PERSONALIDADES: NILO PEÇANHA TEM PROFESSOR DE HISTÓRIA NO COMANDO

Carlos Azevedo, escondendo seu lado de professor de história

Quem conhece a história política de Nilo Peçanha, pode dizer e afirmar que, nunca na vida daquele município tiveram um prefeito com o gabarito que tem Carlos Azevedo. Falo isso porque, quem teve a oportunidade de conversar com ele, pode observar que o gestor é um poço de cultura. Talvez seja por isso que Carlos deu tão certo em sua cidade.

Em junho desse ano, recebi ele em minha sorveteria para comermos a nossa tão “famigerada” pamonha de milho, que nós produzimos no período junino, e a minha surpresa foi tão grande quando abrimos o debate sobre política em nosso café que, quando pensei que não… Fomos obrigados a consultar a Wikipédia, pois não era normal um homem tão simples, de uma cidade tão pacata, pudesse ter aquela riqueza de conhecimentos (sem preconceito).

Qualquer um pode imaginar que, a parte onde conta a história de Carlos Prestes no site da Wikipédia, poderia ter sido editado pelo próprio Carlos Azevedo, pois não era possível, tudo batia com as informações dele! Incrível, como ele conhecia sobre Prestes!

Parece que Carlos Azevedo conhece muito sobre a vida da personalidade política mais influente do país, mas uma das coisa que observei nessa “aula”, foi que ele não se sente preparado emocionalmente para falar sobre Olga Benário, esposa de Prestes, quando ele disse que ela teria sido deportada para a Alemanha, grávida (aquilo era uma sentença de morte), Carlos embargou a voz, “vamos pular essa parte. Para que todos saibam: Vargas não era um santinho não”, afirmava Azevedo.

Só pra lembrar: Olga fora executada em câmara de gás no campo de concentração nazista.

O bom de tudo é a empolgação que ele fica quando fala sobre a história de Prestes e vê todo mundo em silêncio na sala, ouvindo. E quando nesta sala estão personalidades como o advogado, Carlos Eduardo (Cadu), o engenheiro civil Maurício Sena (um grande conhecedor e estudioso da causa política e econômica do Brasil), além de outros políticos da região, a empolgação aumenta.

Pra mim, Carlos é uma epécie de Susan Boyle, ninguém o conhece, duvidam da sua capacidade e quando botam pra cantar… Descobrem a grande capacidade.

Eu poderia falar sobre outras coisa que acabei descobrindo dele, já estivemos em barzinhos tomando umas cervejas, fumando uns cigarinhos, e pude observar uma virtude nele, que o meu amigo Arizonardo numa frase atribuiu ao ex-prefeito de Valença Agenildo Ramalho, Carlos consegue agradar as pessoas mesmo dizendo “não”, enquanto outros desagradam dizendo “sim”.

Uma resposta para PERSONALIDADES: NILO PEÇANHA TEM PROFESSOR DE HISTÓRIA NO COMANDO

  1. Edson F. setembro 29, 2019 às 7:08 pm #

    Prestes era um crápula! Mandou assassinar Elza a garota sem provas. Olga nada disse sobre a Elza. Olga era uma espiã comunista aqui no Brasil sem qualquer expressão. Era robotizada e apenas obedecia sem contestar. Uma sujeita perigosa que não vacilaria pra obedecer qualquer ordem por mais absurda que fosse. Prestes tentou dar um golpe com a famigerada ‘intentona de 35’ . Tentou tomar a República com um golpe como fez Marechal Deodoro, Getúlio e Castelo Branco. Sem contar com a ‘Coluna Prestes’ que era temida pelo povo pois onde essa chegava, tomava gado, água pra alimentar a tropa golpista e estuprava mulheres. Lembra Lampião né? Sem contar que prestes entregou os amigos com as cadernetas com nomes verdadeiros e endereços de todos os comunistas no Brasil em 64. O historiador Jacob Gorender conta bem esse episódio. Recomendo a vc Pele e ao professor seu amigo o livro “Combate nas trevas” do Gorender (foi guerrilheiro comunista, é falecido) Prestes ficou preso anos por ordem de Getúlio seu grande inimigo ao qual tentou derrubar com a ‘intentona de 35’ e ao sair da cadeia apoiou Getúlio. Vai entender… é o mesmo que Lula ao sair da cadeia fazer campanha pra Bolsonaro. Pois é, Falsos mitos precisam serem derrubados, Vou deixar pra vc o livro do Jacob Gorender . Escrito por quem esteve lá dentro.

    https://pt.slideshare.net/ericksongaldino9/jacob-gorender-combate-nas-trevas-a-esquerda-brasileira-das-iluses-perdidas-luta-armada

    Esqueça Prestes, um golpista. Ou antes, procure saber por vc mesmo o que foi a famigerada ‘coluna prestes’ e a ‘intentona de 35’.

    Quanto a Olga ser entregue aos nazistas, não deveria causar espanto ao professor nem forte emoção pra embargar a voz (mesmo assim tiveram compaixão e deixaram o filho dela nascer), pois Stálin e Hitler eram unidos tanto que invadiram a Polônia e dividiram entre si. Nazistas e comunistas andavam de mãos dadas. Então por que o espanto?

    Já que falaram da Wikipédia, leia sobre o pacto que os nazis e comunas assinaram de divisão de países invadidos. Uma festa. Hoje não entendo porque é crime exibir uma suástica e não é exibir a foice e o martelo numa camisa, boné, etc..

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Pacto_Molotov-Ribbentrop

Deixe uma resposta