VAMOS TER UM POUCO MAIS DE CUIDADO COM NOSSOS GARIS, ELES SÃO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA PARA NÓS

Outro dia chamamos a atenção das pessoas que colocam qualquer tipo de lixo na porta, onde misturam lixo orgânico com plástico, vidro, ferro, papelão etc, para que tivessem atenção quando fizessem isso, que ao menos separesse esse lixo que trás perigo para os garis.

Em abril, um dos diretores da SP Ambiental, o Dejair, nos pediu para que chamassemos a atenção da população para o momento de descartar o lixo, justamente pelo acidente que aconteceu com um dos garis da empresa onde jogaram uma faca velha dentro de uma sacola de lixo e o funcionário acabou se acidentando, perfurando a mão, que acabou tendo que ficar quinze dias de atestado, pela gravidade do acidente.

E mais uma vez, já na segunda-feira (01), outro funcionário da SP se acidentou por causa de uma sacola cheia de garrafas quebradas, que colocaram sem separar das demais e sem identificar o que tinha dentro.

Pedimos a população em geral que tenham mais cuidado quando for colocar suas sacolas de lixo na porta, identifique a sacola que tiver material perigoso para que ninguém se machuque ou até possa causar uma coisa pior. Não esqueçam que esses trabalhadores são os mais essenciais para nós e que o trabalho deles é de extrema importância nessa época de pandemia. Vamos ajudar aos nossos amigos a desenvolverem seus trabalhos com segurança.

2 Respostas para VAMOS TER UM POUCO MAIS DE CUIDADO COM NOSSOS GARIS, ELES SÃO DE EXTREMA IMPORTÂNCIA PARA NÓS

  1. Arnaldo Santana junho 3, 2020 às 10:54 am #

    Uma sugestão: se desejar descartar algum objeto cortante ou perfurante, seria bom embalá-lo num papelão e talvez identificar o produto na embalagem.

  2. Edson F junho 3, 2020 às 2:21 pm #

    Na moral? Falta de EPI faz isso. Será que o amigo aí da foto usava luvas apropriadas para o serviço dele? Caco de vidro não fura as luvas de raspa de couro que são as apropriadas para o serviço dele. Observe isso, se eles usam luvas próprias para a função. Sai mais barato comprar em quantidade EPI adequado e distribuir para eles do que encostar o trabalhador pela falta dele.

Deixe uma resposta