TRÊS MIL FORAM ÀS RUAS DE VALENÇA PROTESTAR CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA E CORTE NA EDUCAÇÃO

Foto: Késsia Campos

Cerca de três mil pessoas, entre estudantes, professores, sindicalistas e população em geral, foram às ruas de Valença protestar contra o desmonte da Previdência e da Educação. As escolas federais são as que mais podem se prejudicar com o corte da verba da educação.

Homens, mulheres, estudantes, todos envolvidos na luta contra a Reforma da Previdência que poderá prejudicar não só a classe trabalhadora, mas também, aos mais necessitados, como pessoas deficientes, pobres, velhos, todos que usufruem da Previdência para sobreviver.

Além da classe estudantil, professores e sindicalistas, políticos também participaram dos protestos, assim como o vereador Adailton Francisco, “Fomos às ruas para dizer não ao corte orçamentário disfarçado de contingenciamento, que está massacrando a educação em todo o país, bem como, levantamos a nossa voz, em defesa dos direitos adquiridos que estão sendo ameaçados pela Reforma da Previdência“, protestou o vereador Adailton.

5 Respostas para TRÊS MIL FORAM ÀS RUAS DE VALENÇA PROTESTAR CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA E CORTE NA EDUCAÇÃO

  1. BOLSONARO PRESIDENTE maio 16, 2019 às 9:39 am #

    Desses zumbis da esquerda aí 95% são de burros que obedecem aos 5% de mau-caráter… Se pensassem por conta própria procurariam no Google o que é CONTINGENCIAMENTO… Em outras palavras: se você gosta de tomar 10 garrafas de cerveja por semana e só tem dinheiro pra 5 cervejas , só vai tomar 5 cervejas… Teve contingenciamento no governo do PT… Inclusive o maior foi em 2014 mas a jumentada finge que não enxerga… Gostam de tomar por trás!!!! No fundo só estão fazendo baderna por que o presidiário Lula tá preso por roubo de dinheiro do povo…

  2. Fernando Sampaio maio 16, 2019 às 8:07 pm #

    Povo desenformado,falta de conhecimento tanto na educação como econômia do país..Quem mais cortou investimento na educação de 25 anos até ano passado foi o PT..CONTINGENCIAMENTO será necessário,não tem dinheiro, o que vai fazer o governo? O presidente não vai querer dá pedalada fiscal q nem a Dilma fez,tem q esperar a econômia reagir..

  3. pelegrini maio 17, 2019 às 10:20 am #

    Ô Fernando explica direito aí, o PT cortou investimentos, ou fez pedaladas para não cortar? Minha inteligência não consegue entender seu comentário.

  4. Jose maio 17, 2019 às 2:31 pm #

    Passamos por dias difíceis, sejamos racionais e acima de tudo inteligentes o suficiente para sabermos das dificuldades as quais passa o país. Não precisamos por ora de greves e ou passeatas, más sim “Reformas consistentes e um congresso atuante” em benefício do povo.

  5. Fernando Sampaio maio 17, 2019 às 10:12 pm #

    Fez o que não podia fazer ,pedaladas sim senhor..esse governo não não vai fazer o que o PT fez para tentar manter-se ao poder..Como sempre ,nem é necessário comentar o que eles foram capaz de fazer com a Petrobrás e BNDS..

Deixe uma resposta