos investidores espanhóis Ivan Arias e David Caso, das Ilhas Baleares e Eric Drogerys proprietário de uma base de charter em Ibiza, além do brasileiro Ernani Paciornik, presidente editor da Revista Náutica, uma das publicações mais importantes do país também confirmaram presença.
    A Secretaria de Patrimônio da União, o Desenbahia, a Caixa Econômica Federal, o Sebrae, o Yacht Clube da Bahia, o Clube de Velas do Morro de São Paulo, a Bahia Marina e a Petrobras, também estarão entre os participantes. Mais informações e inscrições através do sitewww.nauticacairu.com.br, ou através do perfil no Twitter @forumnautico.

    Jamille Soares
    Assessora de comunicação/PMC

  15. Prof. Santhos novembro 25, 2010 às 6:59 pm #

    Essa sua admiração por Hildécio é de dar náuseas …
    Gosto de Ramiro tanto quanto vc, mas sempre usar o prefeito de cairu como referência é de lenhar.
    Trabalhei na prefeitura de Cairu no último ano de Peleteiro e nos dois anos seguintes com Hildécio. As perseguições aos não eleitores e erros de administração eram recorrentes. Professores com carga horária reduzida pq tinha feito campanha contra ao prefeito e contratados demitidos por todos os lados apenas pela boa e velha perseguição política. E no final do ano nós professores éramos demitidos em massa para que a PMV pudesse acertar as contas do município, assim como fez o Sr. Ramiro… isso sem falar que sempre tive o FGTS descontado em folha e não tem um centavo depositado na época que trabalhei por lá

    Governar Cairu com o dinheiro que tem entrado atualmente até uma ameba faria, mas inventar o cheque solidário ai só Hildécio mesmo…

    Pq vc não comenta aqui que fichas falsas sobre Dilma ser terrorista foram impressas nas secretarias da prefeitura???
    Espero sinceramente que o governador Wagner esqueça o caminho da cidade de cairu

    Vc Pelegrini é como todo e bom ser humano usa DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS

    Assim não pode, assim não dá!

  16. pelegrini novembro 25, 2010 às 10:37 pm #

    Professor, não admiro o Hildécio, apenas dou a César o que é de César.

  17. Neidinha da Vila novembro 25, 2010 às 11:26 pm #

    Professor Santhos, fazer essas denúncias e se esconder em um nick é fácil… Deve ser por isso que não dão credibilidade aos seus comentários. Reveja essa postura!

    Pelegrini, eu admiro Hildécio sim… No Baixo Sul só se fala na sua administração coroada de sucesso e se estabelecer uma comparação com os outros modelos de gestão da região, ai sim, é pra dar até prémio ao Prefeito de Cairú!

  18. Pr.Josafá Souza Costa novembro 26, 2010 às 3:59 am #

    Lendo o ATARDE on Line, me deparei com as declarações do Prefeito de Valença, Ramiro Queiroz dizendo que é estressante governar uma cidade que não tem Royalties e nem Indústrias! Bem sabemos que os recursos de um municipio, vem de diversas fontes, inclusive das Indústrias instaladas em seu territorio.
    Pergunto então ao Prefeito: Por que não há Indústrias aqui? A razão é simples! Todas as que querem aqui se instalar, são barradas ou impedidas. Qual a razão do senhor prefeito não ter permitido a vinda do Frigorífico pra nossa cidade, quando o Governador Wagner ofereceu recursos e solicitou que fosse feita a contrapartida pelo municipio, apresentando o terreno, e a proposito (para dá uma desculpa esfarrapada), foi apresentado um terreno em uma APA (Area de Preservação Ambiental?). Fato este que denuncia a falta de interesse pela instalação do tal Frigorífico.
    Se de fato quisesse o prefeito as tais Indústrias instaladas aqui, já teriamos dezenas ou centenas, pois, os empresários das Fabricas de Jeans, vieram de Colatina-ES para aqui se instalarem e não receberam a devida atenção na sua gestão anterior. Revoltados, eles sairam e foram se instalar na região do Sisal. Isto sem falar nas outras centenas como a SKINCARIOL, etc.
    O que sempre ouvimos do atual prefeito é que se cada fazendeiro empregar dois cidadãos em suas fazendas, o desemprego acabará.
    Quem sabe agora com as suas novas fazendas adquiridas para plantação de acácia, esse problema se acabará!?
    Hoje estamos convivendo com a industria da bandidagem que se impõe causando pânico na população.
    Que vergonha pra nossa Valença! Até que passe essa geração da velha oligarquia, coitados dos cidadãos de nossa terra, pois, quatro anos é uma eternidade.
    “Vem, vamos embora que esperar não é saber. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer”.

  19. Barney novembro 26, 2010 às 6:59 am #

    Ramiro está como Lula – falando demais e fazendo de menos… Pra mim os dois são fomentam um tipo de ditadura, a do banditismo.

  20. Pedrita, a filha de Fred novembro 26, 2010 às 7:02 am #

    “Sexo verbal não faz meu estilo” e Ramiro e Lula, só sabem falar, falar, falar… FAZER QUE É BOM, nadika de nada!

    FORA RAMIRO, FORA LULA, FORA PT!

    Pelegrini, o TREM BALA descarrilhou… O edital foi anulado… Mais maracutaia… ISSO NÃO É UM PARTIDO, ISSO É UMA QUADRILHA!

  21. P/ Santhos novembro 26, 2010 às 7:05 am #

    Corre-corre professor e vá entender qual o seu papel no mundo – vá ler a REPÚBLICA DE PLATÃO e deixe de ficar postanto idiotices – vc é um professor e devia se dar ao respeito.

  22. Barney novembro 26, 2010 às 7:43 am #

    Correção – Pra mim os dois fomentam um tipo de ditadura, a do banditismo.

  23. Silvana do Jambeiro novembro 26, 2010 às 7:48 am #

    Pelegrini, estou chocada com a descrição do Pr. Josafá sobre a falta de interesse e mesquinhez desse prefeito de Valença… É muito descaso e egoísmo… Pobre povo sofredor! Essas coisas descritas no comentário do Pr. Josafá são de domínio público?

  24. Fred novembro 26, 2010 às 8:50 am #

    Pedrita, a filha de Fred, Pedritinha minha filha já entendi o que você deseja. Vou atender e, lhe filiar ao PT. Só gostaria que você me lembrasse quem é mesmo sua mamãe que eu pra falar a verdade, não me lembro! Se possivel me mande uma foto antiga e a atual.

    Beijos, papai

    Fred,

  25. pelegrini novembro 26, 2010 às 9:26 am #

    KKKKKKKKKKKK… Esse Fred!

  26. Fred novembro 26, 2010 às 9:51 am #

    Pele, gosto muito de voce. Lhe conheço muito mais como cliente dos deliciosos sorvetes e picoles. Sou admirador do fornecedor e profissional.

    Hoje tenho me colocado a opinar no Blog, desejo continuar e me apresentar só a voce para ficar bem melhor minha participacao com o Blog e voce responsavel pelo mesmo. Fique tranquilo, nao irei nunca falta com respeito e denigrir este espaco. Só que com humor e criatividade tenho que me defender.

    Forte abraco,

    Fred,

  27. Pedritinha Flinkstone novembro 26, 2010 às 10:53 am #

    Eu tenho nome e sobrenome e meus pais são casados – Vilma e Fred Flinkstone, já o sr, nem sei quem é…

  28. Silvinha do Tento novembro 26, 2010 às 11:36 am #

    Babado novo – não conhecia esses personages!

  29. P/ Santhos novembro 27, 2010 às 3:20 am #

    Corre-corre professor e vá entender qual o seu papel no mundo – vá ler a REPÚBLICA DE PLATÃO e deixe de ficar postanto idiotices – vc é um professor e devia se dar ao respeito.

  30. P/ Santhos novembro 27, 2010 às 3:21 am #

    Vá pra casa, Padilha!

  31. Souzha p/ "prof." Santhos novembro 27, 2010 às 3:26 am #

    VIVA A HILDÉCIO! Futuro Deputado Estadual representando o Baixo Sul… Santhos, essa vc vai ter que engolir!

    Fazer essas denúncias e se esconder em um nick é fácil… Deve ser por isso que não dão credibilidade aos seus comentários. Reveja essa postura!

  32. Gost novembro 27, 2010 às 3:58 am #

    santus gosta de conviver com os fantasmas, por isso é professor no cemitério e trabalha dia 2 de novembro… Pode ser até que ele seja uma alma do outro mundo.

  33. Ramires Souzha e Santhos dezembro 21, 2010 às 9:35 am #

    PIB de Valença coloca o município na 26ª posição no ranking do Estado da Bahia

    O município de Valença ocupa, segundo O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a 26ª posição no ranking dos maiores produtores de riqueza da Bahia. No Baixo Sul, Valença está atrás de Cairu que obteve grande expansão devido ao gás do Campo de Manati (veja matéria abaixo). Os dados analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) mostravam que em 2006, o PIB de Valença somava R$ 356.180.000 e o município ocupava a 28ª posição. Em 2008, o PIB do município passou para R$ 472.711.000. Atualmente, segundo Censo do UBGE, Valença é o 18º município mais populoso do Estado com 88.729 habitantes.

    FONTE: PORTAL DO BAIXO SUL

Deixe uma resposta