REVIRAVOLTA NO CASO EUGENILDO, EMPRESÁRIO DE UBATÃ, DONO DOS POSTOS LÍDER

A Polícia Civil conduziu três pessoas na tarde desta quarta-feira (07) no município de Ubatã. O trio, que não teve a identidade revelada, é suspeito de suposta participação, com diferentes responsabilidades, num furto a um cofre que estaria na residência do empresário Eugenildo de Almeida Nunes, morto no último sábado (03).

Dos três homens conduzidos nesta quarta, dois seriam funcionários do grupo Hestivel, de propriedade do empresário. A Polícia não informou o valor que teria sido furtado. Pessoas que acompanharam o caso falam em R$ 600 mil, mas a informação não é oficial.

A maior parte do valor furtado, segundo apurou o Ubatã Notícias, teria sido recuperado. Não foi informado se o trio confirmou envolvimento no furto, que segue sendo apurado pela Polícia. Até o fechamento desta matéria todos ainda permaneciam na Delegacia Territorial de Ubatã. (Ubatã Notícias)

Sem comentários.

Deixe uma resposta